sábado, 15 de julho de 2017

POSICIONADOS PARA ABENÇOAR

A parábola dos trabalhadores na vinha (Mateus 20:1-16) não é apenas sobre os trabalhadores à espera de serem contratados, mas é também sobre o proprietário que está em posição para contratá-los. Os trabalhadores só podem esperar oportunidade, mas o proprietário está em posição para trazer oportunidades e ser uma bênção para outros.
A parábola termina com a afirmação de Jesus que "os últimos serão os primeiros". Isso é uma realidade para os trabalhadores da parábola porque o proprietário está em posição e tem o poder de que seja assim. Esse tipo de posição tem sido sempre no plano de Deus para o Seu povo. Em Deuteronómio 28:13: (“E o Senhor te porá por cabeça, e não por cauda; e só estarás em cima e não debaixo, quando obedeceres aos mandamentos do Senhor teu Deus…”), Deus não só prometeu estabelecer, abençoar e prosperar os que O seguem, mas também que eles estarão em posição para abençoar outros.  
A promessa de Deus a Abraão não era apenas uma bênção para ele sozinho, mas era para ser uma bênção para outros.

Bênção nunca é apenas sobre nós, mas trata-se de outras pessoas - incluindo as gerações futuras. Estamos a construir para as gerações que nos sucederão (“Em lugar de teus pais será a teus filhos que farás príncipes da Terra.” Salmo 45:16). Isso significa que que nós precisamos de ser determinados e fiéis no nosso propósito, enfrentando desafios com fé, confiando que, como povo de Deus, podemos crer que Ele nos trará através de vales do choro, e nós podemos determinar-nos a transformar esses vales em piscinas de bênçãos à medida que avançamos “de força em força” (“O qual passado pelo vale de Baca, faz dele uma fonte; vão indo de força em força; cada um deles em Sião aparece perante o Senhor.” Salmo 84: 6,7).

Sem comentários:

WEBTV ClubeMais+