quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

BUSCANDO DEUS, NÃO COISAS!

Por vezes, a porta apenas se abrirá quando compreenderes a razão pela qual ela se fechou. Pensa na história de Ana. Ela queria um filho, mas Deus queria um profeta. Quando ela orou: "Se à tua serva deres um filho, ao Senhor o darei, por todos os dias da sua vida", Deus não só lhe deu Samuel, mas mais seis filhos (1Samuel 2:5).
Quando orares por uma colheita, Deus pedir-te-à que semeeis uma semente. Essa semente poderá ser algo que tu amas e ao qual te queres agarrar, mas não o faças, entrega-a antes a Deus. Ana descobriu que não poderia ficar satisfeita com menos do que que a vontade de Deus. Elcana tinha duas mulheres, mas amava mais Ana e dava-lhe uma parte excelente das suas posses (1Samuel 1:5). Mas, se não estiveres a fazer aquilo para que Deus te chamou, o amor das pessoas e as coisas materiais não te satisfarão.
As pessoas que são "ordenadas" não são apenas aquelas que estão em cima dos púlpitos! Ana foi "ordenada" para ser mãe. Tu podes ser "ordenado" para seres um administrativo, um professor ou uma outra qualquer profissão. Encontra aquilo para o que Deus te chamou, e faze-o! Finalmente o desespero de Ana levou-a ao seu destino: "O Senhor lhe tinha cerrado a madre" (1Samuel 1:5). Porquê? Para chamar a sua atenção, para a fazer chegar mais perto d'Ele. Os tempos difíceis levam-nos a reexaminar as nossas vidas e a procurar Deus como nunca o fizemos antes. Deixamos de dizer "Senhor isto é o que eu quero" para passarmos a dizer "Senhor, o que queres?" Depois, Ele abençoa-nos porque Ele é "galardoador dos que O buscam" (Hebreus 11:6).

Sem comentários:

WEBTV ClubeMais+