quarta-feira, 2 de setembro de 2009

A BOA PARTE

Indo o Senhor Jesus de caminho, entrou numa aldeia. Marta, que ali residia, hospedou-O logo em sua casa, onde Maria se pôs assentada aos pés do Senhor, a ouvir os ensinamentos, enquanto Maria se desdobrava de um lado para o outro, ocupada com os serviços domésticos.

A uma certa altura, Marta veio dizer ao Senhor:

"Não te importas de que a minha irmã tenha deixado que eu sirva sozinha? Diz que venha ajudar-me"

As suas razões eram justas. As duas hospedavam alguém e só uma se atarefava enquanto a outra descansava. Assim somos nós, por vezes, diante do Senhor: Certíssimos, mas ocupados demais para ficarmos com Ele.

"Marta! Marta! Andas inquieta e preocupas-te com muita coisa. Entretanto, uma só coisa é necessária. Maria escolheu a boa parte", respondeu-lhe o Senhor.

A questão não é se estamos certos, é se escolhemos a boa parte. Que importa estar certo, se se está longe do Salvador? Ele próprio é a boa parte do Novo Testamento. Que vale mais do que Ele? Servi-Lo na cozinha enquanto Ele está na sala é a mais lastimável perda. Não se ouve sequer uma palavra de Maria nesta passagem; não se menciona qualquer acto seu senão apenas um: que esteve aos pés do Senhor. De todas as pessoas daquele lugar, muitos viram a Cristo e tiveram o desfrute de uma parte; vários conversaram com Ele e desfrutaram parte ainda melhor; Marta teve por parte receber em sua casa o Senhor; porém Maria, tão-só esteve assentada aos pés do Amado de Deus. Podemos ter "parte" em Cristo sem termos a "boa parte" do Seu desfrute!

Sem comentários:

WEBTV ClubeMais+