quarta-feira, 14 de junho de 2017

DERRAMA O TEU CORAÇÃO PERANTE DEUS!

Aprende a orar os Salmos. Depois percorre toda a gama de emoções humanas desde acções de graça, a raiva, medo, solidão, até à tristeza. O salmista não se esquece de nada no que diz respeito à vida. Não a vida que desejaríamos que ela fosse, mas a vida como ela é. No Salmo 142 Davi desabafa a sua dor perante Deus, e permite-se a si mesmo "senti-la". Para isto é preciso coragem, especialmente quando tu só queres mostrar uma aparência valente. John Ortberg escreveu: "Sofri tanto com a dor das minhas falhas que não quis sequer aprender com elas. Eu não conseguia curar o meu sofrimento e seguir com a minha vida. Eu queria enterrar a minha dor de tal forma que ninguém nunca pudesse adivinhar que ela estava lá, nem mesmo eu!" Isto parece-te familiar? A Bíblia não desencoraja o processo do sofrimento, só nos avisa para que não fiquemos lá presos (Salmo 30:5). Para chegar à manhã de alegria é preciso passar por uma noite de choro. FB Meyer escreve: "Alguns censuram as lágrimas, considerando-as pouco viris e cristãs, obrigando-nos a uma contenção rígida sem lágrimasPodemos perguntar: Será que um homem que não consegue chorar pode amar? O sofrimento é o amor enlutado, a sua manifestação mais natural são as lágrimas. O Senhor Jesus chorou. Os efésios convertidos choraram ao pé do Apóstolo Paulo cuja face não voltariam a ver. Então força, derrama o teu coração perante Deus. É um passo vital para ficares mais completo!"

Sem comentários:

WEBTV ClubeMais+