quinta-feira, 15 de outubro de 2015

COMO EVITAR O ESGOTAMENTO

Lembras-te da sarça ardente? (Êxodo 3:2). Ardia, mas não se consumia. Algumas pessoas que antes ardiam por Deus, esgotaram-se. Trabalhadores leais na Igreja durante anos, subitamente desapareceram. Herbert Freudenberger, psicólogo, descreve o esgotamento como um "cansaço causado pela devoção a uma causa que não conseguiu produzir a recompensa esperada." Então como evitar o esgotamento? Primeiro, procura a participação de Deus (Tiago 1:5). Deus é um especialista, consulta-O. Segundo, reorganiza as tuas prioridades. Demasiados ferros no fogo significa que nenhum deles terá a atenção adequada. Aprende a dizer não. A tua família agradecerá por isso, mesmo que os outros não o façam. Terceiro, pratica a arte de dar graças. Freudenberger diz: "Ganhe o hábito de reparar e alimentar as coisas boas, mas não tão espectaculares que lhe acontecem." Quarto, aprende a arte de relaxamento físico. Tira dez ou vinte minutos por dia para te sentares confortavelmente numa cadeira e te esticares. Leva o teu corpo e a tua mente a relaxar. Imagina-te estendido ao sol numa praia quente. E que tal exercício físico? É um dos melhores antibióticos contra o esgotamento. Mas escolhe o melhor tipo de exercício que realmente funciona contigo e não que te stress. Tu podes desenvolver os teus próprios mecanismos de relaxamento. Dá um passeio, lê um bom livro. Finalmente, encontra alguém com quem partilhar. Guardares algo aumenta o problema em vez de o resolver. Encontra alguém em quem podes confiar e com que podes falar.

Sem comentários:

WEBTV ClubeMais+