segunda-feira, 11 de novembro de 2013

É UM TESTE DE FÉ

Quando o Senhor Jesus explicou o quão poderia ser segui-Lo, alguns dos Seus discípulos afastaram-se. No entanto, o impacto daqueles que ficaram ainda se sente hoje no mundo. Quando escreveram as suas epístolas, os Apóstolos tinham aprendido a ver cada teste na sua vida como uma oportunidade de fortalecer a sua fé e aumentar a sua eficácia.
Os testes de fé são oportunidades de submeter algo de valor a Deus, mesmo que tenhamos o direito de não o fazer. Num teste de fé, vamos sentir-nos atacados e pressionados pelas circunstâncias, no entanto, nunca nos sentiremos afastados de Deus, sentiremos, sim, que estamos a ser testados, mas não julgados ou culpados. Um teste de fé acaba por não testar nada a menos que nos leve para além do último teste, depois do que já provámos! Se tentarmos fugir ou retirar-nos cada vez que atingimos aquilo que parece ser o nosso limite, nunca saberemos o quanto podemos confiar em Deus, ou o quanto Ele poderá confiar em nós. O fogo que nos afina como à prata pode aparecer como um emprego perdido, uma relação perdida, a saúde perdida ou uma reputação manchada. Mas com Deus, o resultado final nunca deixa dúvidas. Se hoje perguntas a ti mesmo "quanto mais poderei aguentar?", podes estar certo de que, se o amanhã nos trouxer uma cruz, Aquele que a enviou pode e enviará a graça para a aguentar. No reino de Deus as coisas funcionam assim: Fé testada, carácter afinado e abundância dada!

Sem comentários:

WEBTV ClubeMais+