quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

QUANTO É QUE DEUS TE PODE CONFIAR?

Na verdade, nunca possuímos nada realmente, é apenas um empréstimo. Já era propriedade de Deus antes de nós chegarmos, e Ele irá emprestá-la a outra pessoa depois de partirmos para a eternidade. A nossa cultura egoísta diz que "se não é meu por que haveria de cuidar dele?" Aqueles que compreendem a vontade de Deus vivem segundo um padrão mais elevado. Esse dizem: "Porque é de Deus, tratá-lo-ei ainda melhor!" No reino de Deus "...requer-se dos despenseiros, que cada um se ache fiel" (1Coríntios 4:2). Para ilustrar isto, o Senhor Jesus contou a história de um homem de negócios que confiou a sua riqueza aos seus servos enquanto ele estava fora. Quando regressou avaliou e recompensou-os de acordo com os resultados: "E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre o muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor." (Mateus 25:21). Quando fazes render o máximo que Deus te deu, Ele promete três recompensas: Primeiro, receberás um louvor: "Bem está, servo bom e fiel."; Depois, receberás uma promoção: "Sobre o muito te colocarei"; e, finalmente, serás honrado com uma celebração: "Entra no gozo do teu Senhor." Para muitos, o dinheiro é o maior dos testes de todos. O Senhor Jesus refere isto: "Pois se, nas riquezas injustas, não fostes fiéis, quem vos confiarás as verdadeiras?" (Lucas 16:11). Há uma ligação directa entre a forma como usas o teu dinheiro, e a qualidade da tua vida! Então, a pergunta é: Será que a forma como usas o dinheiro está a impedir Deus de te abençoar com mais?

Sem comentários:

WEBTV ClubeMais+