sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

MORTE, E DEPOIS A GLÓRIA!

Quando o Senhor Jesus se encontrava diante do túmulo de Lázaro, disse à família que chorava, duas coisas que nunca devemos esquecer: (1) "O vosso irmão ressuscitará"; (2) "Quem crê em mim, ainda que esteja morto viverá. Crês tu nisto?" (João 11:23-26). Essa é a questão fundamental da vida. Crês tu isso? Quem te vai levar para lá da morte até ao teu lar eterno? Cristo, apenas Cristo! Só Ele detêm a promessa da ressurreição e a esperança da vida eterna. Ele conquistou por nós, a morte e o sepulcro. Talvez ao leres estas palavras estejas a lutar com lágrimas de dor e angústia. Talvez tenhas perdido alguém querido. Cristo compreende a tua dor, como nenhum outro. Ele sente a tua mágoa. Ou talvez sintas que a morte se aproxima. Se nunca antes confiaste no Senhor Jesus, deves resolver Hoje esse problema. Não esperes por um momento mais conveniente. Coloca hoje n'Ele a tua confiança e serás salvo, o que significa que, quando soltares o derradeiro suspiro, passarás da morte para a vida, a vida eterna! Se conheces Cristo, não há razão para temer o que te espera do lado de lá do túmulo. Ele já lá esteve. E preparou um lugar para ti. Está pronto! Um gozo inexplicável, infindável, será teu para sempre, graças ao Senhor Jesus. Podes então exclamar como Paulo: "Onde está ó morte a tua vitória? Onde está ó morte o teu aguilhão?" (1Coríntios 15:55). Pensa nisto: Logo após a morte... a Glória!

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

ESTÁS À PROCURA?

É difícil imaginar circunstâncias mais humildes do que aquelas que rodearam o nascimento do Senhor Jesus. O estábulo certamente cheirava mal, o chão duro, o feno era escasso. Teias de aranhas penduradas no tecto e ratos a correr pelo chão. Maria olha para o seu filho. Seu Senhor. Sua Majestade. Nesta altura, o ser humano que melhor entende quem Deus é, e o que Ele está a fazer, é uma rapariga adolescente num estábulo mal cheiroso. Ela recorda-se das palavras do anjo: "O Seu Reino nunca terá fim." A Majestade no meio do mundo. A Santidade no meio do estrume. A Divindade chega ao mundo, tendo como cenário um estábulo! Este bebé já tinha visto o Universo. As Suas vestes de eternidade foram trocadas por trapos que o mantinham quente. A Sua sala do trono foi abandonada em troca de um estábulo sujo. Os anjos que O adoravam forma substituídos por pastores. Entretanto, a cidade sussurra, sem sequer saber que Deus visitou o seu planeta. O homem da estalagem nunca iria acreditar que tinha acabado de enviar Deus para o frio. As pessoas iriam gozar se alguém lhes dissesse que o Messias estava nos braços de uma adolescente, nos subúrbios da vila. Estavam todos ocupados demais para pensar nessa possibilidade. Mas aqueles que perderam a chegada de Sua Majestade, naquela noite, perderam-na não por causa da sua maldade ou dos seus maus actos. Não, eles perderam porque não estavam à procura d'Ele! Pouco mudou em 2000 anos. A Bíblia diz para O buscarmos e Ele se revelará! Neste Natal, procura-O!

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

O PODER DAS IDEIAS DADAS POR DEUS

As boas ideias vêm de Deus. Por isso, pede-Lhe uma. O mundo tem sido abençoado por aqueles que o fizeram. Já pensaste na anestesia? Gostarias de ser operado sem ela? Claro que não! Mas era assim que se procedia até que um médico escocês chamado James Young Simpson introduziu uma coisa chamada "sono artificial". Quando era estudante da Universidade de Edimburgo, foi atraído para a cirurgia porque o preocupava a dor e a taxa de mortalidade durante as operações. Em resultado da leitura de Génesis 2:21, Simpson pensou que o clorofórmio poderia ser a resposta. Primeiro, experimentou em si próprio. Por fim, em 1847, ocorreram as três primeiras operações com clorofórmio. Um dos pacientes, um jovem soldado, gostou tanto que pegou na esponja e voltou a inalá-lo. "Era bom demais para não continuar", disse ele.
A princípio, Simpson encontrou oposição. Alguns pensavam que era pecado interferir com a natureza. "Vejam a Bíblia", respondia Simpson. "Foi assim que Deus operou Adão". Simpson deu palestras, escreveu cartas e panfletos e procurou convencer os que se opunham de que este era o caminho a seguir. Num contratempo, quando três mortes atribuídas ao clorofórmio foram reportadas noutros hospitais, Simpson conseguiu mostrar que a anestesia não fora aplicada correctamente. As coisas mudaram radicalmente quando a rainha Vitória deu à luz o seu oitavo filho sob a acção do clorofórmio e declarou ter ficado "muito satisfeita com o seu efeito". Hoje, pede a Deus que te dê uma ideia que abençoe os outros. Depois, põe-na em prática!

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

AMOR REAL

É difícil esta coisa de ser cristão. Vês o mundo todo a juntar-se para acasalar, como se fossem coelhos e aqui estás tu, sozinho, ao que parece, apenas com a companhia de um monte de regras: "Nada de sexo fora do casamento. Nada de encostos naquele rapaz bonito. Nada de namorar com descrentes. Nada de mostrar os tornozelos, a não ser que ele te ponha uma aliança no dedo, etc." Caramba tu não queres ir para um convento! Em primeiro lugar, apesar apesar daquilo que as pessoas acreditam (ou não acreditam, se preferires) Deus é a favor do sexo. Foi Ele que o inventou. Ele sabe, que, quando algumas partes da nossa pele tocam noutra pessoa, a sensação é muito boa. Boa ideia Deus, muito boa ideia mesmo. No entanto, Deus entende (muito melhor do que nós) que os relacionamentos precisam de ser construídos sobre coisas com um pouco mais de substância do que a simples união de carne com carne. A confiança, o amor inabalável, o compromisso, a compatibilidade, o romance e o sexo necessitam dos parâmetros de um relacionamento a longo prazo, como o casamento. Sem isso, depreciamo-nos a nós mesmos e um ao outro. Em segundo lugar, se realmente Deus significa tudo para ti, porque é que tu irias querer passar todo o teu tempo com alguém que nem sequer acredita n'Ele? A "regra" de não namorar, ou casar, com descrentes serve para te proteger. Mais cedo ou mais tarde, a tua lealdade a Deus, ou à pessoa de quem gostas, vai ser testada. E quem é que precisa dessa dor de cabeça, certo? Então não te vendas só por umas carícias e uns apalpões.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

QUE TIPO DE TERRENO ÉS TU?

A semente da Palavra de Deus é sempre produtiva. A única variável é o terreno do nosso coração. Na parábola do semeador o Senhor Jesus fala sobre diferentes tipos de terreno: 1) Terreno duro. No tempo de Jesus, pisadas endureciam o campo do agricultor. Qualquer semente que caísse neste tipo de terreno murchava e morria. Tem cuidado, quando já foste pisado e te desapontaram. Podes ficar insensível, podes desenvolver um escudo duro e impenetrável que faz com que seja fácil para o diabo chegar e roubar a semente da Palavra de Deus, antes que esta tenha hipótese de crescer. A oração impedirá isso de acontecer. 2) Terreno superficial. No tempo de Jesus, a maior parte da terra agrícola eram apenas algumas polegadas de terra sobre a rocha, sem nada que sustivesse as raízes. Alguém escreveu: "A superficialidade é a maldição da idade. Vivemos num mundo de relações frívolas, conversas superficiais e momentos apressados de oração. Saltamos de uma actividade espiritual para outra sem nenhum sistema verdadeiro de enraizamento. 3) Terreno desordenado. Este tipo de terreno está cheio de ervas daninhas. Não há espaço para mais nada. A desordem acontece com muita facilidade e é perigosa porque é muito subtil. Já reparaste quantas vezes és "bombardeado" com garantias de que as coisas materiais te trarão felicidade? Cai na realidade! Faz uma análise ao terreno (coração) e tira todas as ervas daninhas que estão a impedir o teu crescimento espiritual. Assim que o teu coração estiver mais macio, a tua devoção mais profunda e a tua vida mais organizada e limpa, serás um bom terreno que produz frutos para Deus!

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

A BATALHA TERMINOU

Escapar ao passado não é suficiente. De preferência, o poder dele sobre ti deve ser quebrado, de outra forma vai-te perseguir o resto da vida. Quando tu rompes com alguma coisa que continua a tentar recapturar-te, é crucial conseguir a vitória sobre isso, de outra forma não vais conseguir seguir em frente e apreciar as bençãos que Deus tem preparadas para ti. É chocante pensar que algo acabou e depois descobrir que afinal não é bem assim. Mas lembra-te que, foi Deus que permitiu a faraó perseguir Israel até ao Mar Vermelho. Porquê? Por duas razões: Primeira: "...para fazer estes meus sinais no meio dele." (Êxodo 10:1). Deus quer que tu vejas que quando depositas n'Ele a tua confiança, os obstáculos e a oposição não significam nada. Ele quer que esta experiência seja um marco na tua memória, de onde retiras fé quando enfrentas o problema seguinte. Segunda: "E para que contes aos ouvidos de teus filhos, e dos filhos de teus filhos, as coisas que fiz no Egipto, e os meus sinais, que tenho feito entre eles; para que saibais que eu Sou o Senhor." (Êxodo 10:2). Tu não tens de continuar a viver debaixo do poder do diabo. Tal como aconteceu quando o anjo da morte passou pelas casas dos israelitas, quando o sangue de Jesus é, pela fé, aplicado na porta do teu coração, a tua situação muda. Tu deixas de ser um escravo para passares a ser filho de Deus. Abuso, álcool, raiva, abandono podem fazer parte da história do teu passado, mas já não fazem parte do teu futuro!
Deus pode resolver o teu problema de formas diferentes, mas por vezes leva-te através do Mar Vermelho para que quando chegares ao outro lado possas olhar para trás e ver o faraó (diabo) e os seus exércitos "...mortos na praia do mar." (Êxodo 14:30) e ver que a batalha já terminou!

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

É UM TESTE DE FÉ

Quando o Senhor Jesus explicou o quão poderia ser segui-Lo, alguns dos Seus discípulos afastaram-se. No entanto, o impacto daqueles que ficaram ainda se sente hoje no mundo. Quando escreveram as suas epístolas, os Apóstolos tinham aprendido a ver cada teste na sua vida como uma oportunidade de fortalecer a sua fé e aumentar a sua eficácia.
Os testes de fé são oportunidades de submeter algo de valor a Deus, mesmo que tenhamos o direito de não o fazer. Num teste de fé, vamos sentir-nos atacados e pressionados pelas circunstâncias, no entanto, nunca nos sentiremos afastados de Deus, sentiremos, sim, que estamos a ser testados, mas não julgados ou culpados. Um teste de fé acaba por não testar nada a menos que nos leve para além do último teste, depois do que já provámos! Se tentarmos fugir ou retirar-nos cada vez que atingimos aquilo que parece ser o nosso limite, nunca saberemos o quanto podemos confiar em Deus, ou o quanto Ele poderá confiar em nós. O fogo que nos afina como à prata pode aparecer como um emprego perdido, uma relação perdida, a saúde perdida ou uma reputação manchada. Mas com Deus, o resultado final nunca deixa dúvidas. Se hoje perguntas a ti mesmo "quanto mais poderei aguentar?", podes estar certo de que, se o amanhã nos trouxer uma cruz, Aquele que a enviou pode e enviará a graça para a aguentar. No reino de Deus as coisas funcionam assim: Fé testada, carácter afinado e abundância dada!

terça-feira, 5 de novembro de 2013

A VERDADEIRA AUTO-ESTIMA!

O amor de Deus é perfeito, e por isso liberta-nos do medo. De que temos medo? De não conseguirmos obter algo de que precisamos, ou de perdermos algo que temos? Pede hoje mesmo a Deus uma compreensão mais profunda do Seu amor, pois Ele valoriza, protege e supre as necessidades daqueles que ama.
Se é um facto, sentirmos necessidade de estar com as pessoas que nos amam, porque é que temos tanta dificuldade em orar? É porque precisamos de renovar a nossa compreensão do amor de Deus! Paulo escreveu: "Poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus." (Efésios 3:18,19). Amor extravagante! Deus não nos poderia amar mais do que já nos ama neste preciso momento! Tu podes perguntar: "Mas como posso visualizar o amor de Deus?" Olha para a cruz! Se tu fosses a única pessoa à face da Terra, Jesus teria morrido por ti à mesma. "Qual o preço do amor de Deus?" Não tem preço. Tu não fizeste nada para o merecer, por isso, quando falhares, não podes desistir dele. Deus nunca deixa de te amar! A Bíblia diz que nada nos pode separar do amor de Deus (Romanos 8:39).
Uma vez seguros no amor de Deus, podemos começar a tomar consciência das nossas falhas e pedir-Lhe ajuda, crescendo na fé e utilizando os dons que Ele nos deu. Quando sabemos que Deus nos ama por aquilo que somos, e não com base na cor da nossa pele ou nas nossas obras, desenvolvemos a verdadeira auto-estima, que brota directamente da estima que Deus tem por nós!

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

QUANDO DEUS SE DECIDE

 Há duas explicações possíveis para o que aconteceu em Swan Quarter, Carolina do Norte, em 1876. Ou se tratou de uma incrível coincidência, ou literalmente da intervenção de Deus. A Igreja Metodista do Sul precisava de um novo templo. Por isso quando alguém doou um terreno na estrada de Oyster Creek, aproveitaram para o construir. Era um terreno baixo, por isso fez-se um templo em madeira branca, bem firmado sobre uma base de tijolos. Alguns dias depois da inauguração, uma grande tempestade abateu-se sobre a cidade e todos os que moravam perto da estrada de Oyster Creek testemunharam algo extraordinário: O edifício da igreja, ainda intacto, boiava na água! As cheias tinham-no arrancado da sua base de tijolos e era levado pela estrada fora. Quando chegou ao centro da cidade, o edifício virou inexplicavelmente à direita perante os olhos espantados dos habitantes. Finalmente, da mesma forma com que tinha feito a curva à direita, o templo saiu da estrada, foi de um encontro a um espaço vazio e imobilizou-se no meio do terreno! As águas da cheia acabaram por recuar, mas, ainda hoje, mais de 130 anos depois, o templo está no mesmo sítio! Era o terreno mais cobiçado da cidade, e o mais espantoso é que o terreno onde o edifício estacou tinha sido a primeira opção da congregação. O dono, Sam Sadler, é que tinha inviabilizado o negócio. Na manhã seguinte a seguir à cheia, ele marcou a escritura do terreno com o Pastor!
"Porque eu, o Senhor falarei, e a palavra que eu falar se cumprirá." (Ezequiel 12:25). Não há dúvida de que, quando Deus se decide, não há nada a fazer!

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

NUNCA SE É VELHO DEMAIS

Se hoje alguém te pedisse para fazeres uma lista de todas as coisas vitais que tu precisas na tua vida, os idosos estariam nessa lista? Ou a "brigada do reumático" já não tem nenhuma importância para ti? Se achas constantemente que ninguém te liga por seres jovem, passar tempo com os idosos vai ser a última coisas que queres vais querer fazer. As pessoas de uma geração mais velha não são muito populares, são vistas como "fora de prazo", já não são importantes. Mas Deus pensa de maneira diferente. Na Bíblia, Deus promete muitas coisas boas para aqueles que são mais velhos, coisas como o conhecimento especial que vem de Deus e o discernimento das pessoas e da vida, até mesmo informações privilegiadas sobre a morte. E Deus não usa só a juventude para fazer coisas espectaculares. Moisés tinha 80 anos quando foi usado por Deus para libertar milhares de escravos do Egipto. Consegues imaginar como terá sido andar com este "cota"? Vê-lo a enfrentar o faraó, a dividir o Mar Vermelho com uma vara! Este homem viu Deus face a face e é a única pessoa da História a ter tido Deus como seu agente funerário! Então, jovem, respeita os mais velhos que andam com Deus e diverte-te com eles. Vais ficar surpreendido com a diferença que isso vai fazer na tua vida!

terça-feira, 22 de outubro de 2013

NÃO TENHAS MEDO, PÕE DEUS EM 1º LUGAR

Os tempos estão difíceis. A economia chegou à maior crise de sempre. Há muitos que nem sabem de onde virá a sua próxima refeição. Estas eram também as circunstâncias que o profeta Elias estava a enfrentar, mas ele não perdeu a esperança. Elias conhecia Deus e conheceu a Sua voz quando Ele lhe disse que fosse a uma aldeia ter com uma viúva. Então Elias, obediente, vai e encontra a mulher que Deus lhe tinha dito, e pede-lhe qualquer coisa para comer. Rapidamente se apercebe que Deus tem de fazer um milagre para ele se alimentar nessa noite, já que a viúva também não tinha nada para lhe dar, a não ser uma mão cheia de farinha e uma pequena porção de azeite. Mas Elias não fica desanimado e ora a Deus para que lhe resolva o problema dele e da mulher. E Deus resolve! Aprende estas três lições acerca da provisão de Deus: 1)Quando tu precisas, a provisão de Deus está no lugar devido. 2)Podes ficar surpreendido com as pessoas que Deus usa. 3)A nossa má altura pode ser o momento oportuno de Deus.
Quando existe uma necessidade na obra de Deus, Ele procura alguém com uma semente, aumenta a sua fé e tanto aquele que dá, como a obra de Deus, são abençoados. Sabes que um dos nomes de Deus é Jeová Jiré, que significa "Deus proverá". Está no Seu ADN. Mas normalmente Ele espera até nós estarmos totalmente dependentes d'Ele.

quarta-feira, 17 de julho de 2013

A SOBERANIA de DEUS

Reconhecer a soberania de Deus em todas as coisas não nos torna marionetas sem vontade própria, nem nos iliba de toda a responsabilidade. Pelo contrário:
(1) Liberta-nos de toda a ansiedade. Quando descansamos no amor de Deus podemos dizer: "Bondade e Misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida" (Salmo 23:6). Trata-se de um "certamente" que o nosso agente de seguros, ou qualquer outra pessoa não nos pode dar.
(2) Liberta-nos da necessidade de compreender tudo. Deixamos de estar sujeitos à tirania das respostas. Podemos dizer: "Não sei, mas confio Naquele que sabe". O perigo de termos alguns conhecimentos teológicos é começarmos a pensar que conseguimos explicar o inexplicável. Sejamos realistas, é impossível sabermos ao certo porque é que Deus abre umas portas e fecha outras, ou como é que Ele faz para transformar o mal em bem. Deus age como age, e geralmente não nos dá satisfações.
(3) Livra-nos do orgulho. O Apóstolo Paulo escreve: "Dele, e por meio Dele, e para Ele são todas as coisas." Se queremos limitar a soberania de Deus, temos de retirar a expressão "todas as coisas" desta passagem, tal como a que está escrita aos Romanos (8:28): "...todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus...".
Se Deus diz "todas as coisas", é mesmo disso que se trata! A escolha é simples: Ou confiamos em Deus, ou tentamos nós fazer as vezes do Todo-Poderoso. E é fácil perceber qual é a melhor decisão!

quinta-feira, 11 de julho de 2013

APRENDENDO A ESPERAR

Todos queremos a benção de Deus; o problema é que não queremos sujeitar-nos ao Seu tempo! Esperar significa confiar que Deus sabe o que está a fazer, mesmo quando não o partilha connosco.
Talvez sejas solteiro e anseias por intimidade. É compreensível. Vivemos numa sociedade que assume ser normal estar acompanhado e não sozinho, pelo que sentes a dor desse estigma. Talvez haja um relacionamento potencial à tua espera, mas sabes que não agradaria a Deus. No teu coração, sabes que não é de facto a pessoa certa, porque não partilha os teus valores, os teus alvos ou o teu compromisso com Deus. Talvez estejas a ser pressionado para te envolveres sexualmente, apesar de ainda não seres casado. Provar o produto antes de o comprar poderá ser a norma do mundo, mas sabes que não é a de Deus. Contudo, és tentado a pensar: "Estou à espera à demasiado tempo. Estou cansado de esperar. Vou procurar toda a satisfação e preocupar-me depois com as consequências."
Encontras-te numa situação perigosa! É melhor querer o que não tens  do que ter o que não queres. Não vás por aí! Em vez disso, ora: "Senhor, não quero envolver-me em qualquer relação que sei que Te desonra, que me prejudica e que também traz dor à vida dos outros. Disseste que os planos que tens para mim são bons, pelo que mesmo que por vezes sinta que ninguém percebe como tudo isso é duro, vou confiar em Ti e esperar."

quinta-feira, 4 de julho de 2013

CONTINUA A CRESCER

Não cresças só no conhecimento, cresce também no carácter. A verdade é que Deus está mais interessado no teu carácter do que na tua carreira. Porquê? Porque o sucesso sem carácter tem o potencial de te magoar, e àqueles que estão à tua volta. Procura manter-te sempre actualizado. Já ouviste certamente a história daquele Pastor, no campo, que estava a pregar quando os seus apontamentos voaram pela janela da igreja e uma vaca que passava por ali os comeu. Três dias depois a vaca morreu seca. Cuidado! Mantém-te sempre sedento e com fome de aprenderes mais do Senhor Jesus! No fim de contas não são os teus talentos, mas o desejo que vai determinar o teu fim.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

O PERIGO DA AMNÉSIA

Uma aranha lançou um único fio sobre a viga de um velho telhado e começou a tecer a sua teia. Passaram-se meses e a teia cresceu. O seu intrincado labirinto aprisionou moscas, mosquitos e outros insectos pequenos, proporcionando à aranha uma rica dieta. Com o passar do tempo, ela veio a tornar-se motivo de inveja para todas as outras aranhas. Então, um dia, a aranha observou um fio solitário que se estendia até às vigas. "Porque será que ele está ali? Esse fio não está a apanhar nenhum jantar para mim!" Concluindo que o fio era desnecessário, ela subiu o mais alto que podia e cortou-o. Naquele momento toda a teia começou a desmoronar-se, caindo no chã levando a aranha com ela.
Será que nós, como pessoas, podemos cometer o mesmo erro? Podemos obter tanto sucesso, tornando-nos tão convencidos, tão auto-suficientes, a ponto de nos esquecermos do fio mais forte que nos sustenta? Poderemos reagir diante da prosperidade não com gratidão, mas com arrogância? O que tem acontecido nos nossos dias faz-nos reflectir sobre isso. Um movimento para remover Deus da vida pública em vários países, tem-se tornado preocupante. Uma parte da nossa população observa o fio de fé, no qual o nosso país está pendurado, e pergunta. "Porque é que isso está aí?" Será que ao fazermos isso não estamos a esquecer a mão que nos sustenta?
Israel também sofreu desta mesma amnésia, por isso Moisés advertiu-os: "Tenham cuidado para que quando forem prósperos, não se esqueçam do Senhor vosso Deus...certamente sereis destruídos."

segunda-feira, 3 de junho de 2013

ANDAR POR CIMA DA TÁBUA

É fácil andar por cima de uma tábua quando ela está no chão, mas basta levantá-la um pouco e torna-se mais complicado. Imagina essa mesma tábua elevada a uns 30 metros do chão, sem rede de segurança por baixo; parece assustador não é? A Bíblia diz que "o medo produz tormenta." E quanto mais coisas estiverem em jogo pior é, e desenvolvemos um estado contínuo de "E se...". O medo consiste em viver no futuro antes de chegarmos lá. De entre os monstros escondidos debaixo da tábua temos dois: 1) O medo do fracasso. Aceitar que ao longo da nossa caminhada vamos por vezes fracassar, faz com que aprendemos com os erros que nos fizeram fracassar e não os iremos repetir. 2) O medo da imperfeição. Este tipo de medo torna tudo mais difícil, porque os perfecionistas vivem obcecados com a ideia de falhar. É impossível aprender sem cometer erros; por isso, aprende e continua com a vida. Deus diz na Sua Palavra para não temermos, porque Ele está connosco. Por isso pensa naquilo que Ele quer e deixa de te preocupar em agradar aos outros.
Quando olhamos para trás e vimos o que já ultrapassámos, vamos aperceber-nos de que o fracasso não causou danos permanentes. Concluímos que até é (foi) possível crescer através dele, fracasso. Por isso mantém-te firme. Com Deus consegues andar por cima de qualquer tábua. Quem sabe, até podemos vir a ter prazer no desafio!

terça-feira, 14 de maio de 2013

OUVIR A VOZ de DEUS

Jesus disse aos Seus discípulos que o Espírito de verdade (o Espírito que dá a verdade), haveria de guiá-los em toda a Verdade (a Verdade total e completa). Jesus disse estas palavras a homens com quem passara os três anos anteriores. Ora, seria de pensar que se Jesus estivesse connosco durante três anos, dia e noite, teríamos aprendido tudo quanto há para saber. Mas Jesus disse para esperar mais, porque teria sempre algo a dizer-nos sobre cada nova situação que enfrentamos.
Deus quer falar-nos numa base individual. Quer guiar-nos passo a passo nas coisas boas que tem armazenadas para nós. Importa-se com os mínimos pormenores da nossa vida. Nunca hesita em pegar no que pensamos serem coisas pequenas para Deus; afinal, tudo é pequeno para Deus! Ele até sabe quantos cabelos temos na cabeça. Importa-se com os desejos do nosso coração. Quer revelar-nos a verdade que nos liberta do medo e das limitações. O Seu plano para partilhar connosco uma relação íntima já existia antes de termos nascido.
No Livro dos Salmos está escrito que todos os dias da nossa vida estavam já escritos antes mesmo de sermos formados (Salmo 139:16).
Não é lógico que, se Deus planeia todos os nossos dias e onde iríamos viver antes mesmo de termos nascido, então é importante aprendermos a ouvir a Sua voz?

sábado, 4 de maio de 2013

UMA PALAVRA PARA OS PAIS SOLTEIROS

Tem lutado para criar os seus filhos sozinho? Se assim for, ensine-lhes estes três princípios. Ao fazê-lo, eles serão reforçados em si. 
1) Ensine-lhes como amar pessoas imperfeitas. Explique-lhes que o amor é um risco, mas que vale a pena assumir. Ouvi-lo dizer isto vai ajudá-los a crescer e a não se tornarem cínicos por causa do que têm passado. Explique-lhe que quando amam as pessoas, têm de amar o que é bom e aceitar o que ainda está a ser construído. E irá poupá-los a algum sofrimento se os ensinar que por vezes nos iremos desapontar uns com os outros, e que o remédio de Deus para isso é o AMOR.
2) Diga-lhes que o futuro pode ser melhor do que o passado. É o passado que nos dá o combustível, mas o combustível só funciona quando é queimado e transformado. Então deixe que a dor do passado providencie combustível de compaixão, sabedoria e esperança para o seu futuro. Muitas das pessoas que admiramos passaram por falhanços. O vencedor deste ano ficou em segundo lugar o ano passado. Então aprenda com os seus erros e desfrute de um novo dia, assim que o fizer para Deus tudo é POSSÍVEL.
3) Mostre-lhes como se adaptarem à mudança. Quando fica preso no passado, é sempre à custa do futuro. Depois do choque inicial ter passado e a sua ira ter diminuído, comece a fazer planos. Aproxime-se de Deus e decida viver outra vez. Não fique preso num estado que apenas era para ser parte de um processo. Também isso irá passar. Deixe que isso aconteça!

quinta-feira, 25 de abril de 2013

PELA GRAÇA de DEUS, TU VAIS CONSEGUIR!

Por duas vezes o General MacArthur não foi admitido em West Point. À terceira foi de vez e entrou directamente nos livros da História. Winston Churchill, depois de uma vida inteira de derrotas tornou-se no maior primeiro Primeiro-Ministro da história da Grã-Bretanha. Os professores de Einstein descreveram-no como "intelectualmente lento, insociável e perdido nos seus sonhos insensatos". Aos 46 anos, Beethoven estava completamente surdo e, no entanto, ele escreveu cinco das suas melhores sinfonias sem ouvir uma única nota!
A vida é saber ultrapassar! Conquista-se uma montanha, e depois vê-se que há uma nova para enfrentar, que é ainda maior. Lembra-te de Pedro, que negou o Senhor num momento de fraqueza, e de Jonas, que fugiu da chamada de Deus, porque tinha medo. Em cada história de vida há capítulos de derrota. Mas pela graça de Deus tu podes ultrapassá-las! A Bíblia diz que "É maior aquele que está em nós do que aquele que está no mundo." Alguém disse: "Muitos cristãos avaliam as dificuldades à luz dos seus próprios recursos, por isso arriscam muito pouco e falham sempre. Os verdadeiros gigantes foram todos pessoas fracas que fizeram grandes coisas para Deus e, também, para a Humanidade, porque contaram com a ajuda do Seu poder e da Sua presença."
Não te preocupes em falhar, preocupa-te antes com o que vais dizer a Deus se nem sequer tentares!

sábado, 13 de abril de 2013

DEUS TEM UM COMPROMISSO CONTIGO

Tem cuidado quando estiveres perto de pessoas que não se valorizam, pois elas são incapazes de te valoriza a ti. Procura aqueles que te promovem, não os que te inibem, os que fertilizam a tua mente e fortificam a tua fé. E tu, quando estás perto dessas pessoas vê, também, as suas melhores qualidades e as palavras que saem dos seus lábios. Quando alguém disser que não tens nada para oferecer, ri-te, pois não é educado ouvir uma piada e não se rir. Quando Deus criou o ser humano, Ele disse "que era muito bom". Então pára de dar ouvidos a opiniões contrárias. Tens tanto potencial que a palavra "possibilidade" está escrita por todo o lado. Pela graça de Deus podes ser tudo o que Ele desejar.
Tu podes dizer: "Mas eu tenho falhado tanto!" Mas se te arrependeste dessas falhas e aprendeste com elas, põe os teus olhos no futuro! O amor de Deus não se baseia no teu desempenho. Ele não te escolheu por causa das tuas virtudes. Ele é o Deus das segundas oportunidades, e das terceiras também.
O Deus que te trouxe até aqui, irá ajudar-te a fazer o resto do caminho. Certifica-te apenas que tens um compromisso com Ele.

quarta-feira, 20 de março de 2013

TEMPO LIVRE

Se continuamos a tratar o nosso trabalho melhor do que nos tratamos a nós mesmos, há uma grande possibilidade de não estarmos por perto para o acabarmos. Para termos um maior impacto quando trabalhamos é preciso tirar tempo livre. Porque razão os poderosos caem? Porque não entendem a importância do descanso! Até Deus descansou, e nós porque não descansamos? Há duas razões para isso: Primeiro, lutamos por objectivos que Deus nunca nos deu. Quando algo é sempre demasiado difícil ou demasiado pesado, é preciso perguntar "Será que Deus me chamou mesmo para fazer isto?" A vontade de Deus irá testar novos limites da nossa fé e levará os nossos talentos até novos níveis, mas não destruirá a nossa saúde, paz de espírito ou a nossa família. Segundo, perdemos a perspectiva. As nossas prioridades distorcem-se. Acabamos por dizer: "Estou a fazer isto pela minha família". Mas já pensaste que se te fosse dada a hipótese de escolha, a tua família preferia ter mais de ti e menos de outras coisas? Mas muitas vezes não lhes damos essa opção. O nosso poder pessoal começa quando reconhecemos que já chega, e começamos a assumir o controlo do que acontece e de quando acontecem coisas na nossa vida. Se nos sentimos culpados por fazer um intervalo, precisamos de mudar a nossa forma de pensar.
A renovação espiritual, física e emocional começa com o descanso. Então aprende a ter tempo livre sem que tenhas de te sentir preguiçoso, irresponsável ou pouco produtivo.

terça-feira, 5 de março de 2013

NÃO APRESSES O CRESCIMENTO

Peritos em desenvolvimento infantil identificaram um problema ao qual deram o nome de "síndrome da criança apressada". É a tendência dos pais na actual sociedade acelerada de apressar os seus filhos para a vida adulta. Há inúmeras razões: Eles querem que os filhos se superem ao ponto de nunca terem a oportunidade de aproveitar a sua infância. Actividades que deveriam ser divertidas tornam-se foco de competição e pressão. Pais com agendas apertadas sem lugar para um tempo de descontracção em família também contribuem para isso. Alguns pais querem que os seus filhos se apressam e cresçam porque não querem ser incomodados com inconveniências. Mas não se pode saltar as fases da infância e produzir adultos saudáveis. Cada fase é importante. O mesmo é verdadeiro em relação ao crescimento espiritual. O nascimento, a infância, e a adolescência espiritual são todos estágios necessários para que nos tornemos maduros. Entretanto, diferentemente do desenvolvimento físico, podemos crescer espiritualmente tão rápido quanto queiramos. Mas temos de esforçar-nos para isso. A primeira árvore que cai com a tempestade é aquela que tem raízes superficiais. Portanto, não se apresse. E não cobice alguma coisa que parece ser bom na vida de alguém. Deus molda as Suas bênçãos para o teu tamanho. Se tentares usar um fato de um tamanho para o qual ainda não cresceu, parecerás um tolo.
Deus dar-te-á toda a benção e responsabilidade que possas suportar, porém, nem um pouco a mais. E Ele o fará com base na tua fase de crescimento.  

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

VIVENDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO

 Por muito longa que já tenha sido a nossa caminhada com Deus, a nossa carne nunca melhora; com o tempo, nunca se torna mais semelhante ao Espírito. É por isso que a Bíblia nos diz para caminharmos cada dia seguindo o poder do Espírito Santo que habita em nós. A Bíblia diz que se andarmos em Espírito não cumpriremos as concupiscências da carne. Este estilo de vida é possível nos dias de hoje? Sim, mas temos de fazer aquilo que a Palavra de Deus diz: 1. Reconhecer que somos um alvo para o inimigo e proteger-nos com a Palavra de Deus e oração. 2. Livrar-nos do pecado que repetidamente nos derrota. 3. Sermos continuamente cheios do poder do Espírito Santo. Sem Ele, perdemos sempre. 4. Permanecer na força de Deus e não na nossa. Como? Combatendo até experimentarmos a vitória.
O Seu poder, mais a nossa opção em obedecer e continuar a lutar, levam sempre a uma vitória clara e duradoura!

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

ENFRENTANDO O ANO NOVO COM CORAGEM!

Quando experimentamos algo pela primeira vez, ou algo em que já falhámos anteriormente, precisamos de coragem. Lembras-te de aprender a andar? Primeiro tentaste apoiar-te em membros trémulos, e sorriste perante uma breve vitória, depois voltaste a cair e choraste de frustração, e levantaste-te novamente até conseguires dominar a arte de permanecer de pé. Algo dentro de ti te dizia que tinhas sido criado para mais do que apenas ficares deitado num berço. Depois veio a fase seguinte: andar. Agora parece bastante simples, mas na altura não o foi. Isto porque andar aos tropeções precede sempre andar efectivamente. E é aí que podemos ver a diferença entre adultos e crianças. Enquanto criança não eras consciencioso acerca da tua própria imagem. Apenas vias braços estendidos na tua direcção e ouvias uma voz carinhosa que dizia: "Anda lá, tu consegues!" E desde aí continuas a andar! É por isso que Deus diz a todos que pisam território desconhecido, "sede fortes e corajosos". A coragem é uma qualidade na qual podemos crescer, como quando passamos a usar sapatos maiores. Quanto mais caminhamos neles, mais confortáveis eles se tornam. Não é como um programa de computador em que simplesmente inserimos uma passaword e "pronto", somos corajosos! A coragem deriva de passarmos tempo com Deus, de vermos os Seus braços estendidos para nós e O ouvirmos a dizer, "Anda lá, tu consegues! Eu estou contigo!"

WEBTV ClubeMais+