segunda-feira, 16 de março de 2015

A APROVAÇÃO de DEUS

Muitos de nós correm de uma coisa para outra, movidos pela necessidade de realizar e conseguir algo, no entanto, nunca nos sentimos realizados nem nunca paramos o tempo suficiente para apreciarmos o nosso valor aos olhos de Deus. A realização duradoura não se consegue alcançado outro objectivo ou conseguindo cumprir outro prazo qualquer. Paulo escreveu uma grande parte do Novo Testamento, fundou igrejas, pregou em dezenas de lugares, no entanto o desejo do seu coração era "...conhecê-Lo" (Filipenses 3:10). Até que Deus te aprove, os louvores dos homens continuarão a cair num coração que vaza. Assim que a emoção da perseguição termina, tem de haver mais na tua vida do que simplesmente alcançar outro objectivo. Paulo trabalhou muito, mas fê-lo unicamente por uma razão: "...para que possa ganhar a Cristo." (Filipenses 3:8). Pergunta a ti mesmo: "Porque estou a fazer isto?" Por quem estou a fazê-lo?" As tuas respostas serão certamente reveladoras. O que é que te faz pensar que consegues cumprir o propósito de Deus para a tua vida sem o tempo e o esforço necessários para construir uma relação com Ele? Se o fogo não for avivado, apagar-se-á da tua vida. Outra credencial ou outro troféu de nada adiantarão. Apenas Deus pode restaurar tudo os que os teus esforços esgotaram. Deus nunca te pedirá para fazeres nada que substitua o que apenas a Sua presença pode fazer. Na Sua presença coroas perdem o seu brilho e toda a glória dos homens perde o seu sentido. Na Sua presença podes depositar tudo, sem perder nada!

Sem comentários:

WEBTV ClubeMais+