quinta-feira, 26 de março de 2015

NA IGREJA... MAS SÓ!

As pessoas vêm para a Igreja à procura de luz e calor! Elas querem saber que nos preocupamos. A pregação sobre Deus e a música podem trazê-los para dentro, mas as relações que criam farão com que voltem. É possível sentir-mo-nos sozinhos no meio da multidão, mesmo que seja uma multidão que prega o amor e tem um momento em que se cumprimenta o vizinho em cada culto. Se mantivéssemos 10 por cento daqueles que entram pela porta da igreja, estaríamos em constante modo de crescimento. As pessoas trazem com elas feridas do seu passado, as lutas do presente, as ansiedades que guardam em silêncio sobre o seu futuro. O que essas pessoas querem saber é: "Vai amar-me como eu sou, mesmo se eu não encaixar no seu molde e não mudar tão rapidamente como tu gostarias?" Muitas vezes, a nossa estrutura rígida não permite que isso aconteça. Podemos correr o risco de estar mais preocupados com a nossa própria imagem do que em conhecer as necessidades das pessoas. Muitas pessoas são tímidas, desconfiadas e com problemas relacionais. O nosso mandato é: Façamos dessas pessoas amigos, e não apenas números que aquecem os bancos e contribuem financeiramente!" Muitos dos que vêm à Igreja não procuram respostas profundas, apenas querem sentir que se preocupam com eles. Quando isso acontece, abrem-se para o milagre de Deus, e os milagres acontecem!

segunda-feira, 23 de março de 2015

VITÓRIA PELO RELACIONAMENTO ÍNTIMO

O Apóstolo Paulo escreve na epístola aos Filipenses (3:10): "Para conhecê-Lo, e à virtude da Sua ressurreição, e à comunhão de Suas aflições, sendo feito conforme à Sua morte." Orá, nós conhecemos o poder da ressurreição - levantou Jesus dos mortos! Pensa bem: Que problema pessoal pode ser maior do que o poder da ressurreição? O que está morto na tua vida e precisa de ser reavivado? O que está despedaçado a precisar de reparação? Quando tornares o relacionamento íntimo com Cristo uma prioridade começarás a experimentar este poder.
Porque é que alguns cristãos vivem como "mais que vencedores", enquanto outros vivem sempre em desânimo? A resposta não está nas circunstâncias, porque tanto cristãos vitoriosos como cristãos derrotados enfrentam o mesmo tipo de provações. E também não está em quem vai à igreja com maior regularidade, ou em quem lê mais ou menos a Bíblia. A resposta está no facto de os cristãos vitoriosos desenvolverem um relacionamento íntimo com Cristo, que abre as portas para o Seu poder vivificador!
Muitos gostariam de colocar um ponto final depois das palavras "o poder da Sua ressurreição". Mas a verdade é que, se queremos ter um relacionamento íntimo com Cristo, também precisamos de partilhar da "comunhão dos Seus sofrimentos". "Sofrimento" significa mais do que padecer alegrias ou acolher em casa um familiar preguiçoso. Para Paulo, significava ser brutalmente espancado! Mas também significava um relacionamento com o Senhor de tal forma íntimo, que não podia ser atingido por outras vias. Se já partilhaste um profundo sentimento com alguém, percebes melhor isto. Nunca terás uma real intimidade com outra pessoa se a tua atitude for: "Só vou partilhar contigo os bons momentos. Podes ficar com os maus só para ti."

quarta-feira, 18 de março de 2015

DIAMANTES

Certa vez, um homem caminhava pela praia numa noite de lua cheia. A paisagem era linda, deslumbrante, mas ele não conseguia ver nenhuma beleza naquele momento. Via apenas uma imensa escuridão. Ele estava preocupado demais, ansioso demais, triste demais.
No meio do caminho, achou um saco cheio de pedrinhas. Automaticamente, sem olhar para o interior do saco, começou a tirar as pedras e a atirá-las ao mar. Por cada pedrinha que atirava dizia. Seria feliz se tivesse…era uma forma de demonstrar a sua insatisfação e revolta com a vida. E assim ele continuava. Se tivesse um carro novo, seria feliz, e atirava uma pedrinha ao mar…Se tivesse uma casa grande, seria feliz, e foi outra pedrinha. Durante horas ele agiu desta forma, como se fosse um ritual. Se tivesse um excelente trabalho, seria feliz, se tivesse uma mulher perfeita, seria feliz; se tivesse um corpo perfeito, seria feliz; se tivesse uma aparência melhor, seria feliz; se tivesse outro emprego, seria feliz; se tivesse outra família, seria feliz; se morasse noutro lugar, seria feliz. E continuou até que ficou só com uma pedrinha no saco que decidiu guardar.
Ao chegar a casa, para sua surpresa e tristeza profunda percebeu que aquela pedrinha afinal era um diamante muito valioso. Pensa nisto. Imaginas quantos diamantes ele deitou ao mar sem parar para observar o que era aquilo afinal que estava dentro do saco?
Esperando sempre mais e melhor, queremos o que acreditamos ser perfeito e não aceitamos o que temos, não vivemos o presente. Cada pedrinha que temos nas nossas vidas deve ser observada com carinho porque certamente, apesar da aparência, é um diamante valioso. Deus não nos dá nada em vão. Em cada dificuldade que enfrentas hoje, em cada detalhe da tua vida que tu não gostas e não aceitas, existe o soberano amor de Deus, que como Pai te dá o melhor.

Crê nisso! Deixa-te guiar por Deus, mesmo que agora só estejas a ver a escuridão. Crê no amor do Pai e no momento certo os teus olhos serão abertos e a tua vida totalmente transformada. Crê nisso! Deixa que o amor de Deus inunde o teu coração e a tua vida. Deixa-te guiar por Ele. Tudo será mudado. Tudo será transformado. As trevas se transformarão em luz. O que é torto se endireitará. Acredita, não deites fora os teus diamantes; não deites fora a oportunidade de felicidade que o Senhor te está dando, mesmo que os teus olhos não consigam ver formusura alguma. Não deites a tua vida fora…sê feliz!

segunda-feira, 16 de março de 2015

A APROVAÇÃO de DEUS

Muitos de nós correm de uma coisa para outra, movidos pela necessidade de realizar e conseguir algo, no entanto, nunca nos sentimos realizados nem nunca paramos o tempo suficiente para apreciarmos o nosso valor aos olhos de Deus. A realização duradoura não se consegue alcançado outro objectivo ou conseguindo cumprir outro prazo qualquer. Paulo escreveu uma grande parte do Novo Testamento, fundou igrejas, pregou em dezenas de lugares, no entanto o desejo do seu coração era "...conhecê-Lo" (Filipenses 3:10). Até que Deus te aprove, os louvores dos homens continuarão a cair num coração que vaza. Assim que a emoção da perseguição termina, tem de haver mais na tua vida do que simplesmente alcançar outro objectivo. Paulo trabalhou muito, mas fê-lo unicamente por uma razão: "...para que possa ganhar a Cristo." (Filipenses 3:8). Pergunta a ti mesmo: "Porque estou a fazer isto?" Por quem estou a fazê-lo?" As tuas respostas serão certamente reveladoras. O que é que te faz pensar que consegues cumprir o propósito de Deus para a tua vida sem o tempo e o esforço necessários para construir uma relação com Ele? Se o fogo não for avivado, apagar-se-á da tua vida. Outra credencial ou outro troféu de nada adiantarão. Apenas Deus pode restaurar tudo os que os teus esforços esgotaram. Deus nunca te pedirá para fazeres nada que substitua o que apenas a Sua presença pode fazer. Na Sua presença coroas perdem o seu brilho e toda a glória dos homens perde o seu sentido. Na Sua presença podes depositar tudo, sem perder nada!

quinta-feira, 12 de março de 2015

TONANDO-SE AMIGO de DEUS

 Se tu queres realmente tornar-te amigo de Deus tens de decidir obedecer-Lhe! O Senhor Jesus disse: "Se guardares os meus mandamentos, permanecereis no meu amor" (João 15:10) E tu dizes: "Mas se eu falhar isso significa que Deus não me amará?" Não, significa que tu não sentirás o Seu amor, nem sentirás confiança quando te chegares a Ele em oração. Normalmente, pensamos na obediência como uma característica de uma relação com um pai, um patrão ou um superior, não um amigo. Mas Jesus disse: "Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando." (João 15:14). A verdadeira amizade não é passiva, é activa. Quando o Senhor Jesus nos pede para amarmos as pessoas, ajudar os necessitados, viver vidas limpas, perdoar e trazer os outros a Ele, o nosso amor deveria motivar-nos para Lhe obedecermos imediatamente! Grandes oportunidades, normalmente, aparecem uma ou duas vezes numa vida, mas as pequenas aparecem todos os dias. Através de simples actos de obediência trazemos um sorriso ao rosto de Deus. No início do ministério público de Jesus, Deus o Pai anunciou: "Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo." (Mateus 3:17) Então, o que fez Jesus durante 30 anos que agradou a Deus? A Bíblia diz que Ele nada fez a não ser viver com os Seus pais e..."era-lhes sujeito" (Lucas 2:51). Trinta anos a agradar a Deus resumiram-se a estas palavras: "era-lhes sujeito"! E a relação que Jesus tinha com o Seu Pai é o exemplo daquela que Ele que tu tenhas com Ele!

terça-feira, 10 de março de 2015

MANTÉM A TUA VISÃO VIVA!

Os "Peregrinos" que fundaram a América desembarcaram em Plymouth Rock cheios de visão. No primeiro ano estabeleceram uma cidade, no ano seguinte elegeram o Conselho da cidade. No terceiro ano o Conselho propôs a construção de uma estrada de oito quilómetros pelo deserto para se expandirem para oeste. Mas as pessoas criticaram porque consideravam que era um desperdício de dinheiro público. Fantástico! Em tempos, tinham sido capazes de ver novos mundos para além dos oceanos, agora não eram capazes de ver para lá de oito quilómetros de estrada! O que aconteceu? Não conseguiram manter a visão viva. Como é que podes evitar que isto aconteça?
(1) Tem sempre presente a tua visão (Habacuque 2:2). A tua visão é o mapa para a tua vida. Então escreve-a, lê-a regularmente e mantém-a sempre presente na tua vida.
(2) Certifica-te que a visão é tua, e não de outra pessoa. Em nome da "sensatez" ou do "pragmatismo" muitos ignoram os desejos dados por Deus. Seguem uma carreira para agradar aos seus pais, ao cônjuge ou a outras pessoas. Isso pode até fazer-te sentir que cumpriste o teu dever, mas não te fará ser bem-sucedido. Tu podes cumprir uma visão que não é tua!
(3) Acredita em ti mesmo, mesmo quando os outros não acreditam. Tu poderás ser bem-sucedido se mais ninguém acreditar em ti. Não importa a idade que tens, mantém-te sempre jovem no coração!

sexta-feira, 6 de março de 2015

CORAGEM

Se queres sentir a benção de Deus de forma diferente prepara-te para deixares a tua zona de conforto. Quando Jesus chamou os Seus discípulos (Marcos 1:16,17), eles estavam em terreno familiar fazendo o melhor que sabiam fazer: pescar. Mas eles não podiam ficar ali e segui-Lo. E tu também não! Repara, eles tiveram de deixar a segurança do que lhes era familiar, a fim de cumprirem o que Deus tinha reservado para eles. Abraão tinha 75 anos quando deixou o conforto da sua casa e saiu para estabelecer uma nova nação. A tua idade não é um problema, a tua fé sim, é um problema. Percebe isto: Tu hoje estás apenas a um passo de obediência de distância da próxima verdade que Deus quer que tu aprendas sobre Ele, então não te podes dar ao luxo de ficares onde estás. Quase todos têm tendência para se apegarem ao "experimentado e verdadeiro". A verdade é quando nada te está verdadeiramente a ser exigido, começas a encolher-te, tornas-te complacente, pensas que podes lidar com as coisas à tua maneira e páras de crescer. Esse é um lugar perigoso. Se hoje o teu coração está inquieto e acreditas que Deus tem mais para ti do que aquilo com que tens contentado, então é altura de confrontares os teus medos, ultrapassá-los e lançares-te numa nova experiência com Deus!

quinta-feira, 5 de março de 2015

DEUS DIZ-NOS O QUE HAVEMOS DE DIZER

O Senhor Jesus disse: "Mas, quando vos entregarem, não vos dê cuidado como, ou que haveis de falar, porque naquela mesma hora vos será ministrado o que haveis de dizer." (Mateus 10:19). Isto significa que não temos de nos preparar? Não, quer dizer simplesmente dizer que devemos parar de tentar planear com antecedência tudo o que temos de dizer e fazer em cada situação que enfrentamos. Vamos nos desgastar se tentarmos preparar-nos para todas as circunstâncias que poderemos ter de enfrentar no futuro.
O Senhor Jesus disse aos discípulos para confiarem as suas vidas inteiramente a Deus e dependerem do Seu Espírito Santo que vive dentro de cada um deles para os guiar, proteger e equipá-los quando as situações aparecessem. O mesmo vale para nós. Por exemplo, quando temos de tomar decisões difíceis, ou resolver problemas complicados, ou confrontar pessoas difíceis, o Espírito de Deus decidirá o tempo adequado para resolver a situação e a melhor abordagem. ele também nos dará as palavras certas para dizermos. até lá, não precisamos de nos preocupar com isso.
Se ouvirmos o que Deus nos diz neste versículo atrás escrito, não só teremos mais paz, mas também seremos mais bem sucedidos. Quando realmente tivermos de falar, o que realmente sairá das nossas bocas será sabedoria espiritual de Deus e não algo que terá surgido da nossa mente carnal. A nossa responsabilidade não é saber o futuro, é confiar em Deus, que controla o futuro, e estarmos confiantes de que nas Suas mãos estamos seguros!  

segunda-feira, 2 de março de 2015

UMA MENSAGEM PARA TI

"Conheço-te antes do início dos tempos. Sei quantos cabelos tens na tua cabeça. À semelhança do pai e do filho, foste criado à Minha imagem. Tenho planos para ti. Também te dei os dons necessários para os cumprires, e o que Eu te dei ninguém te pode tirar. Mas não os negligencies, exercita-os e aplica-os diariamente.
Descansa, comecei um bom trabalho contigo e vou terminá-lo. Acabo sempre o que começo. A Minha Palavra está estabelecida em ti para sempre, e o Meu compromisso para contigo é infindável. Nesta vida tens desafios, mas anima-te, Eu tirei ao diabo o poder de te controlar e de te destruir. Quando estiveres com problemas lembra-te de que Eu estou presente para te ajudar. Dá-me os teus fardos e Eu te sustenho.
Quando estiveres stressado e exausto com as pressões da vida apoia-te em Mim. Eu serei o teu Rochedo, a tua Fortaleza, o teu Salvador e a tua Força. Embora falhes por vezes, Eu não te lanço fora porque te amo.
Mas aqui fica um aviso: Não sigas os conselhos daqueles que são espiritualmente cegos e não andes com os cépticos. Deleita-te na Minha Palavra e, tal como uma grande árvore a crescer ao pé de um rio, prosperarás em tudo o que fizeres."
Deste Teu Amigo,
Deus.
                                                                                                 


WEBTV ClubeMais+