sábado, 29 de março de 2014

NÃO DEIXES QUE OS OUTROS TE ATRASEM

Os irmãos de José ficaram ressentidos por causa do sonho que ele teve, então venderam-no como escravo. A família de Davi não o considerava capaz de ser rei. As pessoas que conheceram Jesus durante os seus primeiros trinta anos, escandalizavam-se d’Ele. É preciso que compreendas que muitas pessoas que te conheciam antes, não te conhecem agora porque já te tinham catalogado. O que deves fazer, então? Faz o que o Senhor fez: Segue em frente! Que mais poderia Ele fazer? Ele recusou-se a deixar que os outros O prendessem a uma fase da Sua vida que já pertencia ao passado, e tu tens de fazer o mesmo. Se tu continuas a permitir que os outros continuem a levar-te para o beco da memória, acabarás por construir por lá uma casa, ficar mais tempo do que deves e perder o que Deus tem para ti. É muito bom ter pessoas na tua vida que sabem de onde vens e para onde vais e que se conseguem relacionar bem com os lugares para onde vais. No entanto, se tiveres de escolher entre o antes e o agora, sacrifica o antes, pois não podes ser reescrito, apenas revisto uma e outra vez. Pára de ensaiar os teus inícios e escreve o resto da tua história. O futuro é teu! Agarra-o enquanto podes!

quarta-feira, 26 de março de 2014

VIVENDO PELA FÉ

O capítulo 11 do livro de Hebreus é muitas vezes referenciado como a "Galeria dos heróis da fé". Dois grupos são mencionados: Aqueles que "escaparam do fio da espada" e os que "foram mortos ao fio da espada". Perante isto, todos gostaríamos de estar naqueles que "escaparam do fio da espada", mas a Bíblia diz que ambos, apesar de terem guardado a fé, não receberam logo a promessa. Mas a fé deles manteve-os focados na promessa que "estava longe". Por vezes, a fé é um instrumento de mudança. Outras vezes é um meio de sobrevivência. É o que te dá a tenacidade para confiares em Deus quando a vontade d'Ele parece confrontar-se com a tua. Muitas vezes a fé é mais aperfeiçoada quando as coisas não mudam do que quando elas mudam. Tu não precisas de fé para as coisas que consegues ver ou a que já assististe. Precisas dela quando a vida não faz sentido, quando não consegues explicar porque razão aquele bebé morreu, ou porque tudo corre mal no emprego, porque é que o casamento não funciona, ou porque é que os maus prosperam e os bons morrem, ou os justos sofrem e os bons não recebem conforto. Pensas que apenas há uma solução eficaz: Aquela que tu queres! Não, tens de confiar no carácter e no plano de Deus, em quem Ele e no que Ele faz. Tens de vê-Lo a trabalhar seja no que for que apareça no teu caminho. E mesmo quando não podes tens de confiar n'Ele, sabendo que "...todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto." (Romanos 8:28). Leste bem? TODAS!

segunda-feira, 17 de março de 2014

QUANDO O TEU CÔNJUGE NÃO PARTILHA A TUA FÉ

Viver com alguém que não é um crente em Jesus é um desafio e uma oportunidade. É um desafio porque crentes e não crentes vêem a vida de maneiras diferentes. E é uma oportunidade porque Deus pode ajudar-te a fechar o fosso e ganhá-lo (la) para Cristo. Mas para isso é preciso que assumas dois compromissos: 
Primeiro: Compromete-te com o objectivo da salvação dele (dela). Segundo: Compromete-te com o teu próprio crescimento através do amor pelo teu cônjuge e vivendo com ele (ela). Uma vez que assumires estes compromissos, estás pronto para este conselho muito útil. Lembra-te que os descrentes têm algumas limitações (2Coríntios 5:17). Só quando se está em Cristo se pode ser uma "nova criatura". Só nessa altura "as coisas velhas" desaparecem. O velho domina até que se receba o novo (João 3:6). 
Lembra-te, o descrente sofre de um defeito espiritual de nascença que não se pode tratar enquanto o novo nascimento não o fizer (Romanos 8:7,8). Se eles não amam a Palavra de Deus, a oração e a Igreja como tu, é porque são controlados pela carne e nem sequer são capazes de o fazer. Então, tem expectativas realistas e lembra-te de como eras antes de conheceres Cristo. Sê paciente, amoroso e meigo enquanto o Espírito Santo faz o Seu trabalho neles.

quarta-feira, 12 de março de 2014

PRISÃO EMOCIONAL

Já alguma vez ouvistes falar da "síndrome de Jericó"? (Josué 6:1). É quando tu te encontras emocionalmente fechado. Tens medo de sair e tens medo de deixar alguém entrar. Construíste uma muralha para que ninguém te possa magoar novamente. Tem cuidado, pois isso pode aprisionar-te a ti e a todos os outros que fazem parte da tua vida. Tu podes casar-te em Jericó, dizer os votos, usar os vestidos, trocar as alianças, ir de lua-de-mel e continuar com os muros erguidos. Neste caso tu podes pensar: "Se ela (e) me deixar, estarei preparado (a). Tenho uma conta bancária sobre a qual não lhe falei. Tenho um plano de emergência para o caso disto não funcionar." Mas como é que é possível tu queres unir-te se não é possível alcança-lo (la) por causa de um muro de amargura, medo e desconfiança? O amor não funciona quando vive de acordo com a filosofia "Procura o melhor mas espera o pior". É tempo para um saneamento! Tu tens de te livrar dos espectros de ontem se queres ter esperança relativamente a um futuro juntos. Perdoar quando foi profundamente magoado (a), é uma das coisas mais difíceis que alguma vez farás, mas tens de perdoar e continuar a perdoar até que o ressentimento deixe de te controlar (Mateus 18:21,22). Pára de ensaiar o passado e entrega-o ao Senhor. Ele é o derrubador de muralhas, o restaurador da comunicação, o reconstrutor da auto-estima, o médico dos corações partidos e das relações. Se O deixares, Ele ajudar-te-á a viver e a amar outra vez!

quarta-feira, 5 de março de 2014

JESUS É O CAMINHO

O Judaísmo vê a salvação como uma decisão do dia do julgamento baseada na moralidade. Os Hindus que existem múltiplas reencarnações na viagem da alma pelo cosmos. O Budismo conduz a sua vida de acordo com as Quatro Nobres Verdades e o Nobre caminho dos Oito Passos. Os Muçulmanos chegam a Alá através dos Cinco Pilares da Fé. Muitos filósofos entendem a vida após a morte como escondida e desconhecida, "um grande salto no escuro". Algumas pessoas confundem Cristo com Moisés, Mohâmede, Confúcio e outros líderes espirituais, no entanto "Disse-lhes Jesus: Eu Sou O Caminho, E a Verdade, E a Vida. Ninguém vem ao Pai senão por Mim." (João 14:6). Muitos contrapõem isto e dizem: "Todas as estradas levam ao Céu". Mas como é que isso pode ser possível? Os Budistas olham para o Nirvana, alcançado só depois de 547 reencarnações. Os cristãos acreditam numa vida, numa morte e numa eternidade com Deus. Os Humanistas não reconhecem um criador da vida. Jesus diz ser a fonte da vida. Os espiritualistas lêem a palma da mão, os cristãos consultam a Bíblia. Os Hindus vêem um Deus plural e impessoal, os seguidores de Cristo acreditam que "não há outro Deus" (1Coríntios 8:4). Todas as religiões não cristãs dizem: "Tu podes salvar-te". Jesus diz: "Só o meu sacrifício na cruz pode salvar-te". Nem todas as estradas vão dar a Londres, nem todos os barcos vão para a Austrália e nem todos os voos aterram em Roma. Nem todos os caminhos levam a Deus. Jesus indicou um Único caminho, directo. Ele abriu uma passagem inigualável, desimpedida pelo esforço humano. Faz-nos uma oferta única em que Ele trabalha e nós confiamos. Ele morre e nós vivemos. Ele convida e nós acreditamos! 

sábado, 1 de março de 2014

COMO TER UM BOM DIA

Tu podes mudar o rumo de um dia para o qual o diabo tem planos negativos, se passares tempo com Deus, especialmente quando sentires alguma atitude ou comportamento em ti que não é agradável ao Senhor. os sentimentos negativos são como convidados que não são bem-vindos na nossa casa e a pior coisa que podes fazer é convidá-los a entrar. Tu podes não ter força suficiente para te livrar deles, mas se procurares ajuda de Deus, Ele irá capacitar-te para caminhares de acordo com os Seus caminhos, e não de acordo com as tuas emoções negativas e com a tua perspectiva. Mas, e se alguém ofender-me? Na verdade, é-nos dito para perdoar aqueles que nos ofendem, não deixando criar raiz de amargura. Por vezes queremos perdoar e fazer o que está certo, mas é-nos difícil fazê-lo. A maioria das vezes, a coisa certa é a coisa mais difícil de fazer, não a mais fácil. Mas é aí que tu precisas de orar e deixar que o Senhor fale contigo através da Sua Palavra. Só aí encontrarás a força para fazeres o que é certo.
Lembra-te: A batalha começa cada vez que tu abres os olhos de manhã!

WEBTV ClubeMais+