segunda-feira, 23 de junho de 2014

COMO TIRAR PARTIDO DO TEMPO

Os nossos dias são como malas iguais, mas algumas pessoas conseguem enchê-las mais do que outras, isso é porque sabem como embalar, guardar, arrumar.
Todos temos vinte e quatro horas, mas nem todos tiramos o mesmo partido delas. A verdade é que se não gerimos o nosso tempo temos dificuldade em gerir a nossa vida.
O tempo não pode ser controlado, continua, não importa o que fazemos. Ninguém, por muito inteligente que seja, pode guardar minutos de um dia para gastar no outro. Nenhum cientista é capaz de criar minutos novos. Nenhum milionário deste mundo é capaz de comprar minutos novos. As pessoas falam em tentar encontrar tempo, mas têm de parar de procurar. Não existem horas a mais por aí. Vinte e quatro horas é o máximo que cada um de nós pode ter. As pessoas sábias entendem que o tempo é o seu bem mais precioso e, como resultado disso, sabem onde gastar o seu tempo. Continuamente analisam como estão a usar o seu tempo e perguntam-se “Estarei a tirar o melhor partido do meu tempo?”
Alguém escreveu: “Nós não pagamos as coisas com dinheiro, pagamos com tempo.” Por exemplo quando dizemos que daqui a cinco anos terei dinheiro suficiente para pagar isto ou aquilo, significa que isso que lhe vai custar um décima segunda parte da nossa vida adulta.

domingo, 15 de junho de 2014

DEUS de CONSOLAÇÃO

Deus pode fazer-nos sentir confortáveis mesmo nos locais mais desconfortáveis. Ele pode libertar-nos de situações nas quais pensávamos que ficaríamos presos para sempre. Ele pode dar-nos paz, mesmo no meio do drama. Antes de a nossa vida acabar, viveremos, amaremos e experimentaremos, também, a perda.
Perder algumas coisas ajudar-nos-á a apreciar as coisas que ainda temos. É o sabor do falhanço que faz o sucesso ser tão doce. Como se pode celebrar a vitória se nunca se soube o que era perder? Podemos viver cada dia sem saber o que o amanhã nos reserva, mas saberemos que Deus sustém todos os nossos amanhãs.
Eles não estão nas mãos do seu patrão, do corrector da bolsa, dos governantes outra pessoa qualquer. Nem estão nas tuas mãos para que os possas manipular ou controlar. Não, todos os nossos amanhãs estão nas mãos de Deus!
Ele estará lá quando tudo e todos já tiverem ido embora. Ele estará lá para ti e para mim nos locais mais escuros. A promessa d’Ele para nós é: “O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.” (Salmo 30:5). Não importa o quão longa tem sido a noite, a manhã nasce sempre e com ela a Sua alegria. Pensa nisto, a noite pode ter sido escura, mas sobreviveste sempre para ver a manhã. Não foi? De alguma forma, a Sua graça protegeu-nos, deu-nos tudo o que precisávamos, amparou-nos, acalmou-nos, confortou-nos e ajudou-nos a ultrapassar todas as coisas.
O tempo passa, as estações mudam, mas Deus não. Ele será sempre o Deus de toda a consolação, e Ele está a olhar por nós Hoje!

sexta-feira, 13 de junho de 2014

CICATRIZES

Na Odisseia (um dos dois principais poemas épicos da Grécia Antiga), quando Odisseu (Ulisses para os romanos) regressa a casa disfarçado de mendigo, a sua família não o reconhece. Depois de algum tempo, a sua ama de infância vê nele uma cicatriz e reconhece-o e lembra-se. Até esse momento, nem mesmo ela o reconhecia. Quando Tomé ouviu que o Senhor Jesus estava vivo, disse: “Se eu não vir o sinal dos cravos em suas mãos…de maneira nenhuma o crerei.” (João 20:25). As cicatrizes de Jesus eram a prova de que Ele tinha sido crucificado e tinha ressuscitado. Quando Tomé as viu com os seus próprios olhos, respondeu: “Senhor meu, e Deus meu!” (João 20:28). É a primeira vez que a Escritura regista um discípulo a dirigir-se directamente ao Senhor Jesus como Deus, e isto foi a reacção às Suas cicatrizes.
Alguém contou sobre um amigo: “Tenho um amigo que passou a sua vida num orfanato. A sua mãe levou-o lá quando ele era um rapazinho, deixou-o debaixo de uma grande árvore, e disse-lhe que voltaria nessa tarde para vir buscá-lo…mas não voltou. Ele agora já é um homem de meia-idade. Um dia, eu tinha combinado encontrar-me com ele e atrasei-me. Encontrei-o agitado, irrequieto, a transpirar e visivelmente perturbado. Mais tarde ele disse-me: “Não consigo evitar. Descontrolo-me quando um amigo se atrasa, porque a minha mãe me deixou à espera…e nunca voltou.”
Ele já era um homem adulto…mas ainda tinha cicatrizes. Todos temos cicatrizes, algumas visíveis, outras menos visíveis.  

domingo, 8 de junho de 2014

A COMPANHIA CERTA

Às vezes fazer a vontade de Deus pode tornar-te popular, e outras vezes, pode arranjar-te problemas, especialmente com aqueles que gostam de “manter as coisas como sempre foram”. Em Actos 3, Pedro e João foram usados por Deus para trazer cura a um homem que não conseguia andar desde que nascera. Depois de ser curado lê-se. “…e entrou com eles no templo, andando, saltando e louvando a Deus” (Actos 3:8). Naquele dia, 5000 pessoas foram ganhas para Cristo e as autoridades religiosas, e os religiosos, estavam num reboliço. Ameaçaram os discípulos, proibindo-os de mencionarem o nome de Jesus nas suas pregações. Por isso os discípulos fizeram uma reunião de oração, pedindo ao Senhor que lhes desse ousadia para pregarem a Palavra de Deus (Actos 4:29).
Mas com quem foram eles orar? “E, soltos eles, foram para os seus…” Para onde é que eles foram? De volta para aqueles que eram cheios do Espírito Santo (Actos 4:31); para aqueles que tinham um só coração e alma (Actos 4:32). Pessoas assim é que são a companhia certa para nós. O salmista escreveu: “Deus faz com que o solitário viva em família…” (Salmo 68:6). Tens uma família espiritual? Com quem vais ter quando precisas de recuperar as forças? Diz-se que a nossa companhia determina a nossa conduta, a nossa conduta determina o nosso carácter, o nosso carácter determina o nosso destino. Por isso pede a Deus que o dirija para a “companhia certa”. Quando encontrares as pessoas certas, vais perguntar como é que alguma vez conseguiste passar sem elas.

domingo, 1 de junho de 2014

DAVI e GOLIAS

Assim que Davi saiu para lutar com Golias, começou a declarar vitória, dizendo: 1Samuel 17:45-47.
Ninguém, à volta dele, tinha conseguido perceber que Deus entrava na equação, mas Davi não falava de outra coisa. Ele via aquilo que eles não viam e recusava-se a aceitar aquilo que eles viam. Porquê? Porque sabia que servia a um Deus maior que o gigante que enfrentava. 
Se estás a passar por uma situação aparentemente sem solução, me vez de desperdiçares o teu tempo e energia a concentrares-te nas tuas fraquezas e falhas, começa a fixar-te no poder de Deus. Quando te fixas no inimigo, tropeças, mas quando te fixas em Deus, o inimigo é que tropeça. Nunca vais conseguir vencer se lutares nas tuas próprias forças, por isso, nem tentes ir por aí.
Deus já nos deu “…poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum.” (Lucas 10:19).
Paulo escreve para “…nos revestirmos de toda a armadura de Deus, para pudermos ficar firmes contra as astutas ciladas do diabo.” (Efésios 6:11).
Três coisas que o diabo não suporta são: A Palavra de Deus, o sangue de Cristo e o nome de Jesus. Ao utilizá-las, vamos derrotá-lo todas as vezes, tal como Davi deitou Golias abaixo!

WEBTV ClubeMais+