terça-feira, 13 de outubro de 2009

UM HOMEM EM CRISTO

Um homem em Cristo tem uma característica particular: ele não oculta a sua fraqueza. Embora não fosse de facto grande a sua fraqueza, o Apóstolo Paulo ainda assim preferiu exibi-la (2Coríntios 12). Nesse respeito ele tomou o Senhor Jesus como padrão. O Senhor Jesus não era fraco, pelo contrário, Ele era muito poderoso. Entretanto, quando foi capturado e levado à cruz, Cristo parecia fraco. Ele não lutou. Ele não teve qualquer reacção. Aquela era a Sua demonstração de fraqueza. Paulo, como um homem em Cristo, era tal como Ele. Quando escreveu aos coríntios, relembrou-lhes as muitas maneiras pelas quais eles foram injustos com ele. Entretanto, Paulo nunca reagiu a eles. Ele sempre mostrou-lhes a sua fraqueza. O sinal de um homem em Cristo é a fraqueza. Isso é oposto ao nosso sentimento natural. Podemos considerar que o sinal de um homem em Cristo é seu poder e força. Parece que tal homem deve ser muito grande. No entanto, Paulo como um homem em Cristo, era, na verdade, tão pequeno.
Um verdadeiro homem em Cristo, ainda que, na maior parte das vezes, se encontre em situações com as quais ele é incapaz de lidar, ele não desespera, pois esse tipo de fraqueza proporciona um óptima oportunidade para a graça suficiente de Cristo. Se fôssemos fortes e perfeitos em tudo, não necessitaríamos da graça de Cristo. É por isso que "o poder se aperfeiçoa na fraqueza". Ao vermos isso, de boa vontade mais nos gloriaremos nas fraquezas, para que sobre nós repouse o poder de Cristo!

Sem comentários:

WEBTV ClubeMais+