segunda-feira, 22 de novembro de 2021

LIBERTAR AS AMARRAS DO PASSADO

Moisés, que fora tratado como filho da filha do Faraó, com uma educação das melhores e tudo o que era bom, após matar um egípcio e fugir, passou a ser pastor de ovelhas, a trabalhar para aquele que se iria tornar o seu sogro e a viver em Midiã. Passou de uma vida luxuosa, para uma vida humilde. De viver descontraído, para assustado e fugitivo. De viver num palácio, para uma tenda. Toda a sua autoestima estava lá bem em baixo. Até que certo dia, ao apascentar o rebanho, Deus falou-lhe. E mandou-o enfrentar o passado de que fugia, para libertar o Seu povo das mãos de Faraó e do Egipto. Medo...um arrepio deverá ter percorrido o corpo de Moisés. Ele, um homem com problemas de gaguez, tímido, liderar um povo para ser liberto da escravatura?! A perplexidade e o pavor devem ter-se apoderado de Moisés. Então Deus disse-lhe: "Vai, volta para o Egipto, porque todos os que buscavam a tua alma morreram." Êxodo 4:19. Há circunstâncias que nos são necessárias passar, porque Deus quer soltar as amarras do nosso passado. Não quer que vivamos com medo ou angustiados com o que ficou para trás. Nem tão pouco quer que nos sintamos diminuídos ou incapacitados por isso. Deus quer que nos sintamos livres para viver o nosso presente, rumo ao futuro que temos n'Ele. Quer que perdoemos quem nos ofendeu, e que sintamos o Seu perdão e total restauração. N'Ele nós somos aceites, perdoados, capazes, livres...

sábado, 13 de novembro de 2021

FÉ TRAZ ESPERANÇA

A fé atua na direção oposta do desespero. Ela traz esperança, mesmo quando parece não haver esperança. Abraão a manteve (Romanos 4:18). Não havia motivo para ter esperança, em relação a ter um filho, porque Sara, a sua mulher era estéril e ele próprio já era muito avançado em idade.
Mas Abraão a manteve. Como? Crendo que se tornaria "o pai de muitas nações". E como pôde crer contra todas as possibilidades e probabilidades? Porque estava completamente convencido de que Deus era poderoso para cumprir tudo o que tinha prometido (Romanos 4:21).
Como podes evitar o desespero? Ouvires a voz de Deus, crer que Ele irá cumprir o que prometeu e ter uma esperança viva que nos faz antever com expetativa que vamos viver a promessa. Por isso, vamos atentar para o que está escrito: "Não rejeiteis pois a vossa confiança, que tem grande e avultado galardão. Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, possais alcançar a promessa. Porque ainda um poucochinho de tempo, e o que há-de vir virá, e não tardará." Hebreus 10:35-37.

segunda-feira, 1 de novembro de 2021

PAZ QUE EXCEDE O ENTENDIMENTO

A paz de Deus excede todo o entendimento (Filipenses 4:7). Ou seja, não é passível de ser entendida ou compreendida. Há algo nela que supera o natural, que surpreende, que contraria a lógica da mente, ou do senso-comum. É o facto de ser experimentada quando não seria de pensar ou esperar. Vivenciada em situações onde era suposto sentir exatamente o contrário: no meio da tempestade!
A paz de Deus excede o entendimento porque é experimentada em contextos em que a mente não entende como é possível: no meio das contrariedades, do caos, do infortúnio, da calamidade ou adversidade.
Não condiciones a tua paz com o que a tua mente consegue racionalizar, esperar, ou esquematizar.  A paz de Deus é uma arma que temos ao nosso dispor. Manter esta paz não nos exclui das dificuldades da vida, apenas permite que seja Deus a ter a última palavra, Confiar n'Ele completamente faz com que não fiquemos à mercê das circunstâncias, das outras pessoas ou das suas próprias emoções e limitações.
Experimenta a paz sobrenatural de Deus, que ultrapassa as melhores previsões humanas. Experimenta paz na tempestade!

segunda-feira, 11 de outubro de 2021

LARGAR E GANHAR OU RETER E PERDER?

O Senhor Jesus contou a parábola dos talentos (Mateus 24:14-30). Nela, um homem que tinha de se ausentar em viagem, confiou os seus bens aos seus empregados, para cuidarem deles. A um dos empregados entregou cinco talentos (um talento equivalia ao valor de hoje a cerca de 130.000€), a outro dois e a outro um. Quando voltou, o de cinco e o de dois tinham aplicado o dinheiro, tendo-o multiplicado. Mas o de um talento, apenas tinha um para devolver.
Os empregados que multiplicaram os talentos, foram recompensados. Mas o que não rentabilizou o talento, até o talento que tinha lhe foi tirado. Se os outros dois empregados não tivessem sabido largar, abrir mão, não teriam oportunidade de aumentar o que tinham.
A Bíblia diz: "Dai, se ser-vos-á dado...porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo." Lucas 6:38.
Por vezes é-nos "necessário passar" por desafios que nos ensinem a largar, a abrir mão. A deixar de reter tudo para nós. Para uma "nova dimensão". Aquela que Deus quer que vivamos: A do dar, sem esperar ganhar com isso. Dar sem "mas"; sem puxar de volta. Dar generosamente. Semear...que a seu tempo veremos o fruto!

terça-feira, 5 de outubro de 2021

LEMBRAR O QUE DEUS FEZ NO PASSADO

Há uma tendência, quando passamos por dificuldade no presente de esquecer o que Deus fez no passado. Por isso, ficamos amedrontados ou mais apreensivos. Lembrar o que Deus fez no passado é muito importante porque dá-nos esperança. Lembra-te de quando passastes por situações aflitivas no passado, como Deus te ajudou, como te livrou, como fez milagres, como providenciou, como curou, como realizou o impossível, como te guardou, co o te abençoou. O Deus do passado, é o Deus do presente e do futuro (Hebreus 13:8). Deus não te trouxe até aqui para te abandonar. Deus não te fez tanto bem para deixar-te mal (Filipenses 1:6). Deus que livrou Daniel da cova dos leões e os seus três amigos da fornalha de fogo..."Aquele que nem mesmo a Seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com Ele todas as coisas?" Romanos 8:32
Deus tem estado sempre por ti, continua contigo. O tempo mudou, o contexto pode ter mudado, o nível da aflição pode ser mais acentuado, mas vai acontecer da mesma maneira: Serás livre, vitorioso e abençoado!

segunda-feira, 4 de outubro de 2021

O PODER DAS TAREFAS PEQUENAS

Algumas pessoas nunca vencem gigantes, porque não aguentam tarefas pequenas. Recusam-nas ou fogem delas. Não aprendem as lições que elas carregam; não crescem no nível que elas possibilitam. Como tal, não estão preparados para tarefas maiores; níveis superiores.
Não chegam aos patamares que desejas; chegas àqueles que escalas, degrau a degrau. Porque não há elevadores para o verdadeiro sucesso. As escadas que recusas subir, condicionam o patamar onde irás permanecer. O Senhor Jesus disse: "Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínio, também é injusto no muito." Lucas 16:10
As coisas desprezíveis não te impedem de chegar às grandes. porque "Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são." 1Coríntios 1:28
Faz o mesmo. Sê fiel, dá o melhor onde estás. Aprende, cresce. São as lições dos vales que permitem chegar ao cume das montanhas!

segunda-feira, 27 de setembro de 2021

APRENDE AS LIÇÕES

O tempo que o povo de Israel passou no deserto foi uma "escola". Não era para viver do maná para sempre. A indicação para não guardar nada para o dia seguinte não era permanente. Era até entrar na terra da promessa, onde iriam trabalhar e colher o seu fruto. Nem era para ter durado quarenta anos. O propósito era para ser apenas alguns meses. A sua desobediência e relutância em desobedecer a Deus levou-os a que ficassem todo aquele tempo no deserto.
O objetivo do maná era o povo aprender a depender de Deus, a confiar n'Ele para a sua provisão, a não serem levados pela ganância e a não idolatrar as bençãos.
Ao entrar na terra prometida, apesar do sistema de aprovisionamento ser diferente, os princípios deviam manter-se. Apesar da comida vir da terra e não do céu, deveriam reconhecer que, acima de tudo, era dádiva de Deus. Apesar de poderem guardar e gerir os frutos para dias posteriores, deveriam lembrar que Deus providencia diariamente e que deveriam aprender a depender d'Ele e ser gratos numa base diária.
Só depois de aprenderem as lições do deserto, puderam sair do deserto. Não lamentes tanto o deserto. Aprende as lições. Experimenta uma provisão sobrenatural como nunca. E liga-te a Deus de forma a que não dependas da escassez nem da fartura do deserto nem da terra fértil. Depende d'Ele! É o Único que nunca falha!

sábado, 4 de setembro de 2021

VENCER A DESMOTIVAÇÃO

Muitos ensinam que vencer é, acima de tudo, ser superior ao opositor. Mas não! Davi é uma prova que não é bem assim. O seu opositor, o gigante Golias, era superior em todos os sentidos (1Samuel 17:33). Mas foi vencido! Vencer é uma questão de superar os fatores desmotivacionais ao longo do percurso. A maior batalha não é a final com o opositor. É no decorrer do processo que lutamos as maiores batalhas. Para vencer a final, é fundamental superar as batalhas mais difíceis, aquelas que nos querem desmotivar. Porque a maior batalha é travada na mente, contra aquilo que nos quer desmotivar. Tal como aqueles a que Davi foi submetido ao falar com o rei Saul. Foi-lhe dito que era muito novo e que Golias era um grande guerreiro, treinado na arte da guerra desde a sua mocidade. Já aconteceu contigo? Situações à tua volta que dizem que não conseguirás? Pessoas que dizem que não tens o que é preciso? Palavras negativas que são ditas de forma insensível? Davi ouviu tudo isso e não deixou que isso o impedisse de vencer. O que decidirá o desfecho da batalha é como lidas com a desmotivação externa. Vais aceitar? Vais baixar os braços? Ficar a chorar porque não tens apoio? Ou vais superar, desvalorizar e continuar a caminhar na direção do teu desafio?
Quando vences a desmotivação, estás mais perto do que nunca de vencer o "Golias"...

quinta-feira, 26 de agosto de 2021

O PODER DO ALTRUÍSMO

Davi é chamado à presença do rei. E mais uma vez impressiona. Não esperou que o rei falasse; não tentou negociar com ele; não exigiu nada; não pediu nada. Falou em ajudar, em oferecer alguma coisa a todo o povo: Segurança. Essa foi a sua marca, uma condição do seu coração que foi um dos seus segredos para vencer o gigante Golias. Não queria vencer para si, queria vencer para os outros. Não queria o seu bem-estar, queria melhorar a condição dos outros. Este é o poder do altruísmo: sair de nós mesmos para nos concentrarmos nos outros. Isso dá uma visão, força, coragem, tenacidade, que multiplica em muito as nossas capacidades. A maioria das doenças psíquicas e emocionais estão baseadas numa auto-concentração: "sinto-me mal", "coitadinho de mim", etc. A cura, a vida saudável e vitoriosa vai no sentido inverso: "O que posso fazer por alguém?" O segredo de viver está no paradoxo do altruísmo: "Não dou quando tenho, tenho quando dou." Quando ajudo os outros, sou ajudado; quando procuro o bem-estar dos outros, fico bem. Quando me envolvo com os sonhos dos outros, os meus sonhos cumprem-se. Quando contribuo para a vitória dos outros sou vencedor. Quando faço os outros felizes, sou feliz. Experimenta viver para os outros...

segunda-feira, 16 de agosto de 2021

DIFICULDADE ou OPORTUNIDADE?

Havia duas realidades na tensão da guerra entre israelitas e os filisteus. Uma era a ameaça de Golias, a outra era a recompensa do rei Saul. Uma criava uma dificuldade, pois Golias era muito alto, musculado e bem armado. A outra fornecia uma enorme oportunidade: casar com a filha do rei e ficar na linhagem real, que, entre outras coisas, incluía a isenção de impostos para toda a família. A dificuldade aqui é que as duas eram inseparáveis. Para se ter a recompensa, seria necessário enfrentar a ameaça. Ou seja, a dificuldade criava a oportunidade. A oportunidade dependia da dificuldade.
Na vida também é assim. Sempre existirão dificuldades e oportunidades. Muitos são boqueados com as dificuldades, outros aproveitam as oportunidades.
A verdade é esta: As tuas dificuldades criam oportunidades. Não as lamentes, não bloqueis, não fujas delas. Encontra a tua oportunidade e agarra-te a ela.
Davi viu no gigante a sua oportunidade. Ficou com o "prémio", saiu do anonimato e entrou na rota do trono!

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

NÃO TE PERCAS

Deus é bom. N'Ele não há nenhum vestígio de mal. Muitos perguntam: "Se Deus existe porque não vem cá abaixo acabar com o mal?" Por uma razão: Fazê-Lo, era destruir o homem. Porque o mal está dentro do homem, na sua natureza.
Por isso, Deus planeou de forma a remover o mal, mas sem destruir o homem. Uma cirurgia interior, uma transformação de dentro para fora.
Foi por isso que enviou o Seu Filho, Jesus Cristo, para ser o sacrifício por todo o mal que existe no ser humano. Jesus Cristo substituiu o homem, assumindo o seu castigo e o homem assume o lugar do Filho, de ser justo: "Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que n'Ele fossemos feitos justiça de Deus." (2Coríntios 5:21).
Não precisas de viver perdido, confuso, sem propósito, sem satisfação ou sem paz. Deus já fez tudo o que precisas, ao dar o Seu Filho. O Senhor Jesus Cristo garante que te tira tudo o que está mal. Só precisas de O aceitar como Único e Suficiente Salvador. Faz uma oração e entrega-Lhe a tua vida!

segunda-feira, 9 de agosto de 2021

O AMOR de DEUS

O amor de Deus não é passivo. Não é meramente contemplativo. Não é infrutífero ou estéril. Não fica de mãos vazias, nem deixa ninguém vazio ou na mesma.
O amor de Deus é consequente. Gera alguma coisa, faz algo; é prático. É tão real, profundo e verdadeiro que cria, produz, faz acontecer alguma coisa, traz consequências.
O amor de Deus é como uma bomba! Porque é altamente explosivo. Altera e transforma tudo à sua volta. Mas, contrariamente a uma bomba, não traz caos e devastação. Cria sintonia, harmonia, paz e alegria; força e esperança.
O facto de Deus te amar é uma garantia que as coisas não vão ficar como estão, se aceitares o Seu Filho como teu Único Salvador. Não irão permanecer no mesmo estado em que se possam encontrar agora. Uma "bomba" da bondade e fidelidade de Deus vai "explodir" tudo o que está a mais; irã acender o que está a fenecer, avivar o que está fraco, despertar a tua esperança e inflamar o teu potencial.
Fica na expectativa...

quinta-feira, 5 de agosto de 2021

PARA TE LEMBRARES QUE DEUS É DEUS

Há circunstâncias e desafios que vêm à tua vida, para te lembrares que Deus é Deus. Que é Ele que te livra, dá vitória, capacita, dá dons, dá oportunidades, dá sabedoria, faz um caminho, quando estás à beira do abismo.
Há gigantes que vêm à tua vida para tirares os olhos do teu umbigo e os colocares em Deus. Para que te lembres que não é acerca de ti e da tua força, inteligência e capacidade. Tão pouco é acerca das tuas inseguranças, medos, receios e dificuldades. Mas é acerca que Ele é em ti, e do Seu poder revelado na tua vida. É relembrar o Seu lugar. É acerca de restabelecer o equilíbrio hierárquico da vida. É acerca de relembrar: "Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a Sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." Mateus 6:33.
Há gigantes pelo quais se torna necessário passares, porque ao longo da correria do dia a dia, das rotinas, das distrações, foste esquecendo de qual o lugar de Deus na tua vida; foste esquecendo de quem és sem Ele: Nada! Foste mudando o teu foco.
Mas o foco d'Ele não mudou. Ele não se esqueceu de ti. Nem tão pouco desistiu. Pelo que torna-se necessário passares por algumas coisas, que te tornem a ligar a Ele. Ele tudo pode, mas nada quer a não ser a ti, ao teu coração! Por isso reajusta o teu foco!

terça-feira, 3 de agosto de 2021

MISSÃO: PESSOAS

Há situações que vêm à nossa vida por um propósito. Outras por uma missão. Algo maior que nós mesmos e os nossos sonhos e objetivos: Os outros! Há todo um caminho que nos é necessário passar, para nos desviar do nosso umbigo e nos focar naquilo que está no coração de Deus: Pessoas, não pessoa...não apenas eu...mas Pessoas...
Muitas dificuldades e gigantes que enfrentamos na vida não são consequências de más decisões ou ações. Nem tão pouco para chegarmos onde queremos. Muitas delas apenas nos acontecem, por mais absurdas e inexplicáveis que possam parecer na altura, não por nós, ou pelo nosso crescimento pessoal, mas pelo crescimento, benção e superação dos outros, através de nós. Há doenças que nos habilitam a ter uma maior sensibilidade para aqueles que padecem. Há injustiças que vêm para que outros, com menos ferramentas ou recursos emocionais que nós, se sintam compreendidos e impelidos a ultrapassar através do nosso exemplo. Há depressões que vêm, para que não sejamos tão rigorosos e exigentes com os outros. Para que não coloquemos nos outros o peso de que "a depressão é coisa de fracos", ou "de que não tem fé em Deus". Até porque não é verdade. Faz apenas parte da condição humana e das várias aflições que o Senhor Jesus advertiu que o homem passaria na Terra. Então, não lamentes acerca do "que é que eu fiz, para merecer isto?". Não é acerca de ti. É acerca dos outros. É acerca da missão de te tornares um instrumento nas mãos de Deus para seres sensível, amares, servires e abençoares mais vidas. E é uma honra!

segunda-feira, 2 de agosto de 2021

É NECESSÁRIO DESVIARES-TE DO TEU CAMINHO!

Deus mandou Elias esconder-se junto a um ribeiro para beber de lá água e enviou corvos para o alimentarem. Passado um tempo, o ribeiro secou. Então Deus mandou-o sair do esconderijo para ir a um aldeia, de forma a ser alimentado por uma viúva. Quando lá chegou, Elias pediu um pão de pão à viúva, mas esta argumentou que estava sem comida, e que apenas tinha o suficiente para uma última refeição para ela e para o seu filho, esperando a morte depois (1Reis 17).
Deus tinha poder para continuar a alimentar Elias, sem ele ter de sair de onde estava. Mas havia uma mulher, e o seu filho, em desespero a esperar que a morte chegasse. Então Deus interrompeu o plano de Elias de ficar escondido e mostrou-lhe que era necessário passar pela casa daquela mulher. Não por causa dele, mas pela mulher e pelo seu filho.
Por vezes, o teu caminho vai ser interrompido, não porque te seja necessário fazer um desvio, mas porque é necessária a tua ajuda na vida de alguém em desespero. Alguém que como a viúva, já não vislumbra esperança. Que só está a pensar na sua morte. Tal como Elias, és chamado a desviar-te do teu caminho para providenciares alimento (esperança, fé) e produzires vida, através da vida de Deus em ti. És chamado para trazeres vida, onde há sombra de morte. É "necessário passares" por ali. Há muitas pessoas em agonia, que precisam de ti. Tens uma missão. Agarra-a e sê uma fonte de vida!

quarta-feira, 28 de julho de 2021

ONDE ESTÁ O TEU FOCO?

Porque é que diante da mesma realidade, uns reagem de uma maneira e outros reagem de forma completamente diferente? Porque é que diante do gigante Golias, os soldados israelitas ficaram aterrados e fugiram (1Samuel 17:24), e Davi, um adolescente pastor, permaneceu confiante? Por causa do foco. Foco é a ação de se selecionar o que se vê. Uma câmara fotográfica, diante de tudo o que tem na objetiva, foca em algo que se tornará mais nítido, destacado sobre o resto da imagem. Os nossos olhos fazem o mesmo, em obediência ao processamento do cérebro. De tudo o que veem, focam em algo, que o torna mais nítido. Mesmo que esteja mais longe, o objeto focado vai ser mais dominante em todo o sistema nervoso. Será ele que terá a influência preponderante. Este é um princípio importante na vida: Não é o que vês que te influencia; é onde colocas o teu foco! Porque o que focas é o que domina a tua mente e o teu sistema de crenças e valores. Os soldados focaram-se nas palavras de ameaça do gigante e, por isso, ficaram aterrorizados. Davi colocou o seu foco nas palavras do rei Saul, que indicavam o prémio de que vencesse o gigante. Ele ficou motivado. Onde está o teu foco? Nas palavras que te ameaçam, ou nas palavras que te premeiam? Nas palavras do gigante ou nas palavras do rei? Pode haver um gigante que te ameaça na Terra, mas há um Rei que te premeia no Céu: Põe o teu foco nas palavras do teu Rei e sê motivado. Há um prémio à tua espera!

quinta-feira, 22 de julho de 2021

SEGURANÇA EMOCIONAL

O Senhor Jesus ainda não tinha começado o Seu ministério, ainda não tinha realizado nenhum milagre e o Pai afirmava O Seu valor e o quanto O amava (Mateus 3:17). O facto de o fazer antes de qualquer obra ou milagre, demonstrou que o Seu amor pelo Filho não era baseado no desempenho, era baseado no afeto. É principalmente o papel do pai que confere aos filhos a segurança emocional. O pai constrói no filho essa segurança, pela forma como o aceita e afirma por ser filho, mais do que qualquer realização ou heroísmo. Quem é inseguro, fruto de carências e deficiências na afirmação do seu pai, ou da ausência deste, passará toda a vida a tentar sentir segurança nas suas realizações. E quanto mais tentar, mais inseguro será. Porque a verdadeira segurança vem de saber que se é amado. Pais que grande responsabilidade! A qualidade da forma como afirmam a amam os vossos filhos determina a qualidade da sua segurança emocional para a vida. Filhos, há esperança para aqueles que não tiveram uma boa afirmação do pai. Descubram e relacionem-se com Deus na base do Pai-Filho. E assim não tens de provar o teu valor, porque já o tens! Porque, tal como o Senhor Jesus, ouvimos diariamente a voz do Pai no céu que diz: "Este é o meu filho amado, em que me comprazo."

terça-feira, 20 de julho de 2021

À MANEIRA de DEUS OU À TUA?

As irmãs de Lázaro mandaram dizer ao Senhor Jesus: "...Senhor, eis que está enfermo aquele que Tu amas." (João 11:3). O Senhor amava a Marta, a Maria e a Lázaro. No entanto quando ouviu falar que Lázaro estava doente, ficou mais dois dias onde estava.
Já te aconteceu isto? Estares aflitíssimo com a dimensão de alguma luta, clamares pela ajuda de Deus, e parece que Ele está demasiado ocupado com outra coisa para vir em teu socorro?
Ao chegar, o Senhor Jesus foi informado que Lázaro já estava no sepulcro havia quatro dias!
Já passaste por situações em que parece que Deus veio tarde? E ficas triste e desiludido e magoado com Ele por não te socorrido ao som do teu pedido?
Tudo parecia perdido para as duas irmãs e os amigos de Lázaro, mas o Senhor Jesus foi ao sepulcro e bradou em alta voz: "Lázaro, sai para fora." (João 11:43). E ele saiu, com as mãos e os pés envolvidos em faixas e o rosto envolto num lenço. Deus nunca se atrasa. Se é necessário passares por algo doloroso não é por Ele não ouvir o teu grito de socorro. Nem tão pouco é por não se importar contigo. É apenas para perceberes que não é à tua maneira, mas sim à d'Ele!

segunda-feira, 19 de julho de 2021

NÃO É PARA CHORAR É PARA RIR!

Um casamento. Os noivos felizes, radiantes, por finalmente viverem tão esperado momento. Expectantes para que tudo corra ao pormenor, tal como planearam. Que seja um dia marcante, não só para si, mas também para os seus convidados. Os convidados contentes com a festa. A apreciarem a comida e a bebida. Divertidos. E, de repente, a meio da festa, surge um "alerta" que poderia estragar tudo: Acaba-se o vinho! "Não pode ser, grita o noivo desesperado!" Como continuar a servir a comida e a brindarem só com água?!? Uma autêntica catástrofe, com o potencial de fracassar todo o evento e manchar todas as memórias do dia...
 Mas entra em cena Aquele, o Único, que poderia impedir que houvesse uma "tragédia": Jesus Cristo! Ele, com a Sua maneira, por vezes estranha, de operar, manda os empregados encherem talhas com água. Eles a quererem vinho e Jesus a falar-lhes de água!..
Como se não bastasse isso, ainda os manda levar jarros com água ao Mestre de cerimónias para ele provar. Que loucura, devem ter eles pensado. Mas acontece que quando este prova, o sobrenatural acontece. A água não só era vinho, como é considerado o melhor vinho da festa! O que parecia uma tragédia, torna-se um motivo de alegria, gratidão e comemoração.
Há desastres que, por vezes, tens de passar, não com o intuito de te arrasar, mas para gerar em ti alegria e gratidão. O que pensas que veio para fazer-te chorar, veio para fazer-te rir. Um riso que excede todo o entendimento. Por isso...ri!

sábado, 17 de julho de 2021

DEUS CUIDA

A vida não é sempre fácil. Não será sempre um jardim, cheio de água, sombra, beleza e frutos. Algumas vezes será um autêntico deserto que ameaça o nosso conforto e felicidade e os nossos recursos. Nesses momentos podemos ficar preocupados e apreensivos. E disparatar como os israelitas fizeram.
Mas Deus vê e cuida. Ele sabe a atua. Determina as necessidades e supre-as. O Senhor Jesus falou acerca disso numa das suas mensagens mais conhecidas: "Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros, e  vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?" (Mateus 6:26).
O teu meio ambiente poderá ser agreste. As pessoas à tua volta também. Mas Deus não! Ele é amoroso, cuidador e atencioso. Conhece-te bem, e sabe tudo o que precisas. E irá providenciar poderosamente. Tal como enviou o maná do céu para os israelitas, enviará à tua vida tudo o que necessitas no tempo certo. Somente confia...

domingo, 4 de julho de 2021

DEUS MOSTRA O CAMINHO

Deus respondeu a Moisés. Ele tinha a solução. Foi Deus que levou o povo àquele lugar. Não foi apanhado desprevenido, já tinha tudo preparado Estava a provar o povo; a dar mais um teste, para demonstrarem que aprenderam. Ou para aprenderem, uma vez que ainda não o tinham feito.
Deus não deu água de imediato, Ele disse a Moisés o que este precisava de fazer para obter água (Êxodo 17:5).
Que lição tão importante! As pessoas pensam que, por ser Deus, deve dar tudo "mão beijada". Mas Ele ama-nos demais para fazer isso. Deus não quer meninos mimados que não largam o biberão- Ele quer guerreiros que conquistam grandes adversários.
Não penses que Deus te abandonou quando estás numa dificuldade. Não penses que Deus não faz nada só porque a dificuldade continua. Não fiques à espera que ela desapareça por magia. Deus não usa magia, usa pessoas! Por isso, quer usar-te. Quer dar-te a sabedoria, a solução para alcançares o que precisas.
A solução vem de Deus para o teu coração. E capacita-te e dota-te para fazeres o que é necessário de forma a alcançares mais do que o necessário!

quinta-feira, 1 de julho de 2021

VIDA ETERNA

Através da vinda, vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo, Deus faz uma obra completa no ser humano. Remove o mal que está nele e implanta o bem, quando este aceita o Seu Filho como Único Salvador. Não apenas nos tira o "saldo negativo", mas coloca um grande "saldo positivo". Retira o nosso pecado e imputa a Sua justiça. Anula o castigo e perdoa. Tira-nos da condição de inimigo e transforma-nos em seus amigos! Muda a realidade de estranho, para a experiência de filho.
Deus é tão amoroso, que faz extraordinário por nós: Não nos dá o castigo que merecemos e ainda nos dá a vida eterna! A vida eterna é normalmente vista como vida futura no céu. Mas é muito mais do que isso. É ter a vida de Deus. Ele impede-nos de recebermos a morte e confere-nos a Sua vida. É ter a Sua natureza, amor, justiça, santidade; o Seu poder e esperança.
Vida eterna fala da quantidade de vida (vida que não acaba), mas também de qualidade de vida (vida ilimitada). É ter uma vida que tem o potencial de não ser limitada por nada. Nem pelo mal, pelas barreiras, circunstâncias, condições ou quaisquer tipo de complicações. É viver acima e por cima, e superar todas as limitações; ser um vencedor.
Tudo o quanto Deus fez, em Jesus Cristo, foi trazer-nos a esta condição...é o quanto nos ama!

DEUS AMOU

Há muitos substantivos que definem Deus. Há muitos adjetivos que O qualificam. Há uma série de nomes que procuram traduzir a Sua natureza. Uma diversidade de verbos que caracterizam a Sua ação.
Mas a palavra que melhor define Deus, o verbo que demonstra de forma máxima a Sua natureza dominante, que faz mover o mundo, ser o tema principal das músicas, poemas, filmes, que é tónica das conversas, tem quatro letras apenas: AMAR.
Tudo o que Deus é, está totalmente ligado e entranhado em amar. Tudo o que Ele faz é motivado e alicerçado em amar. Todo o Seu plano e propósito estão diretamente relacionados com amar.
Esta é a nossa segurança em relação a Ele. Sabemos que não é mau nem cruel. Não é tirano e opressor. Não é distante nem indiferente. Não é insensível e frio. Não é egoísta ou narcisista. Não é exibicionista ou necessitado de afirmação. Não é inseguro ou carente. Não! Ele ama, é sempre bom e fará o melhor por todos.
Esta é a verdade e a descoberta mais revolucionária da vida e que nos confere a maior segurança e significado: DEUS AMA-NOS!

ACEITA A DIREÇÃO

O povo de Israel andava pelo deserto, de um lugar para o outro, mas não à deriva. Não estava perdido. Iam "conforme a ordem do Senhor". Estavam a ser guiados por Deus.
Uma das promessas de Deus é de direção: "E os teus ouvidos a palavra de que está por detrás de ti, dizendo: Este é o caminho, andai nele, sem vos desviardes nem para a direita nem para a esquerda." (Isaías 30:21). O deserto pode ser confuso. Não há caminhos nem placas de sinalização. Não há pessoas para perguntar direções. Não nos sentimos assim tantas vezes nos desertos da vida? Mas Deus prometeu guiar-nos e mostrar-nos o caminho. Ele sabe o caminho, sabe como levar-nos ao lugar certo, onde o nosso ADN, potencial, propósito, realização e felicidade combinam e chegam ao seu expoente máximo.
Não andes de um lado para o outro de acordo com a tua vontade ou preferência. Vais enganar-te facilmente e prejudicares-te mesmo sem quereres, e vais ficar aquém do potencial onde Deus te quer levar. Aceita a direção de Deus; aceita a Sua ordem. Ela é dada para te abençoar e guiar ao melhor lugar!

quarta-feira, 30 de junho de 2021

DEPENDE de DEUS

No deserto, um lugar difícil e de escassez, o povo de Israel aprendeu uma lição importante: A não depender das circunstâncias, mas de Deus! A não confiar naquilo que o meio ambiente pode dar, mas a confiar em Deus e no que Ele tem preparado. Quando as circunstâncias não tinham nada para dar ao povo, aprendeu a depender daquilo que Deus pode dar.
Talvez essa seja uma razão porque Deus permite ou nos leva para um "deserto": Para dependermos d'Ele. Para confiarmos e reconhecermos que é d'Ele que vem o nosso sustento, a nossa força, a nossa capacidade, as nossas realizações.
Poderás estar a "atravessar um deserto" de alguma escassez; ou com alguma necessidade que o teu meio ambiente não consegue suprir. Essa é uma boa oportunidade para experimentares o Deus da provisão. Aquele que cuida de ti e providencia de forma direta e amorosa.
Pode não dar para depender das circunstâncias que te envolvem, ou das pessoas que conheces, mas podes (e deves) depender de Deus, porque Ele nunca falhou e não é agora que irã fazê-lo, muito menos contigo! Os céus abrem-se para ti. Há uma provisão e abundância que vêm para ti!

terça-feira, 29 de junho de 2021

ESTICA A TUA FÉ!

 Com Jairo, aprendemos que existem coisas que vêm à nossa vida, que nos são necessárias passar, para esticar a nossa fé. Ele pediu ao Senhor Jesus para curar a sua filha gravemente doente. O Senhor acedeu e foi com ele a sua casa.
Ao longo do caminho, uma enorme multidão O seguia e apertava de todos os lados. No meio de todos os apertões, o Senhor Jesus sentiu um toque diferente. Sentiu que alguém Lhe tocara, de forma a que saiu d'Ele o Seu poder curador para restaurar a saúde de quem Lhe tinha tocado.
Apesar de estar numa urgência. a filha de Jairo estava gravemente doente, resolve ficar a conversar com a mulher que foi curada. Enquanto Ele estava a falar com a mulher, chegaram algumas pessoas da casa de Jairo dizendo que a sua filha tinha morrido, e que já não valia a pena incomodar o Mestre. Mas o Senhor Jesus, não fazendo caso do que eles diziam, disse a Jairo: "Não temas, crê somente!" (Marcos 5:36)
Não está a ser fácil? O gigante na tua vida é grande? A montanha parece difícil de escalar? Não é tempo de buscares razões para os teus problemas. É tempo de veres com os olhos da fé. Veres o impossível ser possível. Veres o que não é como se já fosse. Amplia a tua fé e tal como Jairo irás ver o impossível e inimaginável!

segunda-feira, 21 de junho de 2021

TU TORNAS-TE QUALIFICADO

 

Deus mandou Jeremias à casa do oleiro, para ver como ele fazia os seus vasos (Jeremias 18:4). Quem tornou a fazer outro vaso? O oleiro. Porque é que ele começou de novo? Para fazer algo melhor, a partir do vaso inicial! Esta é a boa notícia: A vida pode ter-te estragado, mas tu ainda está nas mãos de Deus! A tua família e amigos podem até pensar que tu não tens arranjo, mas Deus não é dessa opinião, e aquilo que Ele pensa faz a diferença. A tua vida pode parecer-te fora de controlo hoje, mas tu ainda estás na roda do oleiro, “Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão”.

Um dia, um amigo de Miguel Ângelo viu-o a trabalhar num pedaço de mármore que ele tinha encontrado numa lixeira perto de Roma. Quando perguntou ao mestre escultor o que é que ele estava a fazer, a resposta foi: “Aqui dentro está um anjo, e eu vou fazê-lo vir à superfície.” Que maravilhoso! De uma lixeira para uma exposição. De um pedaço de mármore rejeitado a uma obra de arte valiosíssima!

É isso que o nosso Deus faz! Ana disse: “Levanta o pobre do pó... para o fazer assentar entre os príncipes” (1Samuel 2:8).

Quando Jesus chamou os Seus discípulos, Ele disse: “Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens” (Mateus 4:19). Tu não nasces qualificado, tu tornas-te qualificado. Como?

Passando tempo com Jesus. Por isso permanece onde o Senhor te colocou agora, e permite que Ele continue a trabalhar-te. Amanhã vai sentires-te feliz por o teres feito.

quarta-feira, 16 de junho de 2021

FÉ SEM INTIMIDADE...NÃO É FÉ!

 

          A primeira pergunta que surge quando lemos este versículo é: O que é que o Senhor Jesus estaria a dizer com isto? Pois quando olhamos para a “Igreja” atualmente, vimos que nenhuma outra geração tem falado tanto em fé como a atual!

          É sermões, cursos, conferências, livros sobre fé enchem as prateleiras das livrarias, etc.

Hoje à “pastores” da fé, mestres da fé, movimentos da fé e até igrejas da fé!

Muitos atualmente humanizam totalmente a fé. Eles a descrevem como se ela existisse só para ganho pessoal ou para atender as necessidades pessoais. Oram para que o Senhor os abençoe, os faça prosperar ou lhes dê algo.

Este não é o tipo de fé que Deus deseja de nós, porque as necessidades de um mundo perdido não são consideradas por Ele.

                    Quando lemos Hebreus 11, encontramos um denominador comum na vida das pessoas mencionadas neste capítulo. Cada uma tinha um uma característica pessoal que denota o tipo de fé que Deus deseja. E qual era esse elemento? A sua fé havia nascido de uma profunda intimidade com o Senhor. Eles desejavam mais o Senhor de que qualquer coisa na vida.

          Vejamos dois exemplos que homens que andaram perto de Deus:

          1. Abel. A Bíblia diz: “Pela fé Abel ofereceu a Deus maior sacrifício do que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho dos seus dons, e por ela, depois de morto, ainda fala.” Hebreus 11:4

       Temos aqui neste versículo algo muito significativo: Foi o próprio Deus que testificou das ofertas de Abel! A Bíblia diz que Abel trazia das primícias do seu rebanho e da gordura deste (Génesis 4:4). A gordura aqui é um tipo de oração ou comunhão aceitável a Deus. Ela representa o nosso ministério junto do Senhor no lugar secreto de oração. O sacrifício e a gordura eram consumidos no altar. Isso quer dizer que Abel aguardava na presença de Deus até que o sacrifício subisse aos céus.

          Abel é um tipo do servo em comunhão com o Senhor, oferecendo-Lhe o melhor que possuía. Este exemplo ainda permanece hoje “…mesmo depois, ainda fala.”

          Como é que Abel obteve tal fé? Ele deve ter ouvido as conversas entre os seus pais (Adão e Eva). Dos grandes momentos de comunhão com Deus. Podemos imaginar o que se passava na cabeça de Abel ao ouvir estas coisas.

          Mas ao refletir sobre isto, Abel deve ter tomado uma decisão no seu coração. Ele não iria querer ficar agarrado a uma mera tradição passada a ele por seus pais. Ele teria de ter a sua própria experiência com Deus! Ele não queria ficar a ouvir de experiências que os outros tinham tido com Deus. Ele queria ter a sua! Queria conhecer este Deus pessoalmente, ter um relacionamento com Ele, ter comunhão com Ele.

          Este é exatamente o tipo de “gordura” que devemos oferecer a Deus hoje. Como Abel devemos-Lhe dar o nosso melhor, lá no lugar secreto de oração. E devemos lá estar até que as nossas oferendas de adoração e comunhão íntimas sejam “consumidas” e cheguem até ao céu em “aroma agradável”! (Levítico 3:16).

 

          2. Enoque. Enoque também desfrutou de íntima comunhão com o Senhor. Na verdade, a sua comunhão com o Senhor era tão íntima, que Deus o levou para a Sua glória muito antes do que poderia ter sido o fim da sua vida terrena. “Pela fé Enoque foi trasladado para não ver a morte, e não foi achado, porque Deus o trasladara; visto como antes da sua trasladação alcançou testemunho de que agradara a Deus.” Hebreus 11:5

          As palavras iniciais deste versículo dizem claramente que Deus arrebatou Enoque por causa da sua fé. A no fim diz que a sua fé agradou a Deus.

          Hebreus deixa claro que Enoque estava tão ligado ao Pai, tão próximo d’Ele em comunhão, que Deus optou por levá-lo para Si. Foi como se Deus dissesse: “Não dá para progredir mais contigo dentro dos limites da carne. Para aumentar a minha intimidade contigo, tenho de te trazer para junto de mim.” Então Ele arrebatou Enoque a Sua glória (Génesis 5:24).

          Quanto mais nos aproximamos de Cisto, maior se torna o nosso desejo de viver inteiramente na Sua presença, e mais claramente nos começamos a aperceber que o Senhor Jesus é o nosso único fundamento real!

          Hebreus 11, fala de muitos outros cujo caminhar íntimo de fé agradou ao Senhor. Pela fé, estes servos forjaram grandes milagres, e fizeram coisas impressionantes. E ao examinarmos as suas vidas, vemos que eles tinham o mesmo denominador comum: Todos abandonaram este mundo e o que este oferecia, para terem intimidade com Deus.

          Será que o nosso coração anseia por andar mais próximo do Senhor? Será que há uma insatisfação crescente em nós com as coisas deste mundo? Ou o nosso coração está preso às coisas temporais?

FÉ ROBUSTA

 

A chave para o teu futuro glorioso está na tua fé. Uma coisa é dizer que acreditas, e outra é agir sobre o que acreditas.

O que tu fazes quando estás orando por alguma coisa e as coisas parecem inalteradas ou mesmo se deteriorando? Isso é quando tu descobres se tens desenvolvido a fé que se recusa a sair ou deixar de lado as promessas da Palavra de Deus. Para sobreviver aos problemas mais severos da vida a nossa fé deve ser robusta e resistente. A palavra robusta significa "forte; saudável; vigorosa. "

Hebreus 11, começa por definir o seu foco: "Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem. Porque por ela os antigos alcançaram bom testemunho ".

 Estes anciãos da fé, Noé, Abraão, Sara, Jacó, José, Moisés, Raabe, Samuel, David e muitos outros. O seu "bom testemunho" é o legado de fé que eles deixaram, a história de como eles confiaram em Deus no meio de provas esmagadoras e obstáculos. Eles não eram uma espécie superior, mas homens e mulheres normais com medos e falhas. Claramente, não era a sua força que causou as vitórias. Foi, na verdade, apesar das suas fraquezas que Deus permitiu-lhes fazer proezas incríveis: Conquistar reinos, superar leões, enfrentar espadas e vencer batalhas, etc., mesmo quando estavam em inferioridade numérica (Hebreus 11:33,34). Isso é definitivamente fé robusta!

A Bíblia frequentemente fala sobre a "luta" da fé. Romanos 8:37 nos chama "mais que vencedores" (“Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.”) Mas como podemos ser vencedores se não há nada para superar? Se a vida não tivesse obstáculos ou desafios, a fé não teria nenhum efeito. É fácil ter fé quando tudo está indo bem, mas a fé corajosa e robusta é forjada apenas através de testes (“…Ainda que agora importa, sendo necessário, que estejais por um pouco contristados com várias tentações, para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória na revelação de Jesus Cristo.” 1Pedro 1:6,7).

Para nos movermos em direcção ao futuro glorioso que Deus tem para nós, haverá momentos em que precisamos de ter fé robusta.  

Sendo, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual também temos entrada pela fé a esta graça, na qual estamos firmes; e nos gloriamos na esperança da glória de Deus. E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações, sabendo que a tribulação produz a experiência, e a paciência, a experiencia, e a experiência a esperança. E a esperança não traz confusão…” Romanos 5:1-5

terça-feira, 1 de junho de 2021

FELIZ DIA DA CRIANÇA!

 Alguém disse que "ser criança é acreditar que tudo é possível. É ser feliz com pouco. Ser criança é ter o dia mais feliz da vida, todos os dias. Ser criança é o que nunca deveríamos deixar de ser".
De facto, ser criança é algo fantástico, mágico, revigorante.
Crianças, vocês são especiais! Vocês não vieram ao mundo por acaso, por acidente. Vocês vieram à existência, porque são especiais demais para o mundo viver sem vocês. Vocês vieram porque Deus vos ama tanto que não concebia a existência do mundo sem vocês! Vocês vieram porque têm valor, têm dons e potencial que pode impactar quem vos rodeia. Porque têm uma missão, um propósito. Pais, avós, irmãos, primos, sobrinhos, tios, amigos, professores, façam passar esta mensagem às vossas crianças constante e incessantemente. Façam-nas sentir especiais, importantes, apreciadas, amadas. Isso vai ter um impacto gigante no seu futuro e na forma como impactarão outras. Adultos, entendam que vocês, como crianças que cresceram, são tudo isso também. Especiais, importantes. Com uma missão e propósito. Com talentos para abençoar e impactar outros. E não tenham medo de acordar a criança que há em vocês. Afinal o Reino de Deus pertence aos que são como crianças. Simples, disponíveis, felizes. Que acreditam. Amáveis, generosas, sensíveis. Que confiam, persistentes, honestas, verdadeiras, únicas! A todas as crianças: Feliz Dia da Criança!

quinta-feira, 27 de maio de 2021

PERDOAR

Todos sabemos que as crianças têm uma capacidade enorme de esquecer e perdoar. Elas não são rancorosas, nem de pé atrás. São simples, amáveis, sedentas de convívio, amorosas e rápidas a perdoar. A perdoar os amigos que as magoaram. A perdoar os irmãos que implicaram ou bateram. Elas simplesmente perdoam. E não esperam ou precisam de um pedido de desculpa. Mesmo que durante um tempinho fiquem a "lamber as suas feridas", num instante se reerguem felizes e voltam a falar e a brincar com quem outrora os magoou ou entristeceu.
Devíamos aprender com as crianças. Quantos de nós temos dificuldade em perdoar? Demoramos tempo? Ou usamos a tal célebre frase "perdoo, mas não esqueço". Quantos de nós ainda não perdoaram por estarem à espera de um pedido de desculpas que teima em não chegar?
A Bíblia diz: "Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também." Colossenses 3:13
Perdoa! Não depende do outro merecer ou não. Tu também foste e és perdoado por Deus constantemente, mesmo não merecendo. Não tem a ver com condições, tem a ver com o coração. Um coração simples, amável, perdoador. Alguém disse: "Perdoar é libertar um escravo e descobrir que, afinal, o escravo era eu." Perdoa e vive perdoado!

terça-feira, 18 de maio de 2021

ACREDITAR

Uma das coisas mais fantásticas nas crianças é a capacidade de acreditar. Literalmente, elas são seres crédulos. Com uma capacidade ilimitada de acreditar. Elas acreditam no pai natal, nos duendes, na Lapónia, nas fadas madrinhas, nas fadas dos dentes, nas fadas dos sonhos, nos contos de fadas, nas princesas, e um sem fim de outras coisas. Muitas têm uma fé em Deus de fazer inveja a muitos "crescidos". Porquê? Porque são puras, simples, e têm o seu coração disponível e recetivo.
    Já muitos de nós, com as deceções, desilusões e sofrimentos da vida, fomos protegendo o nosso coração, tijolo a tijolo, criando um muro. Uma barreira muitas vezes difícil de penetrar.
    Deus entende as tuas dores. Em Jesus Cristo, fez-se homem como nós. Sentiu o que nós sentimos. Compreende-nos. Sabe o que é ser traído, injuriado, caluniado. Sabe o que é ser rejeitado. Ele sabe! Ele viveu como nós. Esteve no nosso lugar. Ele sabe o que sentes e porque sentes. Ele entende-te. Andou com os "teus sapatos"!
    Ele quer que ressuscites em ti essa capacidade que outrora tiveste em criança, de crer inabalavelmente. Não de forma irracional e sem sentido. Não em tudo e nada. Mas n'Ele. Naquele que te criou e tem o teu destino e dos teus nas Suas mãos. Naquele que entende o que sentes. Que te compreende, e te ama sem medida, sem limite e sem fim! E está disposto a tudo por ti. "Crê somente!" (Marcos 5:36).

segunda-feira, 26 de abril de 2021

SE ÉS MARIDO

 "Vós maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a Igreja, e a Si mesmo se entregou por ela." Efésios 5:25
Muitos homens lutam cotra o medo da intimidade. As emoções masculinas têm-se tornado a versão do século XXI da caixa de Pandora. Não sabemos tudo o que contém, mas algo nos diz que é melhor não a abrir. Mas se escondermos o nosso verdadeiro "eu" das nossas esposas, elas apenas amarão tudo o que fazemos e não o que somos! Como marido, não tens de ser o melhor em tudo, apenas tens de ser um homem de Deus. Deus quer homens fortes que liderem, em vez de homens fracos que seguem. Nenhuma mulher quer estar submissa a um homem que não é submisso a Deus e não é guisado pelo Espírito Santo. Uma mulher sente-se segura com um homem que "exibe" o fruto do Espírito (amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança),e  alegremente irá dizer-lhe: "Ensina-me o caminho".
Os homens são mestres a dar coisas. Têm grandes problemas é quando lhes é pedido que se deem a si mesmos! Jesus Cristo, o Homem com mais amor que o mundo conheceu, deu-Se a Si mesmo abertamente e sem vergonha. O Seu amor é exemplificado na Sua vinda, mas consumado na Sua morte.
Marido, a verdade é que a tua mulher não precisa de mais coisas, ela apenas precisa que lhes dês completamente o teu amor. Ela precisa da tua força e do teu carinho. É isso que ela precisa de ti!

terça-feira, 20 de abril de 2021

O QUE VEEM OS TEUS FILHOS?

 Hoje, mais de metade das crianças com idades entre os nove e os dezassete anos têm internet ou televisão por cabo nos seus quartos. A "velha imagem" da família reunida à volta de apenas um aparelho de televisão na sala de estar já quase não existe! O que acontece é que as crianças estão sozinhas e podem escolher à vontade o que querem ver. De facto, já nem precisam de estar nos seus quartos porque agora podem aceder a tudo nos seus aparelhos portáteis, como por exemplo o telemóvel. 
Quase tudo o que as crianças hoje estão a ver está essencialmente a entrar nas suas mentes sem filtro. Acobardados pelas "leis de liberdade de expressão", os governos e os tribunais permitem que a internet venda sexo explícito, violência, nudez e profanação aos nossos filhos e netos. Devíamos estar preocupados!
Porque é que as ovelhas precisam de um pastor? Pela mesma razão que as crianças precisam de pais carinhosos e observadores. E a tua ignorância sobre tecnologia não é desculpa! O facto de não teres sido exposto a estes males quando crescias, não garante que os teus filhos e netos não sejam apanhados por eles. Muitos pais nem sequer passam algum tempo a perceber o que os filhos estão a ver! Não sejas um deles! Depois do seu caso desastroso com Batseba e do sofrimento que isso trouxe à sua família, Davi disse: "...Andarei em minha casa com um coração sincero. Não porei coisa má diante dos meus olhos; aborreço as ações daqueles que se desviam; nada se me pegará." Salmo 103:2,3 
Pais que andam os teus filhos a ver?

segunda-feira, 12 de abril de 2021

O RESULTADO É CONTIGO

Tu determinas o resultado dos acontecimentos na tua vida, porque Deus não deu a ninguém a não ser a cada um de nós o controlo das nossas opções. Quando as coisas não estão a funcionar, muitas vezes olhamos para o lado em busca da razão. Como Eva, dizemos: "...A serpente enganou-me e eu comi..." Génesis 2:13. Ou então dizemos como Adão: "...A mulher que me deste por companheira, ela deu-me da árvore e eu comi." Génesis 2:12. Mas o salmista diz: "Em Deus louvarei a Sua palavra; em Deus pus a minha confiança e não temerei; que me pode fazer a carne?" Salmo 56:4.
Por vezes acreditamos que as circunstâncias para além do nosso controlo são responsáveis; mas com Deus, todas as coisas, incluindo pessoas e circunstâncias, contribuem juntamente para o nosso bem (Romanos 8:28)., não para a nossa derrota! As tuas descrenças vitimizam-te e predispõem-te para um estilo de vida no qual tentas mudar as pessoas e as circunstâncias. Em vez de te transformares em alguém que resolve os problemas, passas o tempo a lançar culpas aos outros. Aceita a verdade de que não importa o que o diabo, ou os outros ou as circunstâncias façam, Deus dá-te o direito à última palavra na tua vida (1João 1:44) O resultado final não é determinado por o que se passa à tua volta, mas pelo que se passa dentro de ti ("Porque, como imaginou na sua alma, assim é..." Provérbios 23:7).
Acredita na capacidade de Deus para te fazer passar triunfalmente pelas tuas dificuldades!

quarta-feira, 24 de março de 2021

ALEGRIA

Uma das características mais dominante nas crianças, é a alegria. Por mais que por vezes vejamos alguma triste ou mais chorosa, rapidamente a vemos a correr, sorrir e brincar. Tendem a rir por dois motivos: Exatamente tudo...e rigorosamente nada! Saboreiam os momentos, com a leveza que as caracteriza. E deixam-se ir. Embaladas por sorrisos, risos e gargalhadas, lá andam no mundo delas. Sempre com um teimoso brilho no olhar. Uma luminosidade no rosto... Porquê? Porque não vivem angustiadas ou presas ao passado. Estão ainda a escrever a sua história. Sem medos, sem receios. Com leveza e ingenuidade. E com uma enorme vontade de desfrutar etapa a etapa.
A Bíblia diz: "Regozijais-vos sempre no Senhor; outra vez vos digo, regozijai-vos." Filipenses 4:4.
Vivermos alegres não é uma utopia. Nem tão pouco algo reservado unicamente para as crianças. Deus quer que vivamos alegres. Não de vez em quando. Não só quando as circunstâncias são favoráveis. Mas sempre! Não obstante...Apesar de...Mesmo que...
Deus quer que tenhamos a capacidade de sorrir, no meio do nosso pranto; do nosso medo. Sorrir. Porque a nossa alegria não deve depender das circunstâncias, mas sim depender de quem é Deus. E se é verdade que as nossas circunstâncias podem ser muito voláteis e inconstantes, Deus é constante e não muda! Podemos seguramente nos alegrar n'Ele. Alegra-te!

domingo, 21 de março de 2021

SEGURANÇA OU INSEGURANÇA - EIS A QUESTÃO!

O Senhor Jesus era muito consciente de quem era: O Filho de Deus! Isso deu-Lhe segurança para servir da forma como o fez: Lavar os pés dos outros. Essa era uma tarefa dos escravos ou dos mais desprezíveis. Ele não lavou os pés aos discípulos a pensar que não tinha valor. Não se curvou com a ideia de que não tinha dignidade para fazer algo maior. Só foi possível lavar os pés aos discípulos porque reconhecia o Seu valor. Só quem se sente com valor consegue valorizar os outros. Caso contrário, procurará compulsivamente ser valorizado pelos outros. Porque é que os homens, contrariamente a este ato do Senhor Jesus, querem ser servidos em vez de servir? Porque sentem-se desvalorizados. Como tal, procuram valorizar-se pela forma como exibem poder, demonstram riqueza e oprimem outros.
Pessoas inseguras agarram-se a títulos; pessoas seguras agarram-se em toalhas. O ato de servir não é para os fracos e oprimidos, é para os fortes e vencedores.
Vais querer ter a insegurança de querer mandar noutros, ou a segurança de lavar os pés dos outros?

segunda-feira, 15 de março de 2021

DEUS TEM O TEU FUTURO PREPARADO

Rute era uma moabita que tinha ficado viúva, e decidiu viajar com a sua sogra, Noemi, da terra de Moabe para Judá, o povo da sua sogra. Passou por grandes dificuldades financeiras, mas tudo fez para cuidar da sua sogra. Esta instruiu-a a ir atrás de Boaz porque era um parente da sua família e de acordo com a lei dos judeus, poderia redimi-las para tirá-las da pobreza e cuidar delas. Quando Rute se encontrou com Boaz pediu-lhe para ser seu remidor, e ele respondeu: "Agora pois, minha filha, não temas, tudo quanto dissestes te farei..." Rute 3:11. Não só a redimiu, como tomou-a por mulher. E Deus fez dela a mãe do avô daquele que seria o rei Davi e entraram na árvore genealógica de Jesus Cristo, Homem!
O teu passado pode ter sido marcado por sofrimento. Poderás estar a atravessar dificuldades acentuadas, mas Deus diz: "Não temas!" Tens pedido por ajuda (por um remidor). Deus é o teu remidor e, em Jesus Cristo, Ele restaurará a tua vida, a tua condição e fará muito mais além daquilo que pensas ou pedes (Efésios 3:20). Deus tem preparado o teu futuro e algo maravilhoso Ele fará: "Porque Eu bem sei os pensamentos que penso de vós, diz o Senhor; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que esperais." Jeremias 29:11.

domingo, 14 de março de 2021

OS TEUS ERROS NÃO SÃO O FIM QUANDO PÕES DEUS NO PRINCÍPIO!

O povo de Israel afastou-se de Deus, e adorou os "deuses" das nações ao redor. Desobedeceram àquilo que Deus lhes disse. E foram derrotados e espoliados pelos inimigos. Estavam em grande aflição. Mas Deus levantou um líder para os ajudar: Samuel. E as suas palavras foram: "Não temais! Vós tendes cometido todo este mal, porém não vos desvieis de seguir ao Senhor, mas servi ao Senhor com todo o vosso coração." 1Samuel 12:20. Tinham falhado, mas Deus não os queria destruir. Queria restaurá-los à condição de adoradores e vencedores.
Disse-lhes ainda: "Pois o Senhor não desamparará o Seu povo por causa do Seu grande nome; porque aprouve ao Senhor fazer-vos o Seu povo." 1Samuel 12:22.
Podes ter falhado e estar a sofrer por isso. Podes sentir medo de voltar-te para Deus, ou de tentar outra vez. Mas Deus diz: "Não temas!"
Deus não te rejeita por causa dos teus erros. Ele enviou o Seu Filho Jesus Cristo para perdoar e salvar, não para condenar! Aceita o Seu perdão; vem para junto de Deus. Não temas! Ele prometeu que não te abandonaria. Os teus erros não são o fim quando pões Deus no princípio. Ele vai restaurar-te para seres um adorador e vencedor!

quinta-feira, 11 de março de 2021

FICA COM DEUS E ESTARÁS SEGURO

Eram tempos de perseguição e grande perigo. O rei Saul ficou louco na sua luta pela afirmação do trono e perseguia Davi e todos os que o apoiavam, ou amavam. Nessa fúria cega, Saul matou injustamente o sacerdote Aimeleque. O seu filho Abiatar, conseguir fugir e fugiu para Davi. Este deu-lhe proteção e disse-lhe: "Não temas! Fica comigo. Os teus inimigos são meus inimigos." 1Samuel 22:23.
Poderás estar a viver com algum tipo de perigo. Situações ameaçadoras podem cercar-te. Mas há um abrigo seguro, ondes podes estar protegido e em paz: Deus! O Deus Todo-Poderoso! "Torre forte é o nome do Senhor; para ela correrá o justo e estará em alto retiro." Provérbios 18:10. Estas são as palavras do Senhor Jesus Cristo: "Vinde a Mim todos os que estais cansados e oprimidos e Eu vos aliviarei." Mateus 11:28. A tua segurança não é posta em causa por causa da intensidade das adversidades, mas pelo distanciamento do teu abrigo. Fica junto a Deus e não importa qual o tipo de ameaças e adversidades, porque estarás seguro! Poderás dizer como o salmista: "Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Omnipotente descansará." Salmo 91:1.

sexta-feira, 5 de março de 2021

AQUELE QUE GOVERNA LEMBRA-SE DE TI

A história de Mefibosete é uma linda história de redenção. Neto do rei Saul, tudo indicava que reinaria no trono. Mas tragédias aconteceram na sua vida. O seu avô e o seu pai foram mortos em batalha. E, quando nasceu, numa fuga apressada, deixaram-no cair, o que o levou a ficar aleijado dos pés.
Foi para uma terra chamada Lo-Debar, que significa "sem pasto", onde cresceu escondido, com medo e com dificuldades financeiras e físicas.
Quando Davi assumiu o trono como rei, procurou saber se havia alguém vivo da família de Jónatas, para honrar e cuidar. Falaram-lhe de Mefibosete. Mandou chamá-lo de Lo-Debar e disse-lhe: "...Não temas, porque decerto usarei contigo de beneficência por amor de Jónatas, teu pai, e te restituirei todas as terras de Saul, teu pai, e tu de contínuo comerás pão à minha mesa." 2Samuel 9:7.
Poderás ter passado por situações trágicas no passado, que deixaram marcas na tua vida e afetaram o teu andar. E deixaram-te numa "terra sem pasto", sem grandes condições. Mas há um rei que te chama e que quer usar de bondade para contigo. Talvez pessoas ou circunstâncias trataram-te com maldade, mas Deus tem bondade suficiente para suplantar e superar toda e qualquer maldade. Ele irá restituir tudo o que perdeste de várias formas. E mais: Quer que te sentes sempre à Sua mesa, tenhas livre acesso à Sua presença, comunhão e recursos. Não temas! Aquele que governa lembra-se de ti e estende a Sua bondade sobre ti!

sábado, 27 de fevereiro de 2021

VAI HAVER SUFICIÊNCIA, NÃO TEMAS!

Havia uma grande seca na Terra. Por isso muita escassez e fome. O profeta Elias foi enviado por Deus para ser sustentado por uma viúva em Sarepta (1Reis 17). Quando lá chegou, a viúva preparava-se para tomar a última refeição e esperar a morte e a morte do seu filho.
Então Elias disse algo que parecia absurdo: "...faz disso para mim, um bolo pequeno e traze-mo para fora; depois farás para ti e para o teu filho." O Profeta não quis aproveitar-se dela, quis trazer, sim, os princípios para a provisão Divina: 1. O que fizeres não o faças por desespero, mas com fé; 2. Põe Deus em primeiro; 3. Não fiques à espera de receber, toma a iniciativa de dar.
Qual foi o resultado? "...comeu ela, e ele, e a sua casa muitos dias. Da panela da farinha se não acabou, e da botija o azeite não faltou, conforme a palavra do Senhor, que falara pelo ministério de Elias."
Poderás estar a viver tempos de dificuldade, de seca, de escassez; ou dívidas por liquidar. Não entres em pânico. Segue os princípios para a provisão Divina. Não faças nada por desespero, mas tem fé em Deus; põe Deus em primeiro lugar e toma a iniciativa de dar. Parece loucura, dadas as circunstâncias atuais em que vivemos. Também parecia, na história da viúva, mas trouxe provisão sobrenatural para muitos dias. Não temas!

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

OS NOSSOS DIAS ESTÃO NAS MÃOS de DEUS

Nada apanha Deus de surpresa! Nada! Nem o caos, nem a crise, nem catástrofes, nem doenças. Rigorosamente nada! Deus é o Único capaz de conhecer o passado, presente e futuro. Ele domina toda a dimensão temporal. Todos os espaços. Então, não devíamos andar ansiosos com os nossos dias. Eles servem um propósito. O propósito para o qual fomos chamados à existência. E dependem d'Aquele que nos criou. Que nos amou de tal maneira que deu o melhor de Si, o Seu Filho Jesus Cristo! Por amor. A nós. Sem limites. Sem condições. Aquele que nos diz: "Porque Eu bem sei os pensamentos que penso de vós, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais." Jeremias 29:11. Então tenhamos esperança! Pois os nossos  dias não dependem da bonança. De tudo nos ser favorável. Nem tão pouco dependem de catástrofes, fatalidades ou imprevistos. De todo! Estão nas mãos de Deus. Debaixo do Seu cuidado. Servem um propósito maior que nós mesmos. Uma missão. E enquanto não chegar a nossa hora, hora de nos juntarmos ao nosso Criador, num lugar perfeito, sem dor ou corrupção, não importa o bom ou mau que venha. Não afetará o número dos nossos dias.
Então, descansemos! Está tudo sobre o Seu controlo. Por amor, para nosso bem. Está tudo certo!

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

NÃO TE DESVIES

 A Bíblia diz: "Portanto convém-nos atentar com mais diligência para as coisas que já temos ouvido, para que em tempo algum nos desviemos delas. Como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação..." Hebreus 2:1,3. Repara nas palavras "desviemos" e "atentarmos". Estas palavras deveriam fazer soar os alarmes! O declínio de Sansão, por exemplo, foi tão gradual que ele nem percebeu o que estava a acontecer. Tão simples como carregar num botão, ele tinha-se habituado a depender do poder de Deus, a vencer todos os inimigos e ultrapassar todos os obstáculos. Mas o pecado e o comodismo foram a sua ruína (Juízes 16:20,21).
Quando negligenciamos Deus, começamos a "desviarmo-nos". As nossas orações não são tão eficazes. Começamos a deixar de ser uma influência divina para os que nos rodeiam. Voltamos aos nossos antigos padrões. Recusamo-nos a perdoar aqueles que nos ofendem. Não resolvemos as coisas com aqueles que magoamos. Começamos a fazer o que é conveniente e confortável em vez de fazermos o que está certo. Guardamos atitudes de medo e ressentimento. Alimentamos a nossa velha natureza e negligenciamos a nova.
Tudo isto são sinais de que precisamos de um "check-up espiritual". Vamos pedir hoje a Deus que destaque as atitudes, atividades e relacionamentos com os quais precisamos de lidar, e comecemos a erradicá-los da nossa vida! 
A boa notícia é que quando obedecemos à Palavra de Deus e à orientação do Espírito Santo, reconquistamos a nossa vitalidade espiritual e Deus pode-nos usar mais eficazmente!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

É CONNOSCO!

     A Bíblia diz o seguinte: "Porque o Filho do homem virá na glória de Seu Pai, com os Seus anjos; e então    dará a cada um segundo as suas obras." Mateus 16:27
Sejamos claros: A forma como vivemos agora determinará o que nos acontecerá na eternidade. As escolhas que fazemos a cada dia não desaparecem quando partirmos. Elas importam e continuarão a importar pela eternidade. O nosso destino eterno é determinado por aquilo em que acreditamos e seguimos, mas a nossa recompensa eterna é o resultado de como nos comportamos aqui. Se acreditarmos e vivermos de acordo com isso, iremos mudar a nossa maneira de pensar na vida e em Deus.
Deus quer que saibamos que as consequências positivas das nossas ações hoje, podem mudar as nossas perspetivas eternas de forma surpreendente e maravilhosa, e Ele não quer que percamos mais um minuto. Não temos de nos preocupar com o que nos espera do outro lado, quando o nosso coração bater pela última vez. Não são os outros que decidem, somos nós!
Já não podemos fazer nada quanto ao nosso passado, mas, se quisermos começar agora mesmo, podemos mudar o nosso futuro. Uma escolha, um dia, uma ação de cada vez! A escolha é nossa!

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

JESUS AMA-TE INCONDICIONALMENTE

A Palavra de Deus diz: "Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto." (Salmo 32:1). Por mais que trabalhássemos nunca poderíamos pagar a dívida do nosso pecado. E agradece a Deus o facto de não o termos de fazer, porque "Deus amou o Deus de tal maneira de que o Se Filho Unigénito, para que todo aquele que n'Ele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3:16). Há alguns anos uma congregação decidiu honrar um dos seus pastores reformados. Ele tinha 92 anos e os anciãos da igreja pediram que ele dirigisse algumas palavras à igreja. Ele ergueu-se da sua cadeira e caminhou com grande dignidade e esforço até ao estrado. Apoiando-se no púlpito, sem nenhum tipo de notas, começou a falar: "Quando o vosso Pastor me pediu para vir até aqui, pediu-me para falar sobre a maior lição que aprendi em mais de cinquenta anos a pregar. Pensei nisso durante alguns dias, e tudo se reduziu àquilo que fez a maior diferença na minha vida e me sustentou em todas as minhas provações. A única coisa na qual me posso apoiar quando as lágrimas, os desgostos, a dor, o medo e a mágoa me paralisam é que Jesus me ama! Sim, Jesus ama-me! Disto eu tenho a certeza, porque assim a Bíblia assim o diz. Os pequeninos a Ele pertencem. Eles são fracos, mas Ele é forte. Sim, Jesus ama-me! Sim, Jesus ama-me! Sim, Jesus ama-me! A Bíblia assim o diz!"
    Poderia ouvir-se um alfinete a cair no chão quando o Pastor voltou para o seu lugar. Foi algo que a congregação nunca esqueceu. É algo que tu também nunca deves esquecer. Jesus ama-te incondicionalmente. É assim hoje, amanhã e para sempre! 

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

CONCENTRA-TE NAS OPORTUNIDADES E NÃO NOS TEUS DIREITOS

As pessoas e as circunstâncias não determinam a tua atitude, tu sim! Para venceres na vida tens de aprender a concentrares-te nas tuas oportunidades, e não nos teus direitos. A partir de uma cela da prisão Paulo escreveu: "Quanto ao mais irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude e se há algum louvor, nisso pensai." (Filipenses 4:8). Claramente, as circunstâncias podiam prender Paulo, mas não podiam deitá-lo abaixo!
    Uma das grandes razões para o descontentamento é a nossa luta constante pelos nossos direitos. Já foste prejudicado? Já sentiste que não recebeste um tratamento justo? Isso porque vives num mundo imperfeito. E enquanto viveres, nunca sentirás que tudo o que fazes é recompensado justamente. Então, és confrontado com uma decisão: Vais gastar o teu tempo e a tua energia naquilo que deve ser, ou ultrapassar isso e concentrares-te no que pode ser? Mesmo quando a verdade e a justiça estão do teu lado, podes nunca ser capaz de corrigir todos os teus erros. Mas Deus pode! Então deixa tudo nas mãos d'Ele. Estares constantemente a lutar pelos teus direitos apenas faz com que te sintas irado e cheio de ressentimento, porque essas emoções destrutivas minam a tua energia, e fazem-te ser negativo.
    Não podes progredir quando estás a olhar para o lado errado! Só quando te focares na direção certa te irás dirigir para a direção certa. Isto não significa que não sentirás a dor; apenas significa que escolhes perdoar, e apontares diretamente para o que podes controlar: As tuas atitudes e as tuas oportunidades!

terça-feira, 12 de janeiro de 2021

BUSQA DEUS, NÃO COISAS!

 O Senhor "...não recusa nenhum bem aos que vivem com integridade." (Salmo 84:11). Mas é importante reconhecê-Lo como a fonte de todas as nossas bençãos. E neste ponto, todos ficamos um pouco aquém! Vamos admitir que, mais não é necessariamente melhor. De facto, a nossa dependência de Deus diminui à medida que a nossa dependência das coisas aumenta. É por isso que a Lei desencorajava a construção de um império. No Velho Testamento, os empréstimos aos pobres deviam ser livre de impostos (Êxodo 22:25); as dívidas deveriam ser canceladas a cada sete anos (Deuteronómio 15:1,2): os escravos deveriam ser libertados e deveriam receber os meios necessários para recomeçar as suas vidas (Deuteronómio 15:12-14); as terras vendidas deveriam ser resgatadas pela família (Levítico 22:25); e a propriedade que fora vendida, ou perdida e não resgatada, deveria regressar ao seu dono inicial (Levítico 25:14-17). Porquê? Porque Deus queria que o Seu povo dependesse d'Ele, e não das posses. Ele advertiu-os (Deuteronómio 8:13-18).
Os princípios de Deus não mudaram. A Bíblia não diz que Deus recompensa aqueles que diligentemente "procuram coisas". Não! Mas diz que "...recompensa aqueles que O buscam" (Hebreus 11:6).

domingo, 3 de janeiro de 2021

SENTE PAIXÃO

 Uma mãe águia sabe que se ficar à espera que o seu filhote saia do ninho e voe por iniciativa própria, isso nunca acontecerá. Então ela empurra-o! É radical, mas ele aprende a voar e a cumprir o seu destino. John Maxwell diz: "Para sermos bem-sucedidos na vida temos de ficar dentro da nossa zona de força, e continuamente sair da nossa zona de conforto." Já alcançaste alguma coisa significativa enquanto estiveste dentro da tua zona de conforto? A resposta é "não", não é? Porque não gostamos de sair da nossa zona de conforto. Resistimos. Gostamos de nos sentir salvos e seguros. Não queremos parecer tolos ou dar de cara no chão. E à medida que vamos ficando mais velhos, naturalmente tornamo-nos mais complacentes. Isto é um problema porque a complacência mata a paixão. Reduz-nos à média. Corta-nos as asas e impede-nos de subir, independentemente do quanto o queremos fazer. É preciso iniciativa para ser bem sucedido seja no que for na vida. É preciso assumir riscos. O dramaturgo George Bernard Shaw disse: "Estou farto de pessoas razoáveis; elas veem todas as razões para não fazerem nada."
A paixão impulsiona-nos a deixar a nossa zona de conforto e a atravessar o limiar da nossa dúvida. Empurra-nos para fora da porta para podermos continuar com a viagem da vida que Deus concebeu para nós. Diz-se que quando se encontra a porta da oportunidade não é suposto bater, é suposto empurrar! Então dá um passo de fé, toma a iniciativa, e acredita que Deus está contigo! (Deuteronómio 31:6).