sábado, 26 de dezembro de 2015


CLICA EM CIMA

UM CORAÇÃO QUEBRANTADO (4)

Por vezes Deus permite-nos bater no fundo para que possamos descobrir que Ele é a rocha que está no fundo. Gedeão preparava-se para enfrentar um exército de 135000 homens com apenas 32000. Mas desses 32000, 22000 deixaram o campo de batalha mesmo antes dela começar e foram para casa. Faz as contas! Gedeão devia pensar: "Não há nenhuma hipóteses de conseguirmos ganhar!" Mas depois Deus explica: "Muito é povo que está contigo, para eu dar os midianitas em tua mão, a fim de que Israel se glorie contra mim, dizendo: A minha mão me livrou." (Juízes 7:2). 
Cá está outra vez a velha batalha do ego que todos travamos diariamente. É por isso que a oração que o Senhor Jesus ensinou termina com: "...porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém!" (Mateus 6:13). De onde vem o "nosso" poder? De Deus! Para quem deve ir a glória das nossas vitórias? Para Deus! Quanto tempo dura este acordo? Para sempre!
Deus teve de quebrar a auto-suficiência de Jacó para que o "Israel" dentro dele pudesse sair. Por vezes, Deus tem de te deitar abaixo antes de te puder levantar. Moisés foi chamado de "homem mais manso sobre a Terra. Mas foram precisos quarenta anos a viver como pastor no deserto para Deus o livrar do seu orgulho e para ele se submeter a Deus. Só depois ele estava pronto para se levantar perante o faraó e fazer os milagres que demonstravam o poder de Deus.
Estarmos quebrantados não significa que sejamos fracos, ou que tenhamos um complexo de inferioridade ou que sejamos um caso de baixa ato-estima. Não! Termos um coração quebrantado significa: "Senhor, se este trabalho vai ser feito, e bem feito, tens de o fazer através de mim. Porque a  minha confiança é em Ti!"

sábado, 19 de dezembro de 2015

UM CORAÇÃO QUEBRANTADO (3)

Paulo escreve: "E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda do nosso Senhor Jesus Cristo" (1Tessalonicenses 5:23). A palavra "santifique" significa "estar separado" a fim de ser usado exclusivamente para os propósitos de Deus. Paulo descreve-o como "o prémio da soberana vocação de Deus" (Filipenses 3:14). E acontece de dentro para fora! Repara, o nosso corpo vem em último quando se fala em transformação, por uma simples razão. O problema de um ladrão não está nas suas mãos, está na sua mente ou no seu espírito, que lhe diz que não há nenhum problema em roubar.
A sua mente diz às suas mãos o que fazer. Então, se o seu espírito se transformar, as suas mãos seguir-lo-ão. De outra forma, pode-se algemá-lo, colocá-lo dentro da prisão, mas ele continuará a ser um ladrão por dentro. Muitos de nós queremos conseguir a vitória sobre os nossos pecados sem realmente sermos transformados por dentro. Mas Deus começa pelo nosso espírito, depois as nossas emoções e o nosso corpo começa a ceder.
Se tu és pai sabes como os teus filhos respondem de forma diferente à disciplina. Um deles é capaz de se desmanchar em lágrimas, enquanto o outro permanece indiferente. Deus fará o que quer que seja, durante o tempo que for preciso, para nos livrar da nossa auto-suficiência para que a vida de Jesus possa ser transformada através de nós. E somos nós que determinamos o tempo que o processo demora, com a nossa submissão ou com a nossa resistência! (continua...)

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015


CLICA EM CIMA

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

UM CORAÇÃO QUEBRANTADO (2)

Um mundo que apenas celebra o sucesso não vê valor nenhum em coisas quebradas. Mas Deus vê beleza no que está quebrado. Para que uma planta se erga do solo é preciso que a raiz se quebre. Para que o pintainho experimente a vida é preciso que o ovo se quebre. Até um cavalo puro-sangue tem de ser quebrado; tem de aprender a responder ao puxar das rédeas e à voz do dono. Estás a perceber onde quero chegar?
Depois de um encontro com Cristo na estrada para Damasco, Paulo reavaliou toda a actividade religiosa da qual em tempos se gabara e chamou-lhe "esterco" (Filipenses 3:8). E ninguém se gaba do esterco, pelo contrário, sente repulso.
O coração quebrantado é o trabalho de Deus, através do qual Ele nos despe da nossa auto-suficiência para que o carácter de Cristo possa brilhar através de nós. Mas não compreendas mal; estar destroçado não significa necessariamente passar por uma tragédia. Muitas pessoas sofrem uma tragédia sem sequer se aproximarem de Deus ou terem consciência d'Ele. De facto, o mesmo sol que derrete a manteiga endurece o barro. A questão do coração quebrantado não tem tanto a ver com as circunstâncias, mas com a nossa resposta a essas circunstâncias. O que está Deus a tentar ensinar-nos? Estamos verdadeiramente destroçados quando Ele nos despe da nossa auto-suficiência ao ponto de não nos restar forças para nos recuperarmos? Quando Deus bloqueia todas as nossas saídas e compreendemos que apenas Ele é a nossa resposta, fazemos uma descoberta que nos muda a vida. "E qual é essa resposta?", poderás perguntar. Quando Deus é tudo o que temos, Deus é tudo o que precisamos!
Moral da história: O poder de Deus é reservado para aqueles que desistiram de tentar fazer tudo sozinhos ou de tentar alcançar as coisas apenas para os seus próprios fins! (continua...)

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

BUSCANDO DEUS, NÃO COISAS!

Por vezes, a porta apenas se abrirá quando compreenderes a razão pela qual ela se fechou. Pensa na história de Ana. Ela queria um filho, mas Deus queria um profeta. Quando ela orou: "Se à tua serva deres um filho, ao Senhor o darei, por todos os dias da sua vida", Deus não só lhe deu Samuel, mas mais seis filhos (1Samuel 2:5).
Quando orares por uma colheita, Deus pedir-te-à que semeeis uma semente. Essa semente poderá ser algo que tu amas e ao qual te queres agarrar, mas não o faças, entrega-a antes a Deus. Ana descobriu que não poderia ficar satisfeita com menos do que que a vontade de Deus. Elcana tinha duas mulheres, mas amava mais Ana e dava-lhe uma parte excelente das suas posses (1Samuel 1:5). Mas, se não estiveres a fazer aquilo para que Deus te chamou, o amor das pessoas e as coisas materiais não te satisfarão.
As pessoas que são "ordenadas" não são apenas aquelas que estão em cima dos púlpitos! Ana foi "ordenada" para ser mãe. Tu podes ser "ordenado" para seres um administrativo, um professor ou uma outra qualquer profissão. Encontra aquilo para o que Deus te chamou, e faze-o! Finalmente o desespero de Ana levou-a ao seu destino: "O Senhor lhe tinha cerrado a madre" (1Samuel 1:5). Porquê? Para chamar a sua atenção, para a fazer chegar mais perto d'Ele. Os tempos difíceis levam-nos a reexaminar as nossas vidas e a procurar Deus como nunca o fizemos antes. Deixamos de dizer "Senhor isto é o que eu quero" para passarmos a dizer "Senhor, o que queres?" Depois, Ele abençoa-nos porque Ele é "galardoador dos que O buscam" (Hebreus 11:6).

CLICA EM CIMA

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

UMA ORAÇÃO POR ENTENDIMENTO

Estás numa situação com a qual não sabes lidar? As pessoas estão a dar-te conselhos e opiniões controversas? Tens medo de tomar as decisões erradas? Se isto acontece, então estás no lugar onde Deus pode falar contigo. Podes orar assim, hoje: "Senhor, a Tua Palavra diz que és o único Deus sábio e eu preciso desesperadamente de Ti neste momento. Estou numa situação que a sabedoria humana não sabe explicar e que a capacidade humana não consegue resolver. Só há uma saída e essa saída é através de Ti! Envia o Espírito de sabedoria e mostra-me o caminho a seguir. Envia o Espírito de revelação para me ajudar a compreender o que não consigo descobrir, pois ninguém, para além de Ti, me pode ajudar a ultrapassar isto. Ajuda-me a fielmente obedecer a tudo o que me pedires para fazer, e a recordar-me que a sabedoria deste mundo é loucura para Ti. Ajuda-me a saber fazer a diferença entre o conselho humano e o conselho de Deus, e a escolher o Teu caminho. Eu entrego-Te esta situação e comprometo-me a seguir-Te, sabendo que prometeste dirigir os meus passos. Ajuda-me a trilhar este caminho com confiança em Ti, com a coragem que provém de saber que sou Teu. Ajuda-me a ficar firme nas minhas convicções, e a continuar a amar aqueles que não me compreendem. Mantém-me longe da ira e perto do Teu coração. E apesar de ser uma subida íngreme, segura a minha mão, ilumina o meu caminho e ajuda-me a seguir em frente, pois no final, eu sei que todas as coisas se resolverão para o meu bem e para a Tua glória. No nome de Jesus, Ámen!"

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015


CLICA EM CIMA

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

ELIAS (2)

Todas as histórias de sucesso começam com alguém a dar um pequeno passo ou a semear uma pequena semente, o que normalmente representa tudo o que têm naquele momento. Dito de forma simples: Todas as coisas grandes começam com algo pequeno. Se não tens vontade de começar com pouco, não podes sequer começar! O servo que continuamente dizia a Elias que não via nada, finalmente viu algo. Era apenas uma pequena nuvem (1Reis 18:44), mas tinha com ela um grande potencial. Deus gosta muito de usar coisas que pensamos ser insignificantes. Ele usou a merenda de um rapaz para alimentar uma multidão; uma fisga para derrubar um gigante; uma mão cheia de barro para restaurar a vista de um cego. Ele pode usar um pequeno trabalho, um pouco de dinheiro, ou uma pequena ideia para te abençoar. As "pequenas nuvens" são indicadores do que está para vir. Elas são condutas que Deus escolheu usar. Quando Deus te promete algo, Ele não precisa de nada grande para o fazer acontecer. Muitas vezes a mudança que tem um grande impacto em muitas pessoas, começa com uma pessoa apenas. Seja uma Ester, ou um Paulo, ou um Billy Graham, Deus apenas precisa que essa pessoa acredite n'Ele e na Sua Palavra. Para Deus, os teus problemas são apenas uma oportunidade para Ele te dar vitória e tu puderes agradecer a Ele por essa, ou essas, vitórias!

CLICA EM CIMA

sábado, 21 de novembro de 2015

ELIAS

Estás a passar por um período de seca espiritual? Estás demasiado ocupado a encorajar os outros enquanto a tua vida parece desmoronar-se? Não és o único! Aconteceu a Elias, o profeta que invocou fogo do céu no Monte Carmelo e derrotou 850 falsos profetas numa vitória espectacular. Subitamente, deu por si a passar uma verdadeira escassez, sem recursos humanos e sem conseguir vislumbrar uma escapatória para aquela situação. Então o que é que ele fez? "...Elias subiu ao cume do Carmelo, e se inclinou por terra, e meteu o seu rosto entre os seus joelhos." (1Reis 18:42). E fez bem! Elias decidiu não se prender ao que o rodeava, antes procurou a ajuda de Deus, e continuou a orar até ter uma resposta. Quando a resposta chegou, chegou como um ruído de "chuva abundante". Repara, o que Elias ouvia no seu espírito era completamente diferente do que ele conseguia ver ou ouvir à sua volta. O seu espírito pressentiu a chuva antes que uma gota sequer caísse. Há uma lição importante aqui. Quando Deus falar contigo, Ele falará com o teu espírito, não com a tua carne. O que Ele disser será mais real do que qualquer coisa que esteja a acontecer ou do que qualquer circunstância. Mas está de sobreaviso, o que ouvires no teu espírito pode ir contra aquilo que ouviste no teu intelecto, ou contra o que tens no banco, ou contra o que está a acontecer no teu trabalho, na tua casa. Elias teve de pôr de parte todos os relatórios que diziam "não há chuva", e que não paravam de chegar! Também tu terás de fazer o mesmo.
Quando sabes que Deus te prometeu algo, tens de te desligar de toda a negatividade à tua volta, firmares-te na Sua Palavra e continuar a acreditar! (continua...)

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

DE QUEM DEPENDES?

Se desejas fazer a vontade de Deus, mas não te apoias no Seu poder, falharás apesar das tuas capacidades, das tuas ligações ou dos teus recursos. Tens de desenvolver um sentimento de dependência de Deus. Mas tu podes ficar na margem e esperar que Ele faça tudo por ti. Tu foste chamado para dar um passo de fé, obedecer às Suas instruções e depois confiar n'Ele para conseguires alcançar os resultados certos. A suficiência de Deus deverá ser o teu objectivo e não a auto-suficiência! Isto pede a que tu ores: "Senhor, sinto-me tentado a fazer as coisas com a minha própria força, mas não gosto dos resultados. Ensina-me a lutar pela excelência, não pela omnipotência, a maximizar os meus talentos e a minimizar o meu ego. Lembra-me que nunca me darás um trabalho que não requeira obediência, compromisso e a Tua graça fortalecedora." O salmista dizia: "O meu socorro vem do Senhor" (Salmo 121:2). Pensa: Se Ele é o Senhor de todas as situações e prometeu ajudar-te, então a tua vitória está assegurada. É quando pensas que consegues sem Ele, ou com uma participação limitada da Sua parte, que arranjas problemas. O Senhor Jesus sabia que não podia fazer nada sem o Pai (João 5:19), então nem sequer se preocupou em tentar. Nós, por outro lado, citamos o versículo "...sem Mim nada podeis fazer" (João 5:19) e depois agimos como se tudo dependesse de nós. E depois tudo se desmorona! Então aprendamos a para regularmente e a perguntar a nós mesmos: "De quem estou eu a depender?" E depois responde: "De Ti Senhor!"

terça-feira, 10 de novembro de 2015

COMO ULTRAPASSAR DIAS CONTURBADOS

O Senhor Jesus disse: "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; Não vou-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize."  (João 14:27). Sublinha bem a palavra "Não". Tu não podes controlar o que se passa à tua volta, mas Jesus disse que pode controlar o que está dentro de ti. Como? Fazendo, pelo menos, duas coisas:
Primeiro, enchendo a tua mente com a Palavra de Deus. Reorganiza as tuas prioridades e tira tempo para ler a Palavra de Deus todos os dias. Interioriza-a, recorre a Ela em todas as circunstâncias e firma-te nela em tempos de dificuldade. Ficarás espantado com os resultados!
Segundo, orando sobre a situação e, depois, deixando-a com confiança nas mãos de Deus. Quando parece que tudo está a desmoronar-se à tua volta e toda a gente quer um pedaço de ti. quando há muito que fazer e nunca parece haver tempo suficiente, o Senhor está lá no meio da tempestade. Deus nunca dorme, e quer assumir o comando da tua vida. Em Deus encontras um lugar de repouso e onde podes te sentir seguro, sabendo que Deus resolverá as coisas a teu favor!

segunda-feira, 2 de novembro de 2015


CLICA EM CIMA

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

PRESTA ATENÇÃO À TUA BOCA (2)

O que é uma boa comunicação? É uma partilha honesta, com uma intenção positiva e bilateral. Não é despejar ou dar a alguém um pedaço da sua mente! A primeira lei da ecologia verbal é: O lixo não é biodegradável! Recicla-se, apodrece com o tempo (Provérbios 18:8). As palavras podem acompanhar quem as ouve até ao túmulo. O que devemos comunicar? A verdade! (Provérbios 12:22). Mas a verdade, por vezes, pode soar como uma pancada de martelo ou pode ser como o toque suave de um amigo. Deve ser comunicada só depois de se ter reflectido sobre o seu impacto (Provérbios 15:28). Que quantidade de informação devemos comunicar? Tanto quanto a Palavra de Deu, o Seu amor e a Sua sabedoria ditarem. As pessoas normalmente angustiadas devem ter acesso apenas a informação limitada (Provérbios 29:11). Como devemos comunicar? O "como" pode tão importante como "o quê". Então fala tendo em consideração os sentimentos de que te ouve (Provérbios 15:1). A resposta de quem te ouve é condicionada pelas tuas palavras. Verifica o teu timing, é vital! (Provérbios 15:23). Se não tens a certeza de ser o momento certo, espera e ora por sabedoria!

terça-feira, 27 de outubro de 2015

PRESTA ATENÇÃO À TUA BOCA (1)

"Oh! Foi só um monte de palavras sem sentido. Não foi nada de especial!" Errado! As nossas palavras são importantes e elas têm muito significado! "O homem bom (Lucas 6:45). As tuas palavras podem ter um impacto positivo ou negativo. Elas podem ferir as pessoas até ao âmago (Provérbios 12:18). Podem destruir o espírito de uma pessoa, retirar-lhe a coragem de viver (Provérbios 15:14). As palavras descuidadas podem destruir relações (Provérbios 11:9). A morte emocional e até possivelmente a morte física, pode ser o resultado de palavras duras (Provérbios 18:2). Mas as tuas palavras podem levar vida a um relacionamento (Provérbios 15:4). As palavras certas podem ajudar a curar relações feridas (Provérbios 16:24). As palavras bem escolhidas podem ajudar-nos a compreender uns aos outros (Provérbios 16:21). As palavras ditas nos momentos certos podem aproximar-nos (Provérbios 25:11). 
O que tu dizes importa, por isso presta atenção à tua boca! (continua...)

terça-feira, 20 de outubro de 2015


CLICA EM CIMA

ACONTECE AOS MELHORES!

Um Pastor estava a construir uma vedação enquanto um rapaz, filho do seu vizinho, o observava. O Pastor sorriu e disse: "Estás interessado em carpintaria?" "Não", respondeu o rapaz. "Eu só queria ouvir o que diz um pregador quando acerta com o martelo no dedo!" Tu és a única Bíblia que algumas pessoas irão ler, e eles observam para ver se a tua vida está em conformidade com aquilo que professas. Algumas dessas pessoas estão à espera da confirmação do poder de Jesus de mudar vidas, outros esperam por uma oportunidade para dizer: "Vêem, os cristãos são todos hipócritas!" Queremos sempre dar um bom exemplo, mas por vezes ficamos aquém do que gostaríamos. E quando falhamos, Deus usa essas falhas para que "...a excelência do poder seja de Deus, e não de nós" (2Coríntios 4:7). Deus não encobre as falhas nem dos mais notáveis santos: "...tudo isto lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso nosso..." (1Coríntios 10:11). Abraão, o amigo de Deus, mentiu sobre o facto de Sara ser sua mulher (Génesis 12:10-20). Moisés, o grande líder, ficou zangado e desobedeceu a Deus. Davi, um homem segundo o coração de Deus, cometeu adultério e depois tentou encobrir os seus rastos com homicídio (2Samuel 11:15). Pedro, negou Jesus não uma, mas três vezes (Lucas 22:54-62), e João Marcos desistiu e voltou para casa durante uma viagem missionária (Actos 15:38). Eles estão todos lá e Paulo diz: "Aquele, pois, que cuidar estar em pé, olhe não caia." (1Coríntios 10:12). Então não te sintas desencorajado quando tropeçares.
Admite o teu erro, pede desculpa às pessoas envolvidas, pede perdão a Deus, perdoa-te a ti mesmo, aprende com o que aconteceu e avança!

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

QUE ERROS ESTÁS A COMETER (4)

Um dia o rei Zedequias disse ao profeta Jeremias: "Pergunto-te uma coisa, não me encubras nada." (Jeremias 38.14). Zedequias mostrou uma sabedoria que não mostramos tantas vezes como devíamos. Alguém escreveu o seguinte: "Deixei de ser uma pessoa que evita potenciais más notícias para passar a ser alguém que as convida. Durante muitos anos permiti aos membros do meu círculo mais chegado que me fizessem perguntas difíceis e me dessem a sua opinião quando não concordassem comigo. Eu não quero nunca cometer um erro e depois ouvir um membro da equipa a dizer: "Eu sabia que isso iria ser uma má decisão." Eu quero que as pessoas me digam com tempo, não depois, quando já é tarde de mais para o seu conselho ajudar. A oposição antes de uma decisão ser tomada nunca significa deslealdade. Precisamos de dar aos outros a permissão para fazerem perguntas difíceis e para se oporem às nossas ideias. Essa decisão deve ser apresentada aos outros pelo líder. Uma grande parte das vezes os líderes preferem ter seguidores que fecham os olhos em vez de pessoas que falem sem papas na língua. Mas se tudo está muito calmo quando as decisões estão a ser tomadas, provavelmente não estará muito calmo quando depois aparecem os resultados das decisões." Francis Bacon observou: "Se uma pessoa vai começar com certezas, acabará com dúvidas, mas se ela se contentar em começar com dúvidas, acabará com certezas." Jó disse: "Ouvindo-me, esperavam, e em silêncio atendiam ao meu conselho." (Jó 29:21).
Tu precisas de perguntar constantemente a ti próprio: Qual é a minha atitude relativamente aos erros? Estou a ganhar alguma coisa com os meus erros? Estou a aceitar o máximo de informação e opiniões possível? (Fim

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

COMO EVITAR O ESGOTAMENTO

Lembras-te da sarça ardente? (Êxodo 3:2). Ardia, mas não se consumia. Algumas pessoas que antes ardiam por Deus, esgotaram-se. Trabalhadores leais na Igreja durante anos, subitamente desapareceram. Herbert Freudenberger, psicólogo, descreve o esgotamento como um "cansaço causado pela devoção a uma causa que não conseguiu produzir a recompensa esperada." Então como evitar o esgotamento? Primeiro, procura a participação de Deus (Tiago 1:5). Deus é um especialista, consulta-O. Segundo, reorganiza as tuas prioridades. Demasiados ferros no fogo significa que nenhum deles terá a atenção adequada. Aprende a dizer não. A tua família agradecerá por isso, mesmo que os outros não o façam. Terceiro, pratica a arte de dar graças. Freudenberger diz: "Ganhe o hábito de reparar e alimentar as coisas boas, mas não tão espectaculares que lhe acontecem." Quarto, aprende a arte de relaxamento físico. Tira dez ou vinte minutos por dia para te sentares confortavelmente numa cadeira e te esticares. Leva o teu corpo e a tua mente a relaxar. Imagina-te estendido ao sol numa praia quente. E que tal exercício físico? É um dos melhores antibióticos contra o esgotamento. Mas escolhe o melhor tipo de exercício que realmente funciona contigo e não que te stress. Tu podes desenvolver os teus próprios mecanismos de relaxamento. Dá um passeio, lê um bom livro. Finalmente, encontra alguém com quem partilhar. Guardares algo aumenta o problema em vez de o resolver. Encontra alguém em quem podes confiar e com que podes falar.

sábado, 10 de outubro de 2015


CLICA EM CIMA

CONFIA EM DEUS!

Os tempos difíceis dão energia a algumas pessoas, no entanto, paralisam outras. Vê o caso de Davi. Samuel ungiu-o para que fosse rei; desafiou Golias; Saul escolheu-o para ser músico e para ser guerreiro; os seus soldados amavam-no e escreveram canções sobre ele. Depois, a sua vida desmoronou-se. O seu casamento falhou; Samuel, o seu mentor morreu; o seu melhor amigo Jónatas não podia ajudá-lo, e os soldados de Saul perseguiram-no, levando a ter de se esconder numa gruta. A certa altura todos nós passamos tempo numa gruta! É onde tu acabas quando todos os teus apoios terrenos já desapareceram. É onde tu aprendes coisas importantes sobre ti mesmo. É onde Deus faz algum do Seu melhor trabalho, moldando-te à semelhança de Cristo. É onde as tuas piores inadequações confirmam que naquele momento tu não tens capacidade para lidar com aquela situação, e onde Deus envia o Seu poder para fluir através da tua fraqueza. Quando Davi orou: "Tu és o meu refúgio e a minha porção na terra dos viventes", ele não tinha forma de saber que havia uma coroa no seu futuro, ou que não iria morrer no esconderijo. O que ele sabia era que aquela gruta, naquele momento, era tudo o que ele tinha. Quando tu te encontras numa situação que não podes remediar, que não podes mudar e à qual não podes escapar, confia em Deus! Confia em Deus! Confia em Deus! Se o teu sentido de segurança estiver amarrado apenas ao teu sucesso, serás sempre frágil. Mas quando souberes que Deus está contigo, mesmo quando chegares o mais fundo possível, conseguirás aguentar a gruta e sairás de lá mais forte!

terça-feira, 29 de setembro de 2015

QUE ERROS ESTÁS A COMETER? (3)

Uma tabuleta num gabinete de vendas mostra um sorriso com o seguinte texto: "Gosta de viajar? Quer conhecer novos amigos? Deseja ficar descansado quanto ao seu futuro? Tudo isto pode ser seu se "cometer mais um erro"." O medo de cometer erros impede-nos de darmos o nosso melhor, de procurarmos um conselho e um feedback honestos, e de dizermos o que pensamos para não sermos criticados ou abandonados. Para ter sucesso tens de dar às pessoas à tua volta permissão para te contrariarem. Quando não se permite receber informações e opiniões de várias fontes isso pode ser desastroso. No seu livro It's Your Ship (É o Seu Navio), Michael Abrashoff escreve: "No momento em que ouvi falar no trágico naufrágio do barco de pesca japonês de Honolulu, provocado pelo submarino USS Greenville, lembrei-me de que, como muitas vezes acontece com os acidentes, alguém sente que há perigo eminente, mas acaba por não dizer nada. Como a investigação "Greenville" revelou, li num artigo do New York Times que a tripulação do submarino respeitou demasiado o Oficial de Comando para questionar o seu julgamento." Se isso é respeito, então eu não o quero. Tu precisas de ter pessoas que te batam no ombro e digam: "É esta a melhor forma?" ou então "Vai com calma" ou "Pensa sobre isso" ou ainda "Será que o que estamos a fazer vale a morte ou sofrimento de alguém?" A História recorda inúmeros incidentes nos quais os capitães dos navios ou os gerentes de organizações permitiram que um clima de intimidação se instalasse nos locais de trabalho, silenciando subordinados cujos avisos poderiam ter evitado o desastre. Mesmo quando a relutância em falar resulta da admiração pelas capacidades e experiência do Oficial de Comando, é necessário criar um clima que permita questionar decisões a fim de que tudo seja verificado consoante as várias opiniões. (Continua...)

terça-feira, 22 de setembro de 2015


CLICA EM CIMA

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

AMOR DURO

A compreensão, quando é mal gerida, é perigosa porque faz a pessoa ter pena de si própria, mas não fazer nada para mudar as coisas. Cava um buraco mais fundo, pelo que a pessoa fica com menos hipóteses de sair e cria um sentimento de desamparo, garantindo que a pessoa se sinta ainda mais sem esperança.
Por vezes um "amor duro" é o que é preciso. Apesar de Jesus sentir compaixão pelas pessoas em sofrimento, nunca sentiu pena delas. Sempre que possível, ajudou-as a ajudarem-se a si próprias. Antes de trabalhar para o seu benefício, a maior parte da vezes pediu-lhes para fazerem alguma coisa. E às vezes, as Suas instruções pareciam radicais. Por exemplo "Levanta-te, toma a tua cama, e vai para tua casa." (Mateus 9:6); "A tua filha está morta, para que enfadas mais o Mestre. E Jesus, tendo ouvido estas palavras, disse ao principal da sinagoga: Não temas, crê somente." (Marcos 5:35,36); "Tendo dito isto, cuspiu na terra, e com saliva fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego, e disse-lhe: Vai, lava-te no tanque Siloé..." (João 9:6,7).
Como podia um homem aleijado levantar-se, pegar na sua cama e andar? Como podia um homem saber a notícia da morte da sua filha e ficar calmo? Como podia um homem cego ver para chegar a um certo tanque de água? Em vez de sentir pena das pessoas, Jesus fê-las agir. Ele ajudou-as a libertar as suas mentes dos problemas, e motivou-as a fazer alguma coisa para os resolverem. Por vezes, sentimos que estamos a ser desagradáveis quando confrontamos as pessoas que têm problemas, quando na realidade um "amor duro" é o que elas precisam!

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

QUE ERROS ESTÁS A COMETER? (2)

Não tenhas medo de perguntar a ti mesmo: "O que é que me está a falhar? O que é que ainda não sei?" Algumas pessoas apenas esperam problemas, são pessimistas, então não procuram nada de bom. Mas outros tem tendência para partir do princípio que tudo é bom. Ambas as formas de pensar podem magoar-te. Elisabeth Elliot, autora do livro "Tudo o que já foi nosso", lembra: "Todas as generalizações são falsas, incluindo esta, no entanto, continuamos a generalizar. Criamos imagens, imagens que gravamos e que não podem ser mudadas. Dispensamos ou aceitamos pessoas, produtos, programas de acordo com os rótulos que trazem por baixo. Sabemos pouco sobre alguma coisa, e tratamos o assunto como se soubéssemos tudo." 
Aprende a ter mais discernimento! É fácil tomar decisões baseadas naquilo que sabes, mas há sempre coisas que não sabes. É fácil escolher uma direcção baseada naquilo que vês, mas e o que não vês? Apenas aprendemos quando estamos dispostos a perguntar: "O que é que me está a falhar?" Essa questão leva-te a ti, e aos que estão à tua volta, a parar e pensar. É fácil ver o que é óbvio, mas colocar questões difíceis traz à superfície coisas que não são óbvias. Não fazer perguntas é partir do princípio de que um projecto é potencialmente perfeito e que se for gerido com cuidado não haverá problemas. Aprende-se na vida, muitas vezes com sofrimento, que isto simplesmente não corresponde à realidade. Duas coisas podem atrapalhar o teu caminho: 1) Analisar uma situação em demasia ao ponto de ficares paralisado e com medo de agir: 2) Não analisares o suficiente uma situação e avançares antes de teres o conhecimento e a sabedoria necessários para implementaras o que pretendes. (Continua...).

domingo, 13 de setembro de 2015


CLICA EM CIMA

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

TER INTEGRIDADE

O comediante Red Allen disse: "Você apenas vive uma vez. Mas se fizer tudo certo, uma vez é suficiente." E como podes fazer tudo certo? Vivendo segundo as tuas convicções todos os dias. Faz isto e terás pouco para te arrependeres na tua vida. Viver uma vida de integridade envolve pensar regularmente nos teus valores e absorvê-los e medir constantemente as tuas escolhas pela Palavra de Deus e, sempre que for apropriado, falar sobre elas. Isto não só fortalece os teus valores, mas também acrescenta um nível de segurança e responsabilidade.
Arranjamos problemas quando as nossas convicções e os nossos impulsos colidem. Quando tudo está a correr da maneira que nós queremos não é difícil viver segundo as nossas convicções. Mas quando se trata de tempos de crise, é aí que as nossas convicções exigem que façamos algo que nos vai magoar ou que nos vai custar! As pessoas espirituais fazem o que está certo, não importa como isso as faça sentir.
Mesmo que não te sintas bem a fazer o que está certo, aje primeiro, aje espiritualmente, aje consistentemente - os teus sentimentos virão de seguida. Normalmente não envolve nada de dramático, as decisões difíceis são as decisões de todos os dias. O carácter é construído como uma parede, um tijolo de cada vez. Pode parecer que as pessoas boas chegam primeiro. Mas isso é porque estão numa corrida diferente. Fazer essa corrida envolve parar regularmente para examinares a tua vida e para orares como o salmista: "Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno." (Salmo 139:23,24).

sábado, 5 de setembro de 2015

QUE ERROS ESTÁS A COMETER?

 É um erro não perguntares a ti próprio: "Que erros estou a cometer?" Um líder escreveu: "Perdi pouco tempo a pensar no que poderia correr mal. Parti do princípio que o "caminho certo" não teria erros. Não reconheci os erros que cometi comigo e com os outros. Não estava a aprender com os meus erros. Se queira tornar-me um líder melhor, teria de parar de fazer o erro de não perguntar que erro estaria eu a fazer." Se queres transformares os teus erros numa vantagem:
Admite-os. E por que razão não o fazemos? Orgulho: Temos uma imagem a manter. Insegurança: O nosso valor é baseado no nosso desempenho. Teimosia: Preferimos esforçar-nos inutilmente do que aceitar que estamos errados e mudar o nosso comportamento. Mas aqui fica uma novidade: As pessoas já conhecem os teus erros. Quando tu os admites, elas não ficam surpreendidas, ficam aliviadas!
Aceita os erros como o preço do progresso. Aprende a ver o falhanço como parte saudável e inevitável do sucesso. Nada é perfeito nesta vida, tu inclusive! Então habitua-te a isso.
Insiste em aprender com os teus erros. Quando tentas evitar o falhanço a todo o custo, nunca aprendes, e acabas por repetir os mesmos erros uma e outra vez. Aqueles que têm vontade de aprender com os seus erros não têm de continuar a repeti-los. O autor William Saroyan disse: "Alcançamos muito pouca sabedoria com o sucesso. Aprenda com a ciência. Na ciência, os erros antecedem sempre a descoberta da verdade."
(Continua...)

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

QUAL A TUA VISÃO?

Quando os problemas aparecem, a nossa visão é muitas vezes a primeira coisa a desaparecer.. Isto é porque não vemos a vida como ela é, vemos a vida como nós somos. Quando Deus te dá uma visão para a tua vida, começas a ver as coisas como Ele as vê. Moisés viu a Terra Prometida quando todos à sua volta viram apenas deserto e queriam desistir e voltar para o Egipto. E ele percebeu que chegaria lá no tempo de Deus, se fosse fiel.
Muitas tarefas parecem enormes, devastadoras, quando olhamos apenas para o seu tamanho. Mas quando as desmanchamos em pequenos passos e olhamos para nós próprios a dar o primeiro passo, ficamos espantados com o progresso. Algo que não nos comprometeríamos a fazer num mês, conseguimos fazê-lo apenas num dia. Pergunta a qualquer viciado em recuperação! Um líder cristão disse: "A visão, como a coragem e a disciplina é algo que pode ser desenvolvido por qualquer pessoa que deseje trabalhar bastante e fazer dela parte da sua vida de todos os dias." Alguém escreveu: "Dois homens olhavam pelas barras da prisão, um via lama, outro via estrelas." O que vê o teu futuro? Pensas que Deus vai simplesmente fazer cair o teu sucesso no teu colo? Não, tu tens de estimular a tua visão através da fé e dar-lhe força através do trabalho árduo!"

SE QUERES SER BEM SUCEDIDO, PREPARA-TE BEM!

O que acontece quando não estás bem preparado? As coisas não acontecem como esperas. A linha que separa a vitória da derrota, é a preparação! O campeão de ténis, Arthur Ashe, disse: "A chave para vencer é a auto-confiança, e a chave para a auto-confiança é a preparação." Limitares-te a cantar a música "Se pedires um desejo a uma estrela" não faz com que os teus sonhos se realizem, tens de preparar-te.
Alguma vez perguntaste o que Jesus fazia durante as madrugadas e as noites de oração? Preparava-Se! Se planeias continuar a crescer, a preparação deve ser uma forma de vida. Nunca deves para de perguntar: "Senhor que queres que eu faça? O que é que isso vai exigir de mim em termos de tempo, esforço e recursos? Que obstáculos tenho de ultrapassar?"
Se vives com isto em mente, então estás no caminho certo para cumprires o propósito de Deus para a tua vida. 
Quando perguntaram ao capitão do navio Queen Mary, quanto tempo demorava a fazer parar o navio, ele respondeu: "Cerca de uma milha", depois acrescentou: "Um bom capitão pensa sempre pelo menos uma milha à frente."
Alexander Hamilton, um dos fundadores dos Estados Unidos, disse: "Os homens pensam que eu sou um génio, mas a minha genialidade assenta nisto: Quando tenho um assunto para tratar, estudo-o profundamente."
Então, se queres ser bem sucedido, prepara-te bem!

segunda-feira, 31 de agosto de 2015


CLICA EM CIMA

domingo, 30 de agosto de 2015

NÃO OLHES PARA TRÁS

Quando o professor da Escola Dominical disse aos seus alunos "A mulher de Ló olhou para trás e transformou-se numa estátua de sal", uma criança respondeu: "Isso não é nada! Ontem a minha mãe estava a conduzir a caminho de casa, olhou para trás e transformou-se num poste de telefone!" A mulher de Ló aparece brevemente, apenas uma vez, numa passagem da Bíblia, então porque razão o Senhor Jesus nos diz para nos lembrarmos dela?
Pelo menos por duas razões: 1) Ela investiu a sua vida em algo que não tinha futuro. João escreve: "E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre." (1João 2:17). Deus tentou tirar a mulher de Ló de Sodoma, mas ela não conseguiu tirar Sodoma de dentro dela. Quando ela pensou no que estava a deixar, olhou para trás e transformou-se num monumento sem vida. Quando Deus diz que é para avançar, não hesites! Não sejas como aqueles que em tempos caminharam com Ele, testemunharam o Seu trabalho, permaneceram firmes como luzes brilhantes nas suas comunidades, mas agora tornaram-se frios e indiferentes. 2) As nossas decisões têm consequências. Se a mulher de Ló tivesse seguido em frente, ela teria lá estado para proteger as suas filhas quando chegaram ao abrigo. Como isso não aconteceu elas acabaram por ser vítimas de abuso e incesto. Antes de perderes os teus filhos, acabar com o teu casamento e destuires a tua vida por te recusares a cortar com o passado, lembra-te da mulher de Ló. Ela não alcançou a segurança, mas este episódio ficou registado na Bíblia para nos avisar acerca de duas coisas: Envolvimento com as coisas erradas e um coração dividido!

sábado, 22 de agosto de 2015

APESAR DAS CONTRARIEDADES E DA OPOSIÇÃO

Se estás a passar por tempos difíceis neste momento, lê estas palavras: "Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias." (Salmo 23:5,6). Repara na palavra "certamente". É a garantia de Deus! Quando é que Deus faz o teu cálice transbordar de bençãos? Quando é que Ele te dá força para ultrapassares as dificuldades? Quando é que Ele demonstra a Sua bondade e a Sua misericórdia? Na presença dos teus inimigos! As contrariedades e a oposição não podem impedir Deus de te abençoar.
"Mas eu estou mesmo com dificuldades!", dizes tu. A luta é a prova de que não fostes conquistado, e que te recusas a render-te, e de que a vitória ainda é possível, e de que continuas a crescer. Desde que continues a caminhar com Deus e a confiar n'Ele, Ele trabalhará a teu favor. Ele enviar-te-à o Seu Espírito para te guiar, a Sua Palavra para iluminar a tua mente, e amigos para te fortalecer em tempos de luta. Se estiveres disposto a aprender, estás alcançável. Mantêm o teu coração aberto, continua a ouvir Deus, continua a obedecer-Lhe e verás que o teu problema é apenas uma plataforma para Ele se mostrar. Também descobrirás que a Sua força vem quando tu estás no ponto mais fraco. Finalmente, poderás agradecer a Deus pelos teus inimigos, pois Ele prometeu abençoar-te ali, mesmo em frente a eles. As pessoas e as circunstâncias não decidem o teu futuro. Deus sim. Então olha para Ele!

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

BEM-VINDO À FAMÍLIA de DEUS!

Vamos olhar para dois homens pecadores a quem o Senhor Jesus deu as boas vindas. Primeiro, Mateus. Era cobrador de impostos, trabalhava para os romanos e era odiado pelo seu próprio povo, os judeus. Mas o Senhor Jesus tinha planos especiais para ele. Porque ele era hábil no seu trabalho, Jesus não só salvou a sua alma, mas salvou também os seus talentos. Como resultado disso, ele acabou por escrever o primeiro dos quatros evangelhos. Ainda achas que Deus não te pode usar? Nem pensar! O facto de Mateus convidar o Senhor Jesus para a sua casa para jantar é surpreendente. O facto de o Senhor ter aceitado é verdadeiramente fantástico. Segundo, Zaqueu. Zaqueu queria tanto ver o Senhor Jesus que subiu a uma árvore. Ele estava disposto a ser diferente de toda a gente para ter um encontro com Deus (Lucas 19:5-9). A Bíblia diz que Deus é galardoador dos que O buscam (Hebreus 11:6). Então, sê diligente na tua busca por Deus. Sê persistente na tua procura e inflexível na tua peregrinação. Desiste da tua busca insignificante das posses e da posição e busca o Senhor. Não ficarás desiludido!

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

SÊ DETERMINADO!

É preciso coragem para ser guiado por Deus. Não é fácil quebrar o molde e elevar-se acima dos limites que os outros estabeleceram para ti. Quando o fazes, enfrentas a desaprovação. Foi o que aconteceu com Jesus. Quando as pessoas que com Ele cresceram disseram: "Não é este o filho do carpinteiro?" (Mateus 13:55), eles estavam na verdade a dizer: Ele devia manter-se era o no seu lugar". Um dia iremos descobrir que não é só errado julgar os outros, como também é errado deixar que as opiniões dos outros nos controlem.
Para seguires a liderança do Senhor, tens de acreditar que Ele te ama apesar dos teus defeitos; Ele tem um plano definitivo para a tua vida. Tu consegues ouvi-Lo e, seja o que for que Ele te peça, Ele capacitar-te-à para o fazeres. Assim que ouvires o Senhor, sê firme! As coisas que que valem a pena nunca serão fáceis. Se sentires que estás a enfraquecer, pede determinação a Deus e Ele irá conceder-te através do Seu Espírito. Se sentires que estás entre dois pensamentos, volta atrás e pergunta a ti mesmo o que Deus te disse no início, e depois agarra-te a isso. Não sigas uma direcção diferente por causa da preocupação, desencorajamento ou dos sentimentos dos outros.
Recorda a ti mesmo que tens aquilo que é preciso para ser bem sucedido naquilo que Deus te chamou para fazer. Se fizeste de Jesus o Senhor da tua vida, a Sua determinação vive em ti, porque Ele vive em ti!

quinta-feira, 13 de agosto de 2015


CLICA EM CIMA

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

UM CORAÇÃO QUEBRANTADO (1)

Nem sempre sabemos a razão para as nossas provações, mas Deus revelou a Paulo a razão para o seu "espinho na carne" (2Coríntios 12:7). Foi para que não se "exaltasse". Por vezes o sucesso pode ser intoxicante, e as pessoas intoxicantes não são conhecidas por serem demasiado inteligentes ou de confiança!
O que acontece quando se tem um espinho na carne? Magoa, dói. E em quanto não sai, a atenção da pessoa só se concentra em tirá-lo, e deixa passar tudo. Três vezes Paulo orou a Deus para que lhe tirasse aquele espinho, mas Deus tinha outro plano. Quando Paulo descobriu que o poder de Deus na sua vida estava ligado ao espinho que o afligia, respondeu: "Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte." (2Coríntios 12.10). Por outras palavras: "Se é para o meu bem, então deixa vir Senhor!"
Se tens alguém, ou algo, que é um "espinho" na tua vida, e tens orado a Deus para te liberte e ainda não aconteceu, talvez Deus queira que sintas a Sua graça e poder  através da forma como lidas com essa pessoa ou situação. Mas não irás sentir isso enquanto não passares da dor para a oração. A Bíblia fala de "sacrifício de louvor" (Hebreus 13:15). Um sacrifício significa que alguma coisa tem de morrer no altar de alguém. Então, se queres experimentar a graça e o poder de Deus na tua vida, deves estar disposto a morrer para o teu próprio interesse, ego e dependência. Não há nada de mal em pedir a Deus que remova o teu espinho. Mas quando a tua oração por libertação se transforma em louvor, estás no bom caminho para alcançar o poder, porque Deus está-te a conceder graça. (continua...)

sexta-feira, 31 de julho de 2015

PÁRA DE DUVIDAR DE TI MESMO

Não fiques surpreendido quando Deus te chamar para dares um passo de fé e fazeres algo para o qual não te sentes qualificado. Este tende a ser o Seu procedimento padrão. Ele, Deus, fá-lo para que possamos contar mais com Ele e menos connosco. Isto significa que não cometerás erros? Não, significa que provavelmente cometerás. Mas em vez de te sentires desencorajado, olharás para eles como parte da curva de aprendizagem e continuarás em direcção a coisas maiores.
Muitas vezes olhamos para uma tarefa e pensamos: "Não há maneira de eu conseguir fazer isto." Pára aí! Tu estás a olhar para ti mesmo, em vez de olhares para Deus. Quando Deus chamou Josué para ficar no lugar de Moisés prometeu-lhe: "Nenhum se susterá diante de ti, todos os dias da tua vida. Como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei."  (Josué 1:5). Ora, se Deus promete estar contigo, e está, então isso é tudo o que tu precisas. A tua força é, na verdade demonstrada através da tua fraqueza (2Coríntios 12:9). Seja quais forem os ingredientes que te faltarem no campo natural, podes retirá-los da tua conta no campo espiritual (Efésios 6:10). Que tipo de poder está disponível para ti? Poder ilimitado! E de onde o retiras? Da única fonte: Deus! É te dado o poder e tudo o que precisas quando trabalhas com Ele, por isso, pára de te subestimar. Munido com o poder de Deus tens mais capacidades do que pensas, e és capaz de fazer muito mais do que alguma fizeste no passado. Então, deposita a tua confiança em Deus e pára de duvidar de ti mesmo! 

segunda-feira, 27 de julho de 2015

A IMPORTÂNCIA DO CARÁCTER

George Jones começou a sua carreira como empregado numa mercearia e rapidamente ganhou reputação pela sua ética. O que as pessoas reparavam em George era o seu carácter. Ele era um exemplo do princípio bíblico:  (Provérbios 12:22). O carácter de George chamou a atenção de Henry  Raymond, um jornalista de renome. Tornaram-se amigos, e juntos começaram o famoso New York Times. Anos mais tarde, quando o jornal travou uma guerra contra Boss Tweed, um político americano, George Jones recebeu uma oferta "por baixo da mesa" de meio milhão de dólares, uma vasta quantia naquela altura. Tudo o que ele tinha de fazer era mudar-se para a Europa. "Pode viver como um príncipe o resto da sua vida", disse-lhe o gangster ao fazer-lhe a oferta. "Sim", respondeu Jones, "e olhar todos os dias ao espelho e ver um patife".
O poeta escreveu: "Tenho de viver comigo e então quero sentir-me apto para me conhecer. Quero ser capaz de, com o passar os dias, olhar-me sempre nos olhos. Não quero sentar-me quando o sol se puser e odiar-me pelas coisas que fiz. Não quero guardar numa prateleira um monte de segredos sobre mim, e enganar-me enquanto vou e venho pensando que ninguém conhecerá o verdadeiro homem que realmente sou."
Nada é mais importante que o teu carácter. Não importa o quão rico ou bem sucedido és. Quando perdes o teu carácter, perdes tudo. Se fizeres sempre o que está certo, nunca terás de te preocupar ao recordares o que fizeste!

quinta-feira, 23 de julho de 2015

VAI SEMPRE PELA ESTRADA PRINCIPAL

Don Shula, treinador principal da equipa americana de futebol Miami Dolphins, sempre regeu os seus jogadores pela "regra das 24 horas". Ele dava-lhes 24 horas para celebrar a vitória ou lamentar a derrota e depois pôr tudo para trás da costas. Que ótima regra para vivermos!
Quando se é criticado, é humano querer retaliar-se, mas quando se tira tempo para tentar compreender as pessoas é mais fácil perdoar-lhes. Muitas das pessoas negativas nas nossas vidas não têm relações íntimas, então mantêm os outros à distância, raramente partilham os seus sentimentos e sentem-se desconfortáveis com aqueles que o fazem. É mais fácil para eles condenar do que aceitar. A sua forma dura e rápida de ver as coisas faz com que sejam inflexíveis. Muitas vezes essas pessoas não conseguem lidar com a liberdade, precisam de regras que limitam as suas escolhas, e apenas se sentem seguras dentro dos seus limites. Abraham Lincoln disse. "Se eu tentasse responder a todos os ataques feitos contra mim, esta loja bem poderia fechar para outro negócio. Faço o melhor que posso. Se no final as coisas correrem bem, então o que é dito não importa. Se no final as coisas correrem mal, então, mesmo que dez anjos declarassem que eu estava certo não faria diferença."
Quando estiveres a lidar com os outros segue sempre pela estrada principal indicada por Jesus: "Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam." (Lucas 6:28). Isto é sempre fácil de fazer? Não, mas vale sempre a pena!

terça-feira, 21 de julho de 2015


Clica em Cima

sexta-feira, 17 de julho de 2015

TENS PRODUZIDO FRUTO?

Repara em três coisas sobre o fruto:
Primeiro: É visível. Lembras-te do método de aprendizagem da escola em que tinhas de experimentar e ver para aprender?. Não é suficiente teres um bom discurso, tens de mostrar aos outros, todos os dias, que realmente vives o que dizes.
Segundo: O fruto reflecte o carácter da árvore na qual cresce. Se é uma macieira produzirá maçãs. Quanto mais submeteres a tua vida a Cristo, mais parecido com Ele ficarás.
Terceiro: O fruto nasce sempre para benefício de alguém. nunca vemos o fruto a comer-se a si próprio, ou a dizer: "Quero ser apanhado." O bom fruto faz com que os outros o desejem. O Espírito Santo quer produzir fruto em ti para que outros possam alimentar-se e nutrir-se. Em contraste, todas as acções da carne são egoístas. A carne diz: "Chateaste-me; Não estou feliz; Tens o que eu quero; Estás a irritar-me". Mas o fruto do Espírito é centrado no Espírito para os outros. Repara que a palavra "fruto" (Gálatas 5:22,23) é singular, ainda que Paulo fale de "nove" frutos do Espírito diferentes, todos vêm da mesma "árvore". Esta "árvore" pode produzir tudo o que tu precisas para todas as áreas da tua vida. Não tens de pedir ao Espírito Santo paz e depois ires a outro sítio pedir amor. Ou pedires ao Espírito Santo paciência e depois procurar mais alguém para pedir temperança. Está tudo na "árvore" do Espírito Santo!

sexta-feira, 10 de julho de 2015

AMAS A PALAVRA de DEUS?

Um dos primeiros livros que saiu da imprensa quando esta foi inventada foi a Bíblia. E é o Livro mais vendido do mundo! Um autor anónimo escreveu: "Contém a mente de Deus, o estado do homem, o caminho para a salvação, o destino dos pecadores, e a felicidade dos crentes salvos. É uma luz para dirigir o salvo, para o nutrir e conforto para o animar. É o mapa da estrada do viajante, a bússola do piloto, a arma do soldado, e o plano de jogo do jogador. É uma mina de incríveis riquezas e um rio de genuína alegria. As suas doutrinas são santas, os seus preceitos são justos, as suas histórias são verdadeiras e as suas decisões imutáveis. Cristo é o seu grande tema, o seu bem o seu desígnio, e a glória de Deus o seu fim. Lê-a e sê sábio, e acredita nela para tua salvação; pratica-a para seres espiritualmente saudável. Lê- a devagar, frequentemente e em oração. Deixa que ela encha a tua memória, dirija o teu coração e guie os teus passos. É te dada em vida, será aberta no teu julgamento e recordada para sempre. Envolve a maior responsabilidade, recompensará o teu trabalho e julgará aqueles que brincam com o seu conteúdo sagrado."
A Bíblia é a Palavra de Deus que permanece para sempre (1Pedro 1:25). A maior parte das pessoas não respeita a Bíblia. O problema maior é que muitos ditos crentes, não a lêem diariamente e não a põem em prática nas suas vidas. Depois de ouvir uma discussão sobre as várias traduções da Bíblia, um homem disse: "Prefiro a tradução da minha mãe, porque ela tradu-la para a vida todos os dias." Estás tu a fazer isso?

quinta-feira, 9 de julho de 2015

NÃO FIQUES AMARGO

A traição é algo que os outros te podem fazer a ti mesmo. A amargura é algo que tu fazes a ti mesmo. É impossível passar pela vida sem nos magoarmos. Pode ser um companheiro infiel, um empregado que te te difama ou um patrão que te despede sem explicação. Quando estava sentado a comer com os Seus discípulos, o Senhor Jesus disse: "Um de vós há-de trair-me" (Marcos 14:18). Pouco tempo depois disso, Judas traiu-O com um beijo. Algumas pessoas irão beijar-te hoje e dar-te um pontapé amanhã. Mas o Senhor Jesus recusou-Se a tornar-Se amargo. Isto porque sabia que Judas iria conduzi-Lo ao Seu destino. O Senhor Jesus também não voltou as costas a Pedro quando ele O negou. Em vez disso, Pedro foi o único que Ele chamou pelo nome depois da ressurreição. O Senhor Jesus via as pessoas à luz do seu potencial, não dos seus problemas. O que eles eram naquele momento não impediu o Senhor de ver o que eles se tornariam quando a Sua graça tocasse nas suas vidas. Por isso elimina todas as palavras de amargura da tua conversa. Pára de repassar os detalhes do teu passado a menos que seja para ensinar e encorajar outros a ultrapassá-los. Quantas vezes voltas a pensar nos teus velhos problemas? O que estás a fazer para te certificares de que nenhuma amargura permaneça no teu coração?

terça-feira, 7 de julho de 2015


CLICA EM CIMA

domingo, 5 de julho de 2015

A CONDIÇÃO DO TEU CORAÇÃO

As doenças do coração podem matar-te se não as detectares e tratares a tempo. Isto é verdade, física e espiritualmente. É por isso que a Bíblia diz: "Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida."  (Provérbios 4:23). Queres estar no teu melhor é louvável. Podes potenciar a tua auto-estima e melhorar as tuas perspectivas de vida. Mas é um grande erro investires na tua aparência e negligenciar o teu carácter. A Bíblia é como um espelho, mostra-te a condição do teu coração a qualquer altura. Então, como está o teu coração hoje? Que tipo de pensamentos alimenta? Está constantemente a comparar e a ressentir? Transtorna-se facilmente? Quando ouve algum mexerico, silencia-o ou espalha-o? O Senhor Jesus disse: "Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus." (Mateus 5:8). Por outras palavras, quando começas a ver as coisas à maneira de Deus podes agir de acordo com isso. Se a água no poço estiver poluída, fará com que fiques doente. Na realidade, se beberes muita pode matar-te. Onde quero chegar? Simplesmente a isto: "Não é suficiente tentares mudar os teus velhos hábitos, tens de ir até ao coração do problema, que é o problema do teu coração! O salmista percebeu isto, então orou: "Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito recto." (Salmo 51:10). Se queres que Deus te faça prosperar, cuida do teu coração!

segunda-feira, 29 de junho de 2015

EM VEZ DE TE QUEIXARES, MUDA!

Uma criança queixa-se da outra: "Mãe, ele bateu-me!" Ela estava convencida de que era culpa do seu irmão, e que ele tinha de ser castigado, e que ela tinha de ter a compreensão da mãe e ser absolvida de toda a responsabilidade. Mas o seu irmão tem igualmente a certeza. "Ela é que começou. Tirou-me o brinquedo." Crescemos, mas nem sempre ficamos mais sábios! "Aconteceu", dizemos. E depois começamos a culpar as pessoas e as circunstâncias. Fazemos o que queremos e depois não queremos pagar o preço, então queixamo-nos das consequências dizendo que não foi culpa nossa. Não é assim que Deus trabalha e, para além disso, isto não funciona. "De que se queixa, pois, o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus pecados." (Lamentações 3:39). O que funciona com Deus é o seguinte: Primeiro, consciencializa-te de que o teu comportamento foi errado. Alguém pode ter começado tudo, mas a tua participação é da tua responsabilidade. Deixa os pecados dos outros para Deus e preocupa-te com os teus. Segundo, olha para os teus comportamentos. Olha para a forma como ages em situações semelhantes. Aprende com isso, para que possas mudar! Terceiro, vê se os teus caminhos realmente funcionam. Analisa, observa e julga o quanto os teus caminhos têm realmente funcionado, ou não. Se não funcionarem, muda! Repetir comportamentos errados faz com que continues a falhar. Voltar a fazer as coisas e fazê-las à maneira de Deus, faz a frustração tirar-te a alegria e a realização!

quinta-feira, 25 de junho de 2015


CLICA EM CIMA

segunda-feira, 22 de junho de 2015

O PODER DO ENCORAJAMENTO

Todas as pessoas precisam de encorajamento. Nenhum de nós alcança seja o que for sem ajuda. Os grandes vitoriosos da História tornaram-se tudo o que foram por causa das pessoas que passaram nas suas vidas. Todos conhecemos as "Crónicas de Nárnia" e "O Senhor dos Anéis". Mas sabias que os seus autores, CS Lewis e JRR Tolkien, eram professores na Universidade de Oxford e mantinham uma amizade próxima? Todas as semanas se juntavam para comer, conversar sobre os seus sucessos na escrita de ficção e ler passagens dos seus trabalhos, ainda por publicar. Foi Tolkien que encorajou Lewis, um ateu assumido, a explorar o Cristianismo, o que acabou por levar à sua conversão. E foi Lewis que encorajou Tolkien a continuar a escrever e a procurar publicar os seus trabalhos. Não tivesse sido a amizade entre os dois, e o encorajamento mútuo, e o mundo não tinha recebido o mais admirável escrito em apologética do século vinte, nem um dos mais admiráveis trabalhos de fantasia jamais escritos.
Todos os que recebem encorajamento, jovens e mais velhos, bem sucedidos e menos bem sucedidos, famosos e anónimos, são mudados por ele. Mark Twain disse: "Um elogio pode fazer-me continuar durante um mês inteiro." Uma palavra de encorajamento de um esposo pode fortalecer, e até salvar, um casamento; uma palavra de encorajamento por parte de um professor pode mudar a vida de uma criança; uma palavra de encorajamento de um líder pode levar uma pessoa a desenvolver e mostrar todo o seu potencial. Zig Ziglar disse: "Nunca se sabe quando um momento e algumas palavras sinceras podem ter impacto numa vida." A Bíblia diz: "Favo de mel são as palavras suaves, doces para a alma, e saúde para os ossos." (Provérbios 16:24).

sexta-feira, 19 de junho de 2015

NÃO TENHAS MEDO DE FALHAR

Enquanto não conseguires ultrapassar o medo de falhar, ficarás imobilizado com a ideia de correr um risco. O mais importante que tens de te lembrar é que falhar não é desistir. A História mostra que o falhanço pode, na verdade, tornar-se uma ponte para o sucesso. Na escola, Napoleão era o quadragésimo segundo numa turma de quarenta e três, no entanto, formou um exército que conquistou uma grande parte do mundo. George Washington perdeu três terços das suas batalhas militares, no entanto contra todas as esmagadoras probabilidades, ganhou a Guerra da Revolução e mudou a História da América. Albert Einstein tinha tantas dificuldades de aprendizagem que lhe sugeriram que deixasse de estudar Física e passasse a estudar outras coisas, no entanto ele é considerado o pai da era atómica. Quando pensas nestes nomes, não recordas os seus falhanços mas o seu contributo para a Humanidade. Só quando tu considerares que o teu falhanço é o fim, é que tu és finalmente um falhanço! O falhanço não é um acontecimento, apenas uma opinião, e desde que não seja a tua opinião, tu podes voltar a ser bem-sucedido. ("Porque sete vezes cairá o justo, e se levantará." Provérbios 24:16). No seu discurso inaugural, Franklin Roosevelt disse à nação: "A única coisa que temos de temer, é o próprio medo." O falhanço não é fatal, tu podes recomeçar. Mas o medo de falhar pode acabar por ser fatal para os teus objectivos ao impedir-te de voltares a tentar.
Depois de catalogar todos os necessários possíveis que se podem erguer contra nós, tais como a tribulação, a angústia, a fome, a nudez, o perigo, a espada, Paulo escreve: "Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou." (Romanos 8:37). Não tenhas medo de falhar!

quinta-feira, 11 de junho de 2015


CLICA EM CIMA

segunda-feira, 8 de junho de 2015

DEUS ESTÁ A DAR-TE UMA NOVA OPORTUNIDADE

O plano do diabo era infectar Adão com o vírus do pecado antes do seu primeiro filho nascer, dessa forma ele poderia chegar a todos nós. E quase funcionou. Caim, o primeiro filho de Adão e Eva, assassinou o seu irmão Abel. Mas Deus ainda não tinha acabado. "E tornou Adão a conhecer a sua mulher; e ela teve um filho, e chamou o seu nome Sete, porque, disse ela, Deus me deu outra semente em lugar de Abel; porquanto Caim o matou." (Génesis 4:25) . Por tudo aquilo que amaste ou perdeste, Deus tem algo mais. Por tudo o que te foi tirado, Deus tem algo mais. A tua "semente" é o teu futuro, e Deus tem em mente outro para ti. A situação em que estás agora não é o fim da história; Deus quer escrever um novo capítulo. O diabo sabia que Deus tem um plano para ti, foi por isso que ele tentou tão afincadamente fazê-lo desaparecer. Ele não quer que tu vivas o suficiente para o cumprir. Mas o facto de ainda estares aqui e seres capaz de ler este texto diz que ele falhou e Deus ainda não acabou o que tem para fazer contigo. Há uma marcação no calendário de Deus com o teu nome. "Deus me deu outro (futuro)..."
Há algo de bom a pairar sob o horizonte. Algo para a tua vida, para o teu casamento, para a tua família, para a tua carreira, para o teu ministério. Deus tem marcada uma tarefa para tu cumprires, bençãos para desfrutares. Ele chamou-te com um propósito eterno e Ele levar-te-á avante!

segunda-feira, 1 de junho de 2015

QUAL É O TEU PRINCIPAL DOM?

Tu podes ter vários e diferentes dons, mas tens de descobrir o principal e construir a tua vida à volta dele. Davi sentia que era mais do que um pastor de ovelhas, e realmente estava a preparar-se para ser rei. Matar Golias foi apenas a oportunidade para o demonstrar. Se ele não tivesse percebido isto, teria voltado para a sua vida de pastor de ovelhas. O que te cega para não veres o teu dom principal?
1) Focares-te nas tuas falhas. Em vez de te focares nos teus pontos fortes, ouves mais os teus críticos e treinas as qualidades que mais te desencorajam. Tem cuidado, as tuas companhias poderão erguer-te ou deitar-te abaixo. Isto é especialmente verdade no que diz respeito àqueles que ressentem o teu sucesso, porque lhes faz lembrar a falta deles nas suas vidas. 2) Invejar os dons dos outros. Não há problema nenhum em apreciar os outros desde que não tentes imitá-los. Em vez de viveres na sombra de alguém, desfruta da sua sabedoria. Sê como Eliseu, pede o dobro do teu mentor. As pessoas especiais são apenas comuns que reconhecem o seu dom principal e o põem a funcionar. Paulo fala de sete dons diferentes (Romanos 12:6-8). Qual é o teu principal dom? Descobre-o, desenvolve-o e depois dedica-o ao mais serviço de Deus!

sábado, 30 de maio de 2015

PRESTANDO ATENÇÃO AOS SINAIS!

Os sinais de esgotamento incluem: raiva, irritação, hábitos compulsivos, desilusão, decisões irreflectidas, baixa moral e depressão. Podem também incluir falhas morais, pois quando a sede não é saciada da forma certa, procura alívio noutras fontes.
Não é estranho que pessoas capazes de gerir grandes empresas e desenvolver orçamentos complexos, não tenham o bom senso de perceber que precisam de um intervalo ou não saibam usar os seus recursos sem os esgotar? Se fores inteligente, não só vais marcar na tua agenda os teus compromissos, mas vais marcar também os momentos para relaxar.
Um tempo de descanso bem programado restaura a tua energia para que possas funcionar com todas as tuas capacidades por inteiro. Por outro lado, ser puxado para muitas direcções pode sugar-te toda a tua alegria e levar-te a dar menos do que o teu melhor!
Porque é que estamos sempre a auto destruir-nos? Será que não temos conscientes da necessidade de descanso da nossa alma ou dos seus preocupantes sinais de esgotamento?
Somos como o condutor que está tão preocupado com o sítio para onde tem de ir, e com a forma mais rápida de lá chegar, que nem se apercebe de que o motor está  afazer um barulho estranho, que os pneus estão em baixo e que o depósito está quase vazio. Depois quando o carro avaria pergunta: "O que aconteceu?" A resposta é: "Ele devia ter dado atenção aos sinais. E tu também!"

sexta-feira, 29 de maio de 2015

O QUE CHEIRA MAL?

Por vezes, quando temos um problema, fazemos o que Marta e Maria fizeram com o seu irmão Lázaro. Enterramo-lo e colocamos uma pedra por cima. Depois, Jesus chega e diz-nos para removermos a pedra para que Ele possa resolver o problema e fazer com que nos sintamos completamente novos.
É preciso honestidade, humildade e coragem para remover a pedra de um assunto mais teimoso ou mais vergonhoso. Consegues imaginar o estado em que estaria Lázaro depois de quatro dias no túmulo? Marta disse. "Já cheira mal", no entanto Jesus disse: "Se creres verás a glória de Deus".
A melhor coisa sobre este episódio é que não importa o quão longe o teu problema já foi ou quão desagradável ele possa ser. Jesus pode mudar tudo. Mas tens de estar disposto a remover a pedra e deixares que Ele trabalhe. Se O deixares, Ele pode devolver-te o que a vida te tirou. As pessoas podem desistir de ti, mas Jesus não desistirá.
Tal como Marta e Maria, tu podes pensar que é demasiado tarde para um milagre, mas não é. As tuas finanças podem cheirar mal, a tua relação familiar pode cheirar mal, as tuas perspectivas para o futuro podem cheirar mal, mas se acreditares conseguirás ver "...a glória de Deus!"

quinta-feira, 28 de maio de 2015


CLICA EM CIMA

ENCONTROS MARCADOS POR DEUS

Uma noite, um homem ia a caminho da igreja e encontrou quatro rapazes numa esquina e convidou-os a irem com ele. Ele foram, e voltaram no domingo seguinte. De facto, estes rapazes tornaram-se o núcleo da Escola Dominical que ele começou a ensinar. Anos mais tarde estes quatro rapazes foram convidados cada um a escrever uma carta especial de aniversário, para ser lida numa festa surpresa para o seu antigo professor de Escola Dominical. As cartas foram um verdadeiro "abre-olhos". Um dos rapazes tinha-se tornado Missionário na China, um era Presidente do Banco de Reserva Federal dos Estados Unidos, outro era o secretário privado do Presidente dos Estados Unidos, Herbert Hoover e o quarto era o próprio Presidente Hoover!
Por vezes, os nossos pequenos encontros são encontros marcados por Deus e acontecem quando estamos ocupados com outras coisas ou a caminho para outro lugar qualquer. Se não estivermos preparados, vamos perder uma verdadeira benção, uma oportunidade para crescermos e uma oportunidade para pôr os interesses de Deus à frente dos nossos.
O Senhor Jesus deixou o conforto do Céu para caminhar na estrada das necessidades humanas. Repara que Ele não preparou um trono para Si em cada cidade e disse. "Este é o meu lugar, se me quiserem ver venham aqui." Não! Ele foi aos mercados. Ele foi aos barcos dos pescadores. Ele foi à casa das pessoas comuns. A Bíblia diz que Jesus e os Seus discípulos "...percorreram todas as aldeias, anunciando o Evangelho..." Então no momento em que a tua paixão for activa, pára! O que pode parecer um pequeno encontro pode ser um encontro marcado por Deus, e produzir resultados que tu nunca sonhaste que fossem possíveis!

segunda-feira, 25 de maio de 2015

ACREDITA EM DEUS PARA COISAS GRANDES!

O poeta escreveu: "Cuidado com aqueles que se mantêm distantes, e recebem cada aventura com reprovação." O mundo pararia se as coisas fossem geridas por aqueles que dizem "Não pode ser feito" Recusa-te a deixar que a palavra "impossível" te trave. O Senhor Jesus disse: "Para Deus tudo é possível" Se aqueles que mudaram o mundo tivessem deixado todas as tarefas "impossíveis" por fazer, ainda estaríamos na idade das trevas. Aqui ficam quatro exemplos:
- Os especialistas alemães previram que os comboios ao viajarem a 40 km por hora fariam os passageiros sangrar do nariz e sufocar ao passar nos túneis. Os especialistas americanos acrescentaram que precisariam de mais instituições para doentes mentais porque as pessoas ficariam loucas quando vissem os primeiros comboios. Hoje há comboios que passam os 300 km por hora, com todo o conforto e segurança para os passageiros!
- Quando a YMCA anunciou pela primeira vez que existiriam aulas de dactilografia para mulheres, levantou-se um furioso movimento de oposição dizendo que "a constituição feminina iria deteriorar-se por causa de tal esforço." Hoje as mulheres ombreiam lado a lado com os homens em todos os trabalhos, mesmo aqueles que exigem força e não perdem o seu lado feminino! 
- Outros especialistas insistiram que os navios construídos com ferro nunca flutuariam, e que o ferro iria interferir com as leituras das bússolas. Hoje existem no mundo milhares de navios construídos com toneladas de ferro e aço e não deixam de chegar ao seu destino guiados pelas bússolas.
- Em 1797 os agricultores de New Jersey denunciaram o primeiro arado de ferro, insistindo que envenenaria a terra e que estimularia o aparecimento de ervas daninhas! Durante anos a terra têm sido lavrada por arados de ferro e nos dias de hoje mesmo as máquinas mais modernas usam arados feitos de ferro sem nenhumas consequências para a terra.
A maioria de nós tem mais tendência a acreditar em pouco do que em muito. A visão é essencial à sobrevivência. E uma visão dada por Deus é concebida pela fé, sustentada pela oração e alimentada pela Palavra de Deus. Não tem a ver com o que tu consegues fazer, mas com o que Deus pode fazer com a tua vida, quando esta está completamente rendida a Ele. Se Deus te deu uma visão então segue-a e acredita que Ele pode fazer grandes coisas!

quinta-feira, 21 de maio de 2015

SENHOR, AJUDA-NOS A VER!

O Senhor Jesus não via as pessoas como perdedoras, mas como potenciais vencedoras que se perderam no caminho. Ele "...teve compaixão deles..." (Marcos 6:34). Ele viu-os através dos olhos de Deus. Não viu ervas daninhas, mas potenciais rosas. E a Sua perspectiva que, na maioria das vezes, é diferente da nossa, pôs a descoberto o que havia de melhor neles. Onde os outros viram uma mulher com cinco casamentos falhados, Ele viu uma pecadora restaurada que poderia alcançar os outros em Samaria. Eles viram um homem cego, Ele viu alguém que podia ver. Eles viram um aleijado, Ele imaginou um homem a pegar na sua cama e a andar. Eles viram Mateus como um colector corrupto, Ele viu um futuro discípulo. Eles rejeitaram Zaqueu considerando-o um ladrão, Jesus reconheceu um coração em busca de algo: Os Seus discípulos viram um perfume caro e uma despesa desnecessária, Jesus reconheceu o sacrifício de um coração agradecido. Outros viram um pescador impulsivo, Jesus viu um líder que podia construir a Sua Igreja. Os espectadores observavam os soldados romanos a zombar enquanto cravavam pregos em carne humana, Jesus viu homens cegos que não sabiam o que faziam.
Encara isto: Tu não eras nada antes de Deus te ter mudado. Então pára de julgar os outros pela tua perspectiva limitada e tenta vê-los como Deus os vê! Trabalha para fazer sobressair o melhor nos outros. Apresenta-os Àquele que veio trazer "...grande alegria, que será para todo o povo." (Lucas 2:10)... sem excepções!

quarta-feira, 20 de maio de 2015

ÍNTIMO e PESSOAL

Tu podes aproximar-te de Deus se realmente quiseres fazê-lo. Podes ter conhecimento sobre Ele em primeira mão. Não tens de te contentar com chavões, informação em segunda mão ou uma relação à distância. A Bíblia diz o seguinte: "O que era desde o princípio, o que vimos com os nossos olhos, o que temos contemplado, e as nossas mãos tocaram da Palavra da vida." (1João 1:1).
Aproximares-te de Deus trás, pelos menos, três grandes benefícios para a tua vida:
Amizade. Nenhum ser humano, não importa quão bom ele seja, poderá ser tudo o que tu precisas. Mas o Senhor pode. Na Bíblia Ele é descrito: "...não há mais chegado do que um irmão." (Provérbios 18:24). Ele estará sempre contigo em todas as fases da tua vida, nas boas e nas más. Os Marines têm um lema: "Semper Fidelis", que é uma frase latina para "Sempre Fiéis". Mesmo quando não és fiel para Deus, Ele será sempre fiel para contigo.
Compaixão. Enquanto jovem discípulo, João queria que viesse fogo do céu sobre uma cidade que recusou alojamento ao Senhor Jesus e aos Seus discípulos (Lucas 9:54). Mas depois de uma vida a caminhar com Jesus, ele escreveu: "Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é caridade." (1João 1:4:8).
Confiança. Seja o que for que a vida te traga, tu podes lidar com isso, confiando na força de Deus (Filipenses 4:13).

quinta-feira, 14 de maio de 2015

JUNTOS!

Enquanto seguidores de Cristo, estamos intimamente ligados no Espírito. Cada um de nós é uma pedra viva ligada a outras pedras vivas, e Deus continua a trabalhar em nós até que todas essas pedras vivas encaixem (1Pedro 2:5). Deus apenas vê duas categorias: O salvo e o perdido. Ele não está ligado a denominações, raças ou distinções sócio-económicas (Gálatas 3:28). Quando te tornas membro da família de Deus prometes lealdade a todos os outros membros. Isto significa amá-los, encorajá-los e apoiá-los.
Quando os israelitas estavam prestes a conquistar a Terra prometida, duas das duas tribos queriam ficar onde estavam, não queriam sair e lutar com o resto. Mas Moisés desafiou-os (Números 32:6). Então eles voltaram à união (Números 32:18). Eles não podiam gozar o seu legado antes que todos o partilhassem. Caminhar na unidade do Espírito significa que não podes gozar a tua saúde enquanto um irmão está doente, ou celebrar em pleno o teu sucesso se tens irmãos a passar dificuldades.
Há algo em receber a benção de Deus  que, quando compreendido na totalidade, te faz querer partilhar com os outros e dizer: "O Deus que me ajudou a ultrapassar as dificuldades também te ajudará a ti." E tu trabalharás e orarás em volta desse objectivo. 
Quando crescemos juntos, as diferenças serão curadas, sanadas e ficaremos semelhantes a Cristo no carácter. O mundo começará então a levar-nos a sério!

quarta-feira, 13 de maio de 2015

COMO ULTRAPASSAR O PASSADO

Muitos têm capítulos na sua história que gostariam de poder re-escrever. A dor emocional que não foi resolvida gera a devastação no teu sistema imunitário, nas tuas funções cardíacas, nos teus níveis hormonais e em outras funções físicas. Temos de fazer as pazes com o nosso passado porque a nossa vida pode literalmente depender disso. Para ultrapassares e esqueceres o teu passado tens de, primeiro, começar a olhar para ele de forma diferente. Dá-lhe um significado diferente. Pergunta: "Como é que isto me tornou mais forte? O que sei agora que não sabia antes?" Não te concentres naquilo que perdeste, mas naquilo que ganhaste. Segundo, compreende a diferença entre culpa e vergonha. A culpa é sentires-te mal com o que fizeste, isto é saudável; a vergonha é sentires-te mal com aquilo que és, é tóxico e debilitador. Todos nós temos coisas que gostaríamos de mudar em nós, mas quando Deus nos criou Ele disse: "...e eis que era muito bom..." (Génesis 1:31), então começa a ver-te como Ele te vê. Pára de te punir pensando constantemente "e se". Depois de ter tropeçado seriamente e de Deus o ter segurado, Davi escreveu: "Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada e cujo pecado é coberto. Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano." (Salmo 32:1,2). Perdoa-te, pois Deus em Jesus Cristo já o fez. Porque Ele te vê través da cruz, tu és aceite por Ele (Efésios 1:6). Finalmente, passa da dor ao ganho. A cura leva tempo, então espera alguma raiva, medo e tristeza. Não negues estes sentimentos, são parte do processo. Mas também não os adoptes. Sabe quando é tempo para avançar. Tu não podes caminhar de costas para o futuro, e o futuro que Deus tem em mente contém mais felicidade do que qualquer passado de que tu te lembres!

sexta-feira, 8 de maio de 2015

O PODER DAS IDEIAS DADAS POR DEUS

Uma ideia dada por Deus pode mudar tanta coisa! O Braille de certeza que o fez! Em 1824, Louis Braille, um cristão, inventou um sistema de pontos salientes para que as pessoas cegas pudessem ler. Ele inventou 63 símbolos representativos de todas as línguas, e então a Palavra de Deus foi, pela primeira vez, posta nas mãos das pessoas com problemas visuais. E as comunicações? Em parte, tu deves o teu telemóvel e o teu computador a um cristão chamado Samuel Morse.
Quão diferente era o mundo antes dele! As notícias importantes demoravam duas semanas a chegar aos Estados Unidos, e relatórios de uma grande vitória podiam levar seis semanas a chegar à Inglaterra. Um dia, um amigo perguntou-lhe: "Morse, quando fazias as tuas experiências, alguma vez chegaste a uma encruzilhada, sem saber o que fazer?" Morse respondeu: "Mais de que uma vez." O seu amigo perguntou ainda: "E o que fizestes nesses momentos?" Morse partilhou então o seu segredo: "Dobrei os meus joelhos e orei por luz, e a luz veio, e quando as minhas invenções foram conhecidas e elogiadas na América e na Europa eu disse: "Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao Teu nome dá glória..." Por esta razão a primeira mensagem enviada por cabo transatlântico foi: "O que Deus possibilitou."
Agora acrescenta um outro cristão chamado Louis Pasteur, o cientista francês que nos mostrou que a infecção é resultado de coisas que não podemos ver, nomeadamente germes e vírus. Ele introduziu métodos de esterilização que acabaram por salvar a vida de milhões de pessoas. Pensas que Deus já ficou sem boas ideias? Claro que não! Pede-lhe uma para a tua vida, para o teu ministério ou para o teu negócio!

sábado, 2 de maio de 2015

AS VANTAGENS DAS LUTAS

Ultrapassar obstáculos é o que desenvolve em nós as qualidades necessárias para cumprir a vontade de Deus para as nossas vidas. A verdade é que não poderia acontecer de outra forma. Na segunda carta aos coríntios (2Coríntios 1), Paulo fala dos benefícios de ultrapassar tempos difíceis. Sim, há mesmo benefícios! Olhemos para alguns deles:
Primeiro: "...para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação..." (2Coríntios 1:4). Quando as pessoas sabem que és qualificado para falar, elas ouvem. De outra forma, educadamente, irão fazer com que te cales. Em cada problema que te obriga a crescer estão as respostas que os outros à tua volta precisam. Quando podes dizer: "Já passei por isso" as pessoas respeitam-te e tomam atenção. A experiência é um dos teus grandes activos e Deus usá-la-á.
Segundo: "...para que não confiássemos em nós..." (2Coríntios 1:9). Tudo o que nos faça voltar para Deus e aprender mais com Ele é uma vantagem, não uma forma de sujeição. É quando perdemos o trabalho, um ente querido, a nossa saúde ou a nossa paz de espírito que nos voltamos para Deus e descobrimos o que Ele pode fazer.
Terceiro: "...sejam dadas graças..." (2Coríntios 1:11). Lembras-te de como era a tua vida antes de conheceres o Senhor? O salmista escreveu: "Tirou-me de um lago horrível, pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos." (Salmo 40:2). Vamos lá, levanta a tua voz e começa a louvar a Deus por tudo o que Ele tem feito por ti! Afinal de contas, onde estarias sem Ele? Nem vale a pena pensar nisso, pois não?

sexta-feira, 24 de abril de 2015

CONSEGUES VER A MÃO DE DEUS AÍ?

Deus tem filhos, que, como Jacó, são coxos. Talvez tu sejas um deles. Aconteceu alguma coisa que te deixou vulnerável e inseguro? Tens dificuldade em confiar nas pessoas? Transformaste-te no teu pior crítico? Achas que o teu ministério ou carreira acabou? Ou pior, nunca chegaste a começar - és um coxo espiritual! Se é nessa situação que te encontras hoje, lê estas palavras: "Os passos de um homem bom são confirmados pelo Senhor, e ele deleita-se no seu caminho. Ainda que caia, não ficará prostrado, pois o Senhor o sustém com a sua mão." (Salmo 37:23,24).
Deus gosta de usar pessoas com falhas porque, quando elas se tornam bem-sucedidas não são arrogantes como algumas que pensam que são merecedoras. Pelo contrário, são um pouco mais atenciosas, mais disponíveis para tomarem a iniciativa e apoiarem os outros. Compreendem que, sem Deus, nunca teriam conseguido chegar onde chegaram. Têm uma "atitude de José". Repara como ele foi maltratado pelos irmãos. No entanto, não apenas os perdoou, como lhes deu de comer. Como é que alguém consegue fazer isso? Ele conseguiu por via a mão de Deus em cada detalhe da sua vida. E tu, já viste a mão de Deus na tua vida? Escuta o que José disse àqueles que o traíram: "Agora, pois, não vos entristeçais, nem vos pese os vossos olhos por me haverdes vendido para cá; porque para conservação da vida, Deus me enviou diante da vossa face." (Génesis 45:5).
Deus tem um jeito especial de nos fazer ultrapassar situações difíceis e, depois, recordar-nos de onde viemos. Então, quando experimentamos o sucesso, percebemos, como José, que foi Deus que abriu a porta e, foi Ele que nos deu bençãos e sucesso. Depois passa a ser a nossa vez de abençoar outros!

segunda-feira, 20 de abril de 2015

NÃO OFEREÇAS A DEUS OS TEUS RESTOS!

O trabalho duro provoca suor. Repara que, quando Adão e Eva foram banidos do jardim do Éden, foi-lhes dito: "No suor do teu rosto comerás o teu pão." (Génesis 3:19). Os agricultores suam para transformar as suas colheitas em dinheiro, da mesma forma que os pedreiros numa obra. Tendemos a valorizar aquilo que nos dá trabalho, e Deus também valoriza os nossos esforços. Foi por isso que, quando teve oportunidade de oferecer um sacrifício a Deus, Davi disse: "Não oferecerei, ao Senhor meu Deus, holocaustos que não me custem nada." (2Samuel 24:24). Literalmente, , ou apenas de uma forma metafórica, a verdade é que tu suas para ganhares a vida. E será igual quando te comprometeres a adorar a Deus. Isto não significa necessariamente erguer as mãos e levantar a voz para O louvar na igreja. Estas coisas são boas nas alturas apropriadas. Mas a adoração profunda vai muito além disso. A palavra adoração (no inglês worship), deriva do termo anglo-saxónico "worth-ship", que significa "o acto de atribui valor a uma pessoa ou objecto". No Novo Testamento, a adoração implica serviço, reverência, humildade, amor e generosidade. Por exemplo, os dízimos e as ofertas são a parte da adoração em que honramos a Deus com parte dos nossos rendimentos (Provérbios 3:9), fruto do nosso tempo e energia. Quando sacrificas tempo de sono para te levantares cedo e passares tempo com Deus, também estás a fazer algo que requer esforço. E quando abdicas da tua rotina para ajudar alguém que precisa, estás a oferecer a Deus algo de real valor (1João 3:17). Por isso, hoje examina o teu coração e certifica-te de que estás a oferecer a Deus algo de valor, e não apenas as tuas sobras!

quarta-feira, 15 de abril de 2015

RAZÕES PELAS QUAIS AS PESSOAS DEIXAM A IGREJA

Porque as regras da Casa do Pai parecem demasiado restritivas. Muitas pessoas querem o amor de Cristo mas não querem a Sua liderança, querem as Suas bençãos, mas não os Seus mandamentos. Não é que Ele ofereça pouco, mas é que o custo de O servir parece muito alto. Talvez tu estejas a pensar que se tivesses vivido nos dias de Cristo, se tivesses caminhado e falado com Ele e se O tivesses ouvido pregar, serias um melhor cristão. Pensa de novo, e lê João 6:60-70.
O verdadeiro discipulado não resulta de irmos a um culto especial na igreja. Não! É progressivo. É o resultado de termos "crido e conhecido" o Senhor enquanto caminhamos com Ele no topo da montanha e no vale. Tanto nos bons como nos maus momentos. É por isso que Pedro escreve: "E assim para vós, os que credes, é preciosa, mas, para os rebeldes, a pedra que os edificadores reprovaram, essa foi a principal da esquina, é uma pedra de escândalo, para aqueles que tropeçam na palavra, sendo desobedientes..." (1Pedro 2:7,8). O objectivo do Espírito Santo trabalhar na tua vida é fazer com que te submetas à vontade de Deus. E isso envolve uma relação...com regras!

segunda-feira, 13 de abril de 2015

SERVIÇO versus RIVALIDADE

Conta-se a história de um estudante ambicioso, que estava a tirar o curso numa faculdade muito exigente. Mesmo antes de se tornar finalista, conheceu um místico do Oriente que lhe disse: "Não percebes que estás a poluir a tua alma com a tua obsessão pelo sucesso? O teu ideal de felicidade é estudar 24 sobre 24 horas, para conseguires melhores notas do que os teus colegas. Não é assim que devemos viver. Vem connosco para um sítio especial, onde reina a partilha e o amor." Pensando que era uma excelente ideia, o rapaz ligou aos pais e disse-lhes que ia desistir do curso para ir viver numa comunidade. Seis meses depois, os pais receberam uma carta em casa a dizer: "Queridos pais, sei que ainda estão aborrecidos com a minha decisão. Mas quero que saibam que mudei radicalmente. O meu verdadeiro "eu" está de tal forma em sintonia com este modo de vida que só demorei seis meses a tornar-me o segundo melhor discípulo de toda a comunidade. E acho que em Junho já serei o melhor de todos."
A competição é algo positivo quando conduz à excelência, mas quando leva à rivalidade perde o valor. Certo dia, os discípulos de Cristo começaram a discutir sobre qual deles seria o maior no Reino dos Céus. Jesus escutou-os e depois, com uma toalha e uma bacia com água, começou a lavar-lhes os pés. Quando terminou eles estavam sem palavras, com os corações expostos e as atitudes corrigidas.
Paulo diz: "Haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus" (Filipenses 2:5). Conclusão: Sê um servo, não um rival!

WEBTV ClubeMais+