quarta-feira, 17 de julho de 2013

A SOBERANIA de DEUS

Reconhecer a soberania de Deus em todas as coisas não nos torna marionetas sem vontade própria, nem nos iliba de toda a responsabilidade. Pelo contrário:
(1) Liberta-nos de toda a ansiedade. Quando descansamos no amor de Deus podemos dizer: "Bondade e Misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida" (Salmo 23:6). Trata-se de um "certamente" que o nosso agente de seguros, ou qualquer outra pessoa não nos pode dar.
(2) Liberta-nos da necessidade de compreender tudo. Deixamos de estar sujeitos à tirania das respostas. Podemos dizer: "Não sei, mas confio Naquele que sabe". O perigo de termos alguns conhecimentos teológicos é começarmos a pensar que conseguimos explicar o inexplicável. Sejamos realistas, é impossível sabermos ao certo porque é que Deus abre umas portas e fecha outras, ou como é que Ele faz para transformar o mal em bem. Deus age como age, e geralmente não nos dá satisfações.
(3) Livra-nos do orgulho. O Apóstolo Paulo escreve: "Dele, e por meio Dele, e para Ele são todas as coisas." Se queremos limitar a soberania de Deus, temos de retirar a expressão "todas as coisas" desta passagem, tal como a que está escrita aos Romanos (8:28): "...todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus...".
Se Deus diz "todas as coisas", é mesmo disso que se trata! A escolha é simples: Ou confiamos em Deus, ou tentamos nós fazer as vezes do Todo-Poderoso. E é fácil perceber qual é a melhor decisão!

quinta-feira, 11 de julho de 2013

APRENDENDO A ESPERAR

Todos queremos a benção de Deus; o problema é que não queremos sujeitar-nos ao Seu tempo! Esperar significa confiar que Deus sabe o que está a fazer, mesmo quando não o partilha connosco.
Talvez sejas solteiro e anseias por intimidade. É compreensível. Vivemos numa sociedade que assume ser normal estar acompanhado e não sozinho, pelo que sentes a dor desse estigma. Talvez haja um relacionamento potencial à tua espera, mas sabes que não agradaria a Deus. No teu coração, sabes que não é de facto a pessoa certa, porque não partilha os teus valores, os teus alvos ou o teu compromisso com Deus. Talvez estejas a ser pressionado para te envolveres sexualmente, apesar de ainda não seres casado. Provar o produto antes de o comprar poderá ser a norma do mundo, mas sabes que não é a de Deus. Contudo, és tentado a pensar: "Estou à espera à demasiado tempo. Estou cansado de esperar. Vou procurar toda a satisfação e preocupar-me depois com as consequências."
Encontras-te numa situação perigosa! É melhor querer o que não tens  do que ter o que não queres. Não vás por aí! Em vez disso, ora: "Senhor, não quero envolver-me em qualquer relação que sei que Te desonra, que me prejudica e que também traz dor à vida dos outros. Disseste que os planos que tens para mim são bons, pelo que mesmo que por vezes sinta que ninguém percebe como tudo isso é duro, vou confiar em Ti e esperar."

quinta-feira, 4 de julho de 2013

CONTINUA A CRESCER

Não cresças só no conhecimento, cresce também no carácter. A verdade é que Deus está mais interessado no teu carácter do que na tua carreira. Porquê? Porque o sucesso sem carácter tem o potencial de te magoar, e àqueles que estão à tua volta. Procura manter-te sempre actualizado. Já ouviste certamente a história daquele Pastor, no campo, que estava a pregar quando os seus apontamentos voaram pela janela da igreja e uma vaca que passava por ali os comeu. Três dias depois a vaca morreu seca. Cuidado! Mantém-te sempre sedento e com fome de aprenderes mais do Senhor Jesus! No fim de contas não são os teus talentos, mas o desejo que vai determinar o teu fim.

WEBTV ClubeMais+