quarta-feira, 9 de novembro de 2016

O SENHOR PROVERÁ

A vida de Abraão ensina-nos várias coisas:
Primeiro: Podemos caminhar com Deus, e no entanto não saber os detalhes do nosso destino (Hebreus 11:8).
Segundo: Quando Deus nos faz uma promessa, o cronograma é da responsabilidade d’Ele. Abraão esperou 20 anos pelo nascimento de Isaque e pelo cumprimento da promessa (Génesis 12:2).
Terceiro: Por vezes erramos antes de acertar. Cansado de esperar, Abraão gerou Ismael. Se ele tivesse esperado, Isaac teria nascido no tempo de Deus. Por vezes, os nossos maiores erros vêm da impaciência.
Quarto: A vida de Abraão ensina que podemos ter fé numa área e no entanto sentir medo noutra. Quando Abraão chegou a Gerar o rei Abimelech gostou da sua mulher Sara. Pensando apenas nele, Abraão disse: “É minha irmã” (Génesis 20:2). Todos nós temos os nossos "momentos Gerar" quando nos enterramos no medo, no interesse pessoal ou nas exigências dos outros, Se não fosse pela graça de Deus, todos seríamos desclassificados.

Depois lemos: "depois destas coisas” (Génesis 22:1,2). Repara nas palavras "depois destas coisas". Os testes pelos quais temos passado começam a fazer sentido quando enfrentamos o maior de todos os testes. Quando o passamos, como Abraão, podemos chamar Deus "Jeová Jireh", que significa “O Senhor proverá” (Génesis 22:14). E, nessa altura, o Senhor dirá: “Agora chegaste ao lugar onde te posso usar.”

Sem comentários:

WEBTV ClubeMais+