sábado, 12 de abril de 2014

PENSA COMO UM AGRICULTOR

Nunca veremos um agricultor recusar-se a plantar sementes e depois ficar à espera da colheita. Da mesma maneira podemos ir à Igreja regularmente, sermos bons chefes de família, ter o nosso tempo devocional diariamente e compartilhar a tua fé com os outros, mas nunca terás uma colheita de almas sem plantar primeiro. Isto porque a lei do plantio e da colheita foi implantada na Criação (Génesis 8:22).
E há algo mais que um agricultor nunca fará: ele não comerá a semente que deveria estar a plantar. Ele sabe que deve começar com a sua semente, não com a sua necessidade, se quiser colher. Alguns de nós aproximamo-nos de Deus do ponto de vista da necessidade. “Não posso dar para a obra do Senhor porque tenho contas a pagar.” É como se um agricultor dissesse: “Não posso plantar esta semente ainda que ela possa dar uma boa colheita, porque estou com fome agora.” É aí que a nossa fé deve ser activada. Quando um agricultor planta a sua semente ao invés de comê-la, isso é um acto de fé de que a sua semente se transformará numa colheita.

Entretanto ele não terá a sua colheita imediatamente. Ele deve esperar pela estação certa. Mas se estamos a colocar a nossa fé numa lei infalível que Deus colocou no Universo, estamos certos. Quando damos estamos a demonstrar fé na Palavra de Deus. Quando Ele diz para semearmos abundantemente, a nossa disposição ou relutância em obedecer ao que Ele diz, irá demonstrar-nos se temos as promessas de Deus em alta estima ou não!

Sem comentários:

WEBTV ClubeMais+